Cetose clínica e subclínica em vacas de alta lactação / Clinical and subclinical ketus in high-lactation cows

Nathan Luan Gabriel Rosa, Andressa Rozzetto Garcia, Francisco Gabriel Silverio Colombo, Marina Cecília Grandi, Leticia Peternelli da Silva, Isabela Bazzo da Costa

Abstract


O Brasil destaca-se a cada dia dentro do setor agropecuário pois muitas atividades neste setor envolvem o sustento de muitas famílias. O melhoramento genético, manejo sanitário e reprodutivo vem sendo exigido pelos produtores devido aos fatores que refletem diretamente na produtividade do animal e no final no lucro deste produtor. A pecuária leiteira está em constante crescimento dentro país, o gado de leite e seu produto, o leite, vem sendo valorizado cada dia mais, pois este já está enraizado na cultura e na nutrição de diversas famílias. Mesmo sabendo dos grandes princípios que este setor apresenta, produtores rurais encontram-se com dificuldade no manejo e grandes desafios com o gado leiteiro, principalmente nos primeiros meses de lactação, já que há uma grande exigência na demanda energética no período de transição (pré e pós-parto). Dentre as patologias metabólicas decorrente deste período, a que se encontra com mais ocorrência é a cetose, que quando presente traz prejuízo ao produtor, pois pode desencadear outras patologias associadas. No início da lactação os animais passam por um balanço energético negativo (BEN), levando a uma perda nas condições corporais devido a mobilização das reservas corporais em resposta ao aumento da lactogênese, levando ao desenvolvimento da cetose, uma desordem metabólica com níveis elevados de corpos cetônicos. Estas patologias são consideradas comuns nos gados leiteiros, principalmente em animais de alta produção. Sendo assim, estas patologias trazem diversos gastos ao produtor, como: gastos com medicamento, serviços veterinários, além de afetar diretamente na produção de leite e taxa de concepção.


Keywords


bovino de leite, cetose, prejuízo.

References


FLEMING, S. A. Cetose dos ruminantes (acetonemia). In: SMITH, B. P. Tratado de Medicina Interna de Grandes Animais. São Paulo: Editora Manole, 1993. v. 2, p. 1297-1304.

GAMA, M. A. S.; RODRIGUES, P. H. M.; et al. Efeitos da administração de somatotropina bovina (BST) e de monensina sobre parâmetros metabólicos de vacas em lactação. In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA. 38, Piracicaba, 2001. Anais... São Paulo: Gmosis, 2001, 17 par. CD-ROM. Nutrição de Ruminantes. NUR – 0408.

GONZÁLEZ, F. H. D.; CAMPOS, R. Indicadores metabólico-nutricionais do leite. In: GONZÁLEZ, F. H. D.; CAMPOS, R. Anais do I simpósio de Patologia Clínica Veterinária da Região Sul do Brasil. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003, p. 31-47.

RUTHERFORD, A. J., OIKONOMOU, G., & SMITH, R. F. (2016). The effect of subclinical ketosis on activity at estrus and reproductive performance in dairy cattle. Journal of Dairy Science, 99(6), 4808–4815. (2004).

SOUZA, R. C., & SOUZA, R. C. (2015). Prevalência e Diagnóstico de Cetose Bovina no Brasil e em Minas Gerais. Revista V&Z, 18–23.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n6-250