Etapas para aprovação do projeto de loteamento urbano. Estudo de caso no município de Apiacá-ES / Steps for approval of the urban allotment project. Case study in the municipality of Apiacá-ES

Gabriel Pereira Gonçalves, Rayra Dias da Silva

Abstract


Em razão das dificuldades burocráticas existentes nas instituições públicas brasileiras, este artigo tem como objetivo dar suporte aos profissionais da área e interessados no assunto, com o propósito de orientar tecnicamente o processo de aprovação de um projeto subdividido e reduzir o tempo de trabalho. Assim, promover a compreensão dos procedimentos necessários para a sua autorização. Ao direcionar-se pelos preceitos aqui estabelecidos, esses profissionais disporão de auxílio na subdivisão das várias etapas imprescindíveis até a sua aprovação. Logo, acelerar e melhorar o desenvolvimento de novos projetos subdivididos, de acordo com o plano diretor do Governo Municipal e dos documentos exigidos. O ato de registrar atribuições e projetos de infraestrutura é obrigatório. Todo o processo é realizado de acordo com as legislações federais, estaduais e municipais vigentes na matéria, afim de que proporcionem condições para o desenvolvimento planejado e sustentável do município, conforme estabelecido no plano de zoneamento e nas diretrizes básicas.


Keywords


loteamento urbano, aprovação, etapas.

References


CARVALHO, Aline Werneck Barbosa; ARANTES, Paulo Tadeu Leite. Introdução ao estudo do urbanismo. Viçosa: UFV, 1985. 78p.

. Lei Federal n° 6.766 de 19 de dezembro de 1979. Dispõe sobre o Parcelamento do Solo Urbano e outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l6766.htm. Acesso em 10 de março de 2022.

AZEVEDO, N. et. al. Manual de Hidráulica. 8. Ed. São Paulo: Edgard Blucher, 1998.

. Lei Federal nº 9.785, de 29 de janeiro de 1999. Dispõe sobre o Parcelamento do Solo Urbano e outras providências. Disponível ehttp://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9785.htm#art3. Acesso em 10 de março de 2022.

TSUTIYA, M. T. Abastecimento de água. 3 ed. São Paulo: Departamento de Engenharia Hidráulica e Sanitária da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, 2006

ARAXÁ. Manual para projetos de parcelamento de solo ano urbanos. Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável de Araxá, set. 2016. Dispõe sobre parcelamento de solo na cidade de Araxá/MG.

Disponível em:http://ipdsa.org.br/dados/link/162/arquivo/MANUAL%20PARA%20PROJETOS%20D E%20P ARCELAMENTO%20DE%20SOLO%20URBANO_SETEMBRO_2016.pdf. Acesso em 15 de março de 2022.

BRASIL. Código Penal. Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940. Dispõe sobre a aplicação da lei penal.

Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto- lei/Del2848compilado.htm. Acesso em 30 de março de 2022.

FERNANDES, C., 2002, Micro drenagem - Um Estudo Inicial, DEC/CCT/UFPB, Campina Grande, 196p.

FERNANDES, L. P. S., 2012, Análise Quantitativa e Qualitativa de Diversos Loteamentos. Dissertação de Mestrado, Universidade do Minho, Braga, Portugal.

GOOGLE EARTH, 2022.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Projeto de rede de distribuição de água para abastecimento público. NBR 12218. Rio de Janeiro. 1994 CENEVIVA, Walter. Lei dos notários e dos registradores comentada. São Paulo: Saraiva 4ª ed., 2002.

FIUZA, César. Direito Civil – Curso completo. Belo Horizonte: Del Rey, 7.ª ed., 2003. MEIRELLES, Hely Lopes. Direito de Construir. 9. ed. São Paulo: Malheiros, 2005.

NOGUEIRA, Wagner Rodolfo Faria. Parcelamento do solo. Revista Jus Navigandi, ISSN 1518-4862, Teresina, ano 8, n. 84, 25 set. 2003.

Disponível em: https://jus.com.br/artigos/4349. Acesso em: 22 marços de 2022.

NOGUEIRA, Wagner Rodolfo Faria. Parcelamento do solo. Âmbito Jurídico, Rio Grande, VIU n. 14, ago. 2017.

Disponível em: http://www.ambitojuridico.com.br/site/index. php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=3866. Acesso em: 27 marços de 2022.

NOVAES, Ana Carolina. Lei Nº 6.766-79 - Parcelamento do solo urbano registro imobiliário. Disponível em: https://www.direitonet.com.br/artigos/exibir/2075/Lei-No6766- 79-Parcelamento-do-solo-urbano-no-registro-imobiliario. Acesso em 30 de março de 2022.

SILVA, José Afonso do Direito Urbanístico Brasileiro. 5° ed. rev. E atual. São Paulo: Malheiros Editores, 2010.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n6-302