Viabilidade do reflorestamento com eucalipto para produção de carvão / Feasibility of eucalyptus reforestation for coal production

Reynaldo Afonso Esteves, José Helvecio Martins, Wanyr Romero Ferreira

Abstract


Foi apresentada uma análise de viabilidade econômica de uma plantação de eucalipto cultivado em baixa rotatividade, considerando dois cenários, sendo o primeiro o arrendamento do terreno para implantar o projeto e o segundo a sua compra. O trabalho foi desenvolvido na região centro oeste de Minas Gerais, no município de Martinho Campos, numa área experimental de, aproximadamente, 155,5 ha, pertencente à Fazenda Fecho, para a qual foi considerada a compra da terra. Em outra área de, aproximadamente, 151,1 ha, pertencente à Fazenda Mamonas, foi realizada a mesma análise, porém considerando o arrendamento da terra. O objetivo proposto foi alcançado por meio de simulação da produção, usando programas computacionais disponíveis na literatura, como o SisEucalipto e o Planin. Os critérios utilizados para a análise econômica do empreendimento foram: Valor Presente Líquido (VPL), Valor Presente Líquido Anualizado (VPLA), Taxa Interna de Retorno (TIR) e Relação Benefício/Custo (B/C). Foi considerado um ciclo produtivo de 21 anos, com cortes a cada sete anos. Com esta premissa, depois do terceiro corte, a área precisa ser replantada. Os resultados apontam que a produção de carvão vegetal é viável, economicamente, apenas para o reflorestamento implementado no sistema com arrendamento da terra, desde que seja efetuado de forma correta, com a devida orientação técnica. O impacto dos custos anuais de arrendamento é distribuído ao longo dos anos, ao passo que para a opção de empreendimento com a compra da terra o impacto ocorre no ano de implantação do reflorestamento. Isto influenciou fortemente a inviabilidade do projeto na opção com compra da área a ser reflorestada. Os resultados também demonstraram que o fator de maior importância, que sempre irá proporcionar resultados economicamente viáveis, é o preço de mercado do produto na ocasião da venda. Este setor da economia é muito sensível, principalmente por se tratar de uma matéria-prima muito importante na produção de aço, um dos produtos de grande exportação do Brasil.


Keywords


Eucalipto. Área de reflorestamento. Viabilidade econômica. Carvão vegetal.

References


COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO. Custos de produção agrícola: a metodologia da Conab. Brasília, DF, 2010. 60 p.

OLIVEIRA, E. B. Análise econômica de regimes de manejo florestal: Planin 2008. Colombo, PR: Embrapa Florestas, 2006. 1 CD-ROM.

OLIVEIRA, E. B. Avanços recentes nos softwares "Sis" da Embrapa Florestas para manejo de precisão e análise econômica de florestas plantadas. Brasília, DF: Embrapa, 2015. 9 p

OLIVEIRA, E. B. Planin: software para análise econômica de plantações florestais. Colombo, PR: Embrapa Florestas, 2013.

OLIVEIRA, E. B. Softwares para manejo e análise econômica de plantações florestais. Colombo, PR: Embrapa Florestas, 2001. 60 p.

OLIVEIRA, E. B. Softwares para manejo e análise econômica de plantações florestais. Colombo, PR: Embrapa Florestas, ago. 2011. 68 p. (Documentos, 216). Disponível em: https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/898050/1/Doc216.pdf. Acesso em: 10 jan. 2018.

REZENDE, J. L. P.; OLIVEIRA, A. D. Análise econômica e social de projetos florestais. Viçosa: Ed. UFV, 2001. 389 p.

SANTOS, P. H. A. et al. Produtividade e custos de extração de madeira de eucalipto com clambunk skidder. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 37, n. 3, p. 511-518, 2013.

SILVA, M. L.; JACOVINE, L. A. G.; VALVERDE, S. R. Economia florestal. 2. Ed. Viçosa: Editora UFV, 2002. 178 p.

SILVA, M. L.; JACOVINE, L. A. G.; VALVERDE, S. R. Economia florestal. Viçosa: Editora UFV, 2005. 178 p.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n1-055

Refbacks

  • There are currently no refbacks.