Jogo digital para aprendizagem dos números e das operações básicas de matemática para os anos iniciais do ensino fundamental / Digital game for learning numbers and basic mathematics operations for the early years of elementary school

Augusto Rizzo de Santos, Christian Domingos de Oliveira, José Ricardo Santos de Lima, Gylnara Kylma Feitosa Carvalhêdo Almeida, Yonara Costa Magalhães, Will Ribamar Mendes Almeida

Abstract


Este trabalho projetou e desenvolveu um jogo digital mobile, o FRUITMATH, que contém uma coletânea de atividades matemáticas com o objetivo de apoiar os professores no ensino da Matemática nas séries iniciais do Ensino Fundamental. Trata-se de uma pesquisa-ação no qual o jogo foi modelado, implementado e testado, obtendo-se dados qualitativos e quantitativos de sua utilização para averiguação de adequação das funcionalidades propostas quanto a aprendizagem dos conceitos matemáticos apresentados. Para isso, foi realizada uma pesquisa bibliográfica fundamentada na gamificação, bem como a prototipação do jogo e sua avaliação, contando com a orientação de professores da área que analisaram e colaboraram para a validação da proposta e conclusão do desenvolvimento. O jogo é baseado em um quiz, de perguntas e respostas, e com três modalidades de atividades: relacionamento com números e figuras, operações de adição entre números e figuras e operação de subtração entre número e figuras. As perguntas e respostas variam de acordo com o tipo de atividade selecionada, e existem níveis de dificuldade implementados por características como: quantidade de objetos na tela e a ordem das respostas que são exibidas de forma aleatória. Após a avaliação das funcionalidades e da proposta do jogo por meio de entrevistas, foi possível concluir que as atividades matemáticas podem contribuir para auxiliar os professores no ensino da Matemática de forma lúdica.


Keywords


ogo digital, matemática, educação fundamental.

References


ALEXANDRE, E; AGUIAR T. P. O uso de jogos educativos no ensino da matemática elementar, São Paulo: Centro Universitário Adventista de São Paulo, 2012. 34 p.

BARBOSA, M. L. , AMARAL, S. F. do. Aplicativos e gamificação na educação: possibilidades e considerações, Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 7, n. 3, março de 2021. Acesso em: janeiro, 2022.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. Secretaria de Educação Fundamental, Brasília: MEC/SEF, 1998.

BORIN, J. Jogos e resolução de problemas: uma estratégia para as aulas de matemática, São Paulo: IME-USP, 1996.

BURÉGIO, V. A. A. Desenvolvimento de aplicações para dispositivo móveis com .NET, Pernambuco: Universidade Federal de Pernambuco, 2003.

DA SILVA, J. A. F. Refletindo sobre as dificuldades de aprendizagem na matemática: algumas considerações, Brasília: Universidade Católica de Brasília, 2005.

DA SILVA, J. B. Estudo da influência de softwares educativos para o aprendizado de matemática, no desenvolvimento do raciocínio lógico de alunos do ensino fundamental i, Ceará: Faculdade Farias Brito, 2009.

JAPIASSU, R. B.; RACHED, C. D. A. A gamificação no processo de ensino-aprendizagem: uma revisão integrativa. Revista Educação em Foco – Edição nº 12 – Ano: 2020. Disponível em: http://portal.unisepe.com.br/unifia/wp-content/uploads/sites/10001/2020/03/Renato-Revista-Educac_a_o-em-Foco.pdf. Acesso em: maio, 2022.

MACHADO, I. A. Algumas dificuldades do ensino da matemática na 7ª série do ensino fundamental, Brasília: Universidade Católica de Brasília, 2005.

MORAN, J. Novas tecnologias e o reencantamento do mundo. Tecnologia Educacional, Rio de Janeiro, v. 23, n. 126, p. 24-26, set./out. 1995.

MOREIRA, D. S. C. A importância dos jogos e dos materiais concretos na resolução de problemas de contagem no ensino fundamental, Minas Gerais: Faculdade Pedro II, 2010. 65 p.

NEMER, A. C. Estudo de usabilidade em telefones celulares, São Paulo: Universidade Estadual de Campinas, 2006.

PINTO, C. A. Aplicação de jogos nas séries iniciais do ensino fundamental envolvendo as quatro operações, Goiás: Universidade Estadual de Goiás, 2008. 48 p.

PONTE, J. P. O ensino da Matemática em Portugal: Lições do passado, desafios do futuro. 2004. Disponível em:

PREZOTTO, D. E, BONIATI B. B. Estudo de Frameworks Multiplataforma Para Desenvolvimento de Aplicações Mobile Híbridas, Rio Grande do Sul: Universidade Federal de Santa Maria, 2014.

SILVEIRA, Marisa Rosâni Abreu. Matemática é difícil: Um sentido pré-constituído evidenciado na fala dos alunos, 2002. Disponível em:




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n6-238