Efeito da percentagem de finos na ativação alcalina de adobes / Effect of fines percentage on alkaline activation of adobes

Adriano da Silva Félix, Normando Perazzo Barbosa, José Augusto Gomes Neto, Brunna Lima de Almeida Victor Medeiros, Larissa Fernandes Costa, Luísa Eduarda Lucena de Medeiros

Abstract


A construção com terra tem grande potencial pelos menores custos, energia incorporada e impactos ambientais gerados. Porém, o adobe, técnica construtiva que utiliza terra, apresenta elevada suscetibilidade à ação da água. A ativação alcalina é um método de estabilização que pretende melhorar esta característica. A presente pesquisa trata-se da análise da influência da quantidade de ligante alcalino ativado e de diferentes percentagens de finos na resistência mecânica e à ação da água dos adobes. A pesquisa tem como objetivo identificar a influência do teor de ligante alcalino (1%, 2% e 3%) no desempenho dos blocos; verificar a influência da quantidade de finos (10%, 20% e 30%) no desempenho da ativação alcalina; e verificar o efeito das variáveis anteriores na resistência à ação da água e à compressão nos adobes ativados alcalinamente. No estudo foram utilizados os seguintes materiais: solo, caulim, metacaulim (MK), resíduo cerâmico (RC), silicato de sódio, hidróxido de sódio, água destilada e água. Primeiramente o solo foi caracterizado. Logo após passou-se a produção dos ligantes utilizando o método de Polisialatosiloxo de sódio. O ligante foi misturado manualmente ao solo, acrescido de diferentes quantidades de caulim, e logo após foram moldados corpos de prova cúbicos com 5 cm de aresta, que passaram 7 e 28 dias de cura em estufa a 65º C. Posteriormente foram realizados os ensaios de resistência à água e à compressão. A resistência à ação da água diminuiu com o aumento da quantidade de finos. Inverso do que ocorreu com o aumento da quantidade de ligante, que fez aumentar a durabilidade. No que diz respeito à resistência à compressão os resultados mostram-se similares ao da resistência à água. A resistência mecânica dos blocos tende a diminuir com o aumento do tempo em estufa, sendo os de 7 dias mais resistentes que os de 28.


Keywords


adobe, ativação alcalina, estabilização, terra, caulim.

References


Associação Brasileira de Normas Técnicas – NBR – 7171. Bloco Cerâmico para Alvenaria –, 2005. Disponível em: < http://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=53938>

Associação Brasileira de Normas Técnicas – NBR – 8492: tijolo maciço de solo-cimento: determinação da resistência à compressão e da absorção de água, 2012. Disponível em:

Barbosa N. P, Ghavami K. (2007). Terra crua para edificações. São Paulo: IBRACON, 2007, v. 2, p. 1505-1538. Disponível em:

Barbosa, N. P.; Mattone, R. (2002). Construção com terra crua. I Seminário Ibero-americano de Construção com Terra. Salvador, BA, Anais Proterra/Cyted. Set 2002. Disponível em:

Davidovits, J. (1982). Mineral polymers and methods of making them. US Patent 4.349.386. 14 Set 1982. Disponível em:

Davidovits, J. (1987) Ancient and modern concretes: Whats is the real difference? Concrete Internacional, v.9, n.12, p.23-35, Dez 1987. Disponível em:

Davidovits, J. (1991). Geopolymers: Inorganic Polymeric New Materials. Thermal Analysis 37: pp. 1633-1656. Disponível em: < http://www.scopus.com >

Pinto, A.T. (2004). Sistemas ligantes obtidos por activação alcalina do metacaulino. Tese Doutorado, Universidade do Minho, Portugal. 2004. Disponível em:

Gomes, K. C. Potencial de Ativação Alcalina de Materiais Residuais Aluminosilicosos no Desenvolvimento de Matrizes Cimentícias. 2008. Dissertação de mestrado no Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica. UFPB.

Bakharev T. Durability of geopolymer materials in sodium and magnesium sulfate solutions. Cement and Concrete Research 35 1233– 1246 (2005).

Degirmenci, N. The using of waste phosphogypsum and natural gypsum in adobe stabilization. Construction and Building Materials 22 1220–1224 (2008).

Sumajow, M; Rangan, B. (2006) Low-calcium fly ash-based geopolymer concrete: Reinforced beams and columns. Research Report GC, Curtin University of Technology, Perth, Australia.

Félix, A.S.; Fereirra, P.R.L.; Barbosa, N.P.; Ghavami, K. Estabilização Alcalina de Adobes. 15º Seminario Iberoamericano de Arquitectura y Construcción con Tierra – SIACOT 20015. Cuenca, Equador, set 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n6-274