O Autismo no Contexto Familiar/ Autism in the Family Context

Rogério Nazário de Oliveira, Matheus Rodrigues Nóbrega, Laura Oliveira Rolim Carvalho, Lúcia Gonçalves Loura Mendes, Jani Pereira, Victor Rafael Oliveira Franca, Patrícia do Couto Almeida, Jane Virginia Lopes

Abstract


O autismo face à relevância e dimensões dos seus comportamentos, estabelece a necessidade significativa de atenção e responsabilidades por parte dos familiares da pessoa autista, mobilizando-os a se ajustarem em uma série de novas incumbências. O presente artigo trata, através de uma revisão de literatura, das decorrências e impactos do autismo no seio familiar e teve como objetivo verificar como as famílias, ao receberem um diagnóstico de autismo, são afetadas e conseguem se adaptar no decorrer do ciclo de vida da criança. A metodologia utilizada para a construção do arcabouço teórico do presente trabalho, baseou-se em uma pesquisa bibliográfica realizada no período de janeiro à junho de 2019 e buscou embasamento em livros, revistas e artigos científicos atuais. Para esse fim, autores como: Sprovieri (2001), Bosa (2006), Mello (2007), Pereira (2011), Zanatta (2014), Pinto et al., (2016), Lopes (2018), entre outros, nortearam a composição dessa pesquisa sobre autismo e que tiveram a oportunidade de identificar as situações cotidianas, bem como os impactos nas mais variadas famílias que recebem o diagnóstico de um membro com autismo no ambiente familiar e constatou-se que inicialmente aparece o medo, a sensação de solidão e desamparo. Os resultados sugerem que nos contextos familiares que operam com harmonia, respeito, equilíbrio emocional e buscam o devido suporte médico e psicológico, após essa fase inicial que os especialistas no assunto chamam de luto, as famílias conseguem auxiliar a criança a se desenvolver e adquirir autonomia.

 


Keywords


Autismo. Família. Inclusão.

References


ANDRADE, Aline Abreu; TEORODO, Maycoln Leôni Martins. Família e autismo: uma revisão da literatura. In: Contextos clínicos, v.5, n.2, p.133-142, jul.-dez./ 2012.

BOSA, Cleonice Alves. Autismo: intervenções psicoeducacionais. In: Revista Brasileira de Psiquiatria, 2006.

BOSA, Cleonice Alves; CALLIAS, Maria. Autismo: breve revisão de diferentes abordagens. In: Psicologia: Reflexão e Crítica, v.13, n.1, p.01-17. 2000.

FOMBONNE, E. Epidemiology of pervasive developmental disorders. In: Pediatric Residence, 65(6), p.591-598. 2009.

LOPES, Claudio Neves. Autismo e família: o desenvolvimento da autonomia de um adolescente com síndrome de Asperger e a relação familiar. In: Revista Diálogos e Perspectivas em Educação Especial, v.5, n.1, p.53-66, Jan.-Jun./ 2018.

MAIA FILHO, Antônio Luiz Martins et al. A importância da família no cuidado da criança autista. In: Revista saúde em foco, v. 3, n.1. Teresina, jan./jun. 2016.

MEIMES, Maíra Ainhoren; SALDANHA, Helena Castro; BOSA, Cleonice Alves. Adaptação materna ao Transtorno do Espectro Autismo: Relações entre crenças, sentimentos e fatores psicossociais. In: Revista Psico, v. 46, n.4, p. 412-422. Porto Alegre, out-dez/ 2015. Disponível em:

. Acesso em: 30 abr. 2019.

MELLO, A. M. S. R. Autismo: guia prático. In: Ama - Associação de Amigos do Autista, v.5 p.104. Brasília: CORDE, 2007.

PEREIRA, Cyelle Carmem Vasconcelos. Autismo e família: participação dos pais no tratamento e desenvolvimento dos filhos autistas. In: Revista de Ciências da Saúde,

v. 9, n.2.Facene/Famene. 2011.

PINTO, Rayssa Naftaly Muniz; et al. Autismo infantil: impacto do diagnóstico e repercussões nas relações familiares. In: Revista Gaucha de Enfermagem, v.37, n.3. 2016. Disponível em www.scielo.br/rgenf. Acesso em 30 abr. 2019.

SEMENSATO, Márcia Rejane; SCHMIDT, Carlo; BOSA, Cleonice Alves. Grupo de familiares de pessoas com autismo: relatos de experiências parentais. In: Aletheia, v.32, p.183-194, mai-ago/2010.

SPROVIERI, M H. Dinâmica familiar de crianças autistas. In: Arq. Neuropsiquiatria. 2001. Disponível em: < http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistapsico>. Acesso em: 02 mai. 2019.

ZANATTA, Elizangela Argenta, et al. Cotidiano de famílias que convivem com o autismo infantil. In: Revista Baiana de Enfermagem, v.28, n.3, p.271-282. Salvador set-dez/ 2014.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n1-222

Refbacks

  • There are currently no refbacks.