Análise do desempenho do traço de concreto compactado com rolo (CCR), aplicado no sistema bus rapid transit (BRT) de Belém-PA, estudo de caso / Performance analysis of roller compressed concrete (CCR), applied in the bus rapid transit (BRT) system of Belém-PA, case study

Elaine Cristina Fidalgo Ferreira, Luiz Carlos Ferreira da Silva Junior, Pedro Luiz da Costa Von- Grapp, Rodrigo Rodrigues da Cunha, Ana Carolina Assmar de Lima Rabelo

Abstract


O concreto rolado é, usualmente, aplicado em obras hidráulicas e de pavimentação, como objeto deste estudo, será analisado a aplicação do Concreto Compactado a Rolo na camada de sub-base na execução da pavimentação da faixa do BRT (Bus Rapid Transit), que será executado na Rodovia BR-316, localizada na região metropolitana de Belém, estado do Pará, estado que compõe a região norte do Brasil. Este artigo trata-se de um estudo comparativo entre a execução de dois traços executados como ensaios preliminares para a execução do projeto de pavimentação com aplicação do CCR na obra da pavimentação das vias do BRT-Belém. O primeiro traço segue as normativas nacionais, que são apresentadas na norma DNIT 056/2013, as quais regem a execução do CCR, desde sua composição e trabalhabilidade até sua aplicação; o segundo traço ensaiado foi executado seguindo as diretrizes da mesma norma, com acompanhamento da fiscalização da obra, porém,  levando-se como fator de relevância, a análise e adequação da dosagem dos agregados da mistura, que estão disponíveis em jazidas relativamente próximas ao local de aplicação do concreto. Com a obtenção dos resultados, será feita uma comparação entre eles, e assim, definir qual traço terá as características necessárias para atender às exigências da norma, e consequentemente, será definido para execução do CCR, que será aplicado nas vias de pavimentação desta obra.


Keywords


pavimento rígido, concreto compactado com rolo, desempenho do CCR, traço regional do CCR, BRT Belém-PA.

References


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5739: Concreto – Ensaio de compressão de corpos-de-prova cilíndricos. Rio de Janeiro, 1994.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 12142: Concreto – Determinação da resistência à tração na flexão de corpos de prova prismáticos. Rio de Janeiro, 2010.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 12655: Concreto de cimento Portland – Preparo, controle, recebimento e aceitação. Rio de Janeiro, 2022.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 12821: Preparação de concreto em laboratório – Procedimento. Rio de Janeiro, 2009.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15577-1: Agregados – Reatividade álcali-agregado Parte 1: Guia para avaliação da reatividade potencial e medidas preventivas para uso de agregados em concreto. Rio de Janeiro, 2018.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 16312-1: Concreto compactado com rolo – Parte 1: Terminologia. Rio de Janeiro, 2014.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 16312-2: Concreto compactado com rolo – Parte 2: Preparação em laboratório. Rio de Janeiro, 2015.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 16312-3: Concreto compactado com rolo – Parte 3: Ensaios de laboratório em concreto fresco. Rio de Janeiro, 2015.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR NM 33: Concreto – Amostragem de concreto fresco. Rio de Janeiro, 1994.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR NM 67: Concreto – Determinação da consistência pelo abatimento do tronco de cone. Rio de Janeiro, 1996.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR NM 248: Agregados – Determinação da composição granulométrica. Rio de Janeiro, 2003.

CNT. Pesquisa CNT de rodovias – Relatório Gerencial. Brasília: Confederação Nacional do Transporte, SEST SENAT, 2021. Disponível em: < https://pesquisarodovias.cnt.org.br/downloads/ultimaversao/Pesquisa_CNT_Rodovias_2021_Web.pdf>. Acesso em: 15 abr. 2022.

DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES. NORMA DNIT 056/2013-ES: Pavimento rígido – Sub-base de concreto de cimento Portland compactado com rolo – Especificação de serviço. Rio de Janeiro, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n6-296