Avaliação dos módulos de elasticidade por meio de ensaios não destrutivos para madeira laminada colada / Evaluation of the modulus of elasticity by non-destructive testing for glued laminated timber

Clara Gaspar Fossi de Souza, Leonor da Cunha Mastela, Ramon Ferreira Oliveira, Augusto Melo Moulin Breda, Vinicius Borges Taquetti, Pedro Gutemberg de Alcântara Segundinho

Abstract


Para a fabricação de madeira laminada colada (MLC) é preciso avaliar as propriedades das tábuas tanto pela classificação visual quanto por ensaio mecânico. Dentre os ensaios mecânicos, pelo método de avaliação não-destrutiva para madeira serrada, destacam-se vibração transversal, vibração longitudinal, stress wave e flexão estática. O objetivo deste trabalho foi propor a utilização de métodos de ensaios não-destrutivos por meio das vibrações e onda de tensão para estimar o módulo de elasticidade na flexão de tábuas de madeira. O método proposto foi testado e avaliado em uma amostra de 24 tábuas do material do híbrido de Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis. Foram obtidas boas correlações (0,95 a 0,97) entre o módulo de elasticidade da flexão estática e o módulo de elasticidade por meio dos ensaios de vibração transversal, longitudinal e stress wave. Além disso, verificou-se que o método de balanceamento das peças é indicado para fabricação de MLC. Desse modo, concluiu-se que os valores de correlação e médias aritmética e ponderada foram satisfatórias para se obter um melhor desempenho do MLC.


Keywords


ensaio não-destrutivo, módulo de elasticidade, tábuas de madeira.

References


ALVES, R. C. et al. Application of the Nondestructive Method of Drill Resistance for Determination of the Strength of Brazilian Tropical Woods. IJET: International Journal of Engineering & Technology, v. 13, p. 69-73, 2013.

AMERICAN SOCIETY FOR TESTING AND MATERIALS. ASTM D 143: Standard test methods for small clear specimens of timber. Philadelphia, PA, 2000.

AMERICAN SOCIETY FOR TESTING AND MATERIALS. ASTM E1876 - 09: Standard Test Method for Dynamic Young’s Modulus, Shear Modulus, and Poisson’s Ratio by Impulse Excitation of Vibration. West Conshohocken, 2007.

AMERICAN SOCIETY FOR TESTING AND MATERIALS. ASTM C215-08: Standard test method for fundamental transverse, longitudinal and torsional frequencies of concrete specimens. Philadelphia, 2008.

CALIL JÚNIOR, C.; MINÁ, A. J. S. Vibração transversal: um método eficiente para classificação de peças estruturais de madeira. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 7, p. 335-338, 2003.

CARREIRA, M. R. et al. Avaliação de técnicas não-destrutivas aplicadas à madeira de pinus sp. In: Conferência Pan-americana de ensaios não destrutivos. 2003.

CEPELKA, M.; MALO, K. A. Moment resisting splice of timber beams using long threaded rods and grout-filled couplers – Experimental results and predictive models. Construction and Building Materials, v. 155, p. 560-570, 2017.

CHRISTOFORO, A. L. et al. Módulo de elasticidade em vigas de madeira de dimensões estruturais pelo método dos mínimos quadrados. Revista Árvore, v. 37, n. 5, p. 981-988, 2013.

FARIA, D. L. et al. Number of laminae on the mechanical behavior of glued laminated timber (glulam) of Toona ciliata produced with vegetable polyurethane adhesive. Ciência e Agrotecnologia, v. 43, 2019.

LESTARI, A. S. R. D. et al. The physical and mechanical properties of glulam made from pine and Jabon Woods. Journal of Tropical Wood Science and Technology, v. 16, p. 93-101, 2018.

LUZ, Arthur Bueno et al. Aplicação da madeira laminada colada (MLC) como vigas de pontes: uma análise sob o olhar do projeto de revisão da NBR 7190/1997/Application of collated laminated wood (MLC) as beams of bridges: an analysis under the view of the NBR 7190/1997 review project. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 8, p. 59283-59306, 2020.

MELO, R. R. et al. Avaliação das propriedades físicas, químicas, mecânicas e de superfície de lâminas de paricá (Schizolobium amazonicum Huber ex. Ducke). Floresta e Ambiente, v. 20, n. 2, p. 238-249, 2013.

MIRANDA, Eduardo Hélio de Novaes et al. Utilização da técnica de velocimetria por imagens de partículas (PIV) para o estudo do módulo de elasticidade de painéis de madeira compensada. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 5, p. 24766-24772, 2020.

RIBEIRO, E. S. et al. Avaliação de propriedades mecânicas da madeira por meio de métodos destrutivos e não-destrutivos. Nativa, v. 4, n. 2, p. 103-106, 2016.

ROSA, T. O. et al. Classificação visual e mecânica da espécie Cryptomeria japonica D. Don para utilização em madeira laminada colada. Ciência Florestal, v. 30, p. 451-462, 2020.

SEGUNDINHO, P. G. A. et al. Avaliação do módulo de elasticidade de peças de madeira laminada colada (MLC) obtido por meio do ensaio de vibração transversal. Ambiente Construído, v. 13, n. 2, p. 7-14, 2013.

SHEN, S. et al. Evaluation of mechanical properties of structural larch sawn lumber by machine stress rating. Science & Technology Review, v. 29, n. 6, p. 54-56, 2011.

ZANGIÁCOMO, A. L. et al. Glued laminated timber produced with tropical brazilian wood species. Journal of Applied Science and Technology, v. 23, p. 1-12, 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n6-298