A percepção de liderança no setor público e privado em tempos de pandemia / The perception of leadership in the public and private sector in times of pandemic

Gilvandro Figueiredo Souza, Nils Monteiro de Abreu, Jéssica da Silva Teixeira, Débora Carvalho da Costa, João Victor Teles Rodrigues, Kleber Miranda Medeiros, Simone Andrea Lima do Nascimento Baía, Rodrigo Fraga Garvão, Olívia Misae Kato

Abstract


A presente pesquisa avaliou a percepção de colaboradores do setor público e privado, sobre perfil de liderança de seus gestores no período pós-lockdown, decretado no Estado do Pará, e doze meses após esse evento. Na Etapa I deste estudo, participaram 9 colaboradores do setor privado e 13 do setor público, de ambos os sexos, maiores de 18 anos e devidamente contratados por essas organizações. Na Etapa II, somente os 13 servidores públicos participaram deste estudo; os participantes da loja de telefonia não foram autorizados a participar da coleta de dados. Foi utilizado como instrumento de coleta um questionário contendo questões sociodemográficas e a Escala de Liderança Gerencial (MELO, 2014) avaliando os fatores de tarefa, relacionamento e situacional, com os indicadores de concordância: 1 ≥ 2,99 (baixo), 3 ≥ 3,99 (neutra) e 4 ≥ 5 (alto). Os resultados da Etapa I, demonstraram alta percepção de liderança para a gestora do órgão público sob os três fatores (relacionamento, tarefa e situação). Na Etapa II, a nova gestora do setor público apresentou um perfil neutro de liderança e não foi permitida a coleta de dados na loja. Conclui-se que, durante a pandemia, a primeira gestora do órgão público apresentou melhor perfil de liderança em comparação ao líder do setor privado e à nova líder do órgão público. Contudo, o perfil da nova líder do órgão público, pode ter sido avaliado como neutro devido a pouca convivência com a equipe de trabalho ou a obrigatoriedade do retorno presencial ao trabalho durante a pandemia.


Keywords


liderança, escala de liderança gerencial, liderança situacional, pandemia.

References


BENEVIDES, V. L. de A. Os estilos de liderança e as principais táticas de influência utilizadas pelos líderes brasileiros. Rio de Janeiro, 2010. 114 p. Dissertação (Mestrado em Gestão Empresarial). Fundação Getúlio Vargas. Disponível em: http://hdl.handle.net/10438/8000. Acesso em: 10 de maio de 2021.

BLAKE, R. R.; MOUTON, J. S. O novo grid gerencial. 4. ed. São Paulo: Pioneira, 1987.

BRASIL. Medida provisória nº 927, de 22 de março de 2020. Medidas trabalhistas para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do Coronavírus. Congresso Nacional, Poder Legislativo, Brasília, DF, 2020. Disponível em: https://www.congressonacional.leg.br/materias/medidas-provisorias/-/mpv/141145. Acesso em: 08 de junho de 2020.

_______. Medida Provisória nº 936, de 1 de abril de 2020. Presidência da República Secretaria-geral Subchefia para Assuntos Jurídicos, Brasília, DF, 2020. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/mpv/mpv936.htm. Acesso em 10 de junho de 2020.

FIEDLER, F. E. (1967). A theory of leadership effectiveness. New York: Mc Graw-Hill.

FERNANDES, C. de S.; SOUZA JR, A. A. de; MORAES, A. F. de M. Estilos de Liderança no Tribunal de Contas do Estado do Amazonas. Rio de Janeiro: RASI, v.6, n.3, p57 – 77, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.20401/rasi.6.3.450. Acesso em: 10 de maio de 2021

GARGARY, Ademir; HOFFMANN, Cíntia Dietrich; FRANCO, Simone Carla Delfino. A Ótica Dos Paradigmas Sobre Os Conceitos De Liderança. Pensar Acadêmico, Minas Gerais, v. 11, n. 2, p. 75-82, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.21576/rpa.2014v11i2.1022. Acesso em: 22 set. 2020.

HERSEY, P.; BLANCHARD, K. H. Psicologia para administradores de empresas: a teoria e as técnicas da liderança situacional. 1986.

LOPES, M. J.; LEITE, M. J. L. Liderança Situacional: Novo Paradigma para os Dias Atuais. Revista Multidisciplinar e de Psicologia, v. 12, n. 42, p. 349-366, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.14295/idonline.v12i42.1330. Acesso em: 10 de março de 2021.

MAIA, S. B. P.; SALGADO, A. M. P.; MUNIZ JR, J. A Descoberta da Essência da Liderança. In: Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, 14, 2017, Rio de Janeiro. Artigo científico. Rio de Janeiro, 2017. Disponível em: https://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos17/18925184.pdf. Acesso em: 10 de março de 2021.

MANOLA, C. C. V.; MOREIRA, S. A. S. Liderança: Uma abordagem entre líderes e liderados à luz do Grid Gerencial. Revista Reuna, v. 19, n.4, p183 – 204, 2014. Disponível em: https://revistas.una.br/reuna/article/view/658. Acesso em: 12 de março de 2021.

MELO, E. A.de A. Liderança gerencial. In: SIQUEIRA M. M. M. (org.). Novas medidas do comportamento organizacional: ferramentas de diagnóstico e de gestão. Porto Alegre: Artmed, 2014. p. 217-229.

PARÁ. Decreto Nº 609, de 16 de março de 2020. Dispõe sobre as medidas de enfrentamento, no âmbito do Estado do Pará, à pandemia do Corona vírus COVID-19. Diário Oficial do Estado do Pará: Ano CXXIX da IOE, 130º da República, Nº 34.143. Disponível em: https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=390756. Acesso em: 10 de junho de 2020.

ROBBINS, S. P.; JUDGE T. A. Comportamento organizacional. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 18ª Edição, 2020.

SANTOS, J. C. dos; GALINDO, F. L. O. da C.; SOUZA, M. A. de. A Gestão no Sistema Educacional Público da cidade do Rio de Janeiro: Uma visão através do Grid Gerencial. In: Encontro de Administração pública e Governança, 2008, Bahia. Artigo Científico. Bahia, 2008. Disponível em: http://www.anpad.org.br/admin/pdf/EnAPG25.pdf. Acesso em: 10 de maio de 2021.

SILVA, R. O. da. Teorias da administração. Pearson Prentice Hall, 2ª edição, 2013.

SOUZA, S. S. R. de. Perfil de liderança prevalente na gestão de inovação na organização militar. Porto Velho, 2017. 175 p. Dissertação (Mestrado em Administração). Universidade Federal de Rondônia. Disponível em: https://ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2436. Acesso em: 12 de março de 2021.

VECCHIO, R. P. Comportamento Organizacional: Conceitos Básicos. [tradução Roberto Galman]. São Paulo: Cengage Learning, 2008.

VERGARA, S. C. A Liderança Aprendida. GV executivo, v. 6, n. 1, p. 61-65, 2007.

VERSIANI, F.; CAEIRO, M. de L.; CARVALHO NETO, A. Líder versus liderado? Percepções a partir do grid gerencial. Revista de Administração FACES Journal, v. 16, n. 3, p. 88-104. 2017. Disponível em: https://doi.org/10.21714/1984-6975FACES2017V16N3ART4104. Acesso em: 11de maio de 2021.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Preventing and mitigating COVID-19 at work. 2021. Disponível em: WHO/2019-nCoV/Workplace_actions/Policy_brief/2021.1. Acesso em: 11 de junho de 2021.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n6-246