Gestão dos residuos pós colheita da cana-de-açúcar no cerrado: uso da palhada versus contribuição econômica / Management of waste after harvesting sugarcane in the cerrado: use of strawing versus economic contribution

Manoel Henrique Reis de Oliveira, Antônio Evami Cavalcante Sousa, Rafaela Santos de Oliveira, Murilo Alceu Aguas, Eloisa Aparecida da Silva Ávila, Welcio Rodrigues da Silva, Debora Regina Marques Pereira, Charlismilã Amorim do Couto

Abstract


Com a colheita da cana crua, sem o uso da queima, fica depositado ao solo uma grande quantidade de material vegetal, que agrega benefícios ao solo. Em contrapartida, há uma grande demanda pela retirada parcial ou integral dessa palha devido seu grande potencial energético e calorífico, o que pode aumentar significativamente a produção da bioenergia e do etanol de segunda geração. Objetivou-se com este trabalho avaliar o custo de produção e o lucro líquido obtido através da produção de diferentes produtos originados pela industrialização da palhada da cana de açúcar. Analisando o potencial de geração de etanol de segunda geração, produção de bioenergia e avaliação do aporte nutricional quando deixada sob o solo. O potencial econômico pela produção de etanol, bioenergia e nutrientes foram avaliados pelos dados comparativos de 4 quantidades de palhada deixada sobre o solo no decorrer de uma safra correlacionando com tabelas de mineralização disponíveis na literatura e confrontando com o potencial de produzir E2G e bioenergia. Para este estudo, considerou-se as referências bibliográficas dos últimos anos, dados de pesquisa de entidades públicas e privadas. Para determinação das taxas de decomposição foram utilizadas quatro diferentes quantidades de palha (5,3, 8,0, 10,6 e 16 Mg ha-1). Observou-se ainda, que quando mantida, há uma economia em relação a aplicação de fertilizantes. Já quando utilizada para produção de E2G e de bioenergia, o retorno econômico é variável conforme a quantidade de palha retirada, porém para a cogeração de energia, hoje é mais vantajoso economicamente.


Keywords


Energia renovável, etanol 2°geração, palhada, sustentabilidade, cogeração de energia.

References


ALCARDE, A R. Procedimento da cana-de-açúcar. v. 2010. n. 20/04. Seropédica, RJ: EMBRAPA, 2007. P. Agência de Informação, cana de açúcar.

AQUINO, G.S.; MEDINA, C.C. Crescimento e produtividade de cana-de-açúcar sob doses de palhada. 3º Seminário de Gestão Ambiental na Agropecuária. Bento Gonçalves – RS, Brasil, 25 a 27 de Abril de 2012.

CASTRO, A. J. A.; CASSIANO, D. A.; FERREIRA, N. L. Gaseificação do bagaço de cana-de-açúcar: modelagem , análise e comparação com sistema real. Exacta, São Paulo, v. 7, n. 1, p. 39-47, jan./mar. 2009.

AQUINO , G.S.; MEDINA, C.C. Crescimento e produtividade de cana-de-açúcar sob doses de palhada. 3º Seminário de Gestão Ambiental na Agropecuária. Bento Gonçalves – RS, Brasil, 25 a 27 de Abril de 2012.

CARVALHO, J. L. N. Decomposição da palha da cana- de- açúcar em diferentes condições edafoclimaticas. 2013. Projeto de pesquisa (Iniciação científica Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE)

CONAB 2017 Acompanhamento da safra brasileira. Cana-de-açúcar. Disponível em> http://www.conab.gov.br/OlalaCMS/uploads/arquivos/17_08_24_08_59_54_boletim_cana_portugues_-_2o_lev_-_17-18.pdf ISSN 2318-7921 V. 4–/2017. Acesso em dezembro de 2017.

CRUZ, S. H. Bagaço e palha da cana são fontes de celulose para gerar álcool. Visão agrícola nº 8, jan/jun 2008. Disponível em> http://www.esalq.usp.br/visaoagricola/sites/default/files/VA08-materia-prima03.pdf. Acesso em dezembro de 2017.

DIETRICH G. Decomposição e liberação de nitrogênio da palha de cana-de-açúcar em função do ambiente e quantidade de palha. 2014, 58 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Rurais - UFSM, Santa Maria, RS, 2014.

EPE (Empresa de Pesquisa Energética) Disponível em> http://www.epe.gov.br/ Acesso em: Novembro 2017

FILIAGE, H. D. et al. Levantamento da quantidade de palha produzida por diferentes variedades de cana-de-açúcar. Disponível em >https://uspdigital.usp.br/siicusp/cdOnlineTrabalhoVisualizarResumo?numeroInscricaoTrabalho=3266&numeroEdicao=19. Acesso em dezembro de 2017

FOLHA DA CANA. Goianésia, Go, 2015.Publicação da Acessória de Imprensa da Jalles Machado. Impresso especial. Edição n°53- agosto 2015 10 p.

GALON, G. Melhorias no rendimento agrícola e receita extra obtidos com o recolhimento e desenfardamento da palha da cana. Disponível em > https://www.jornalcana.com.br/arquivos/Palestras/Gilmar_Galon.pdf 2015. Acesso em dezembro de 2017

HASSUANI, S.J. Evaluation of agronomic routes to undurned cane harvesting with trash recovery in: HASSUANI, S,J. et al. Biomass Power generation: sugar cane bagasse and trash; Piracicaba: PNUD-CTC, 2005. (Série Caminhos para Sustentabilidade).

LOMBARDI, G., GIROTO, V., LOMBARDI, N., PERES, M., SILVA, S. D. A., dos ALVES, C. E., & ABÍLIO, A. (2013, March). Uso da palha de cana-de-açúcar como fonte de bioenergia versus a sua contribuição nutricional quando mantida no solo. In Embrapa Clima Temperado-Artigo em anais de congresso (ALICE). In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE BIOENERGIA, 7., 2012, São Paulo. Anais... São Paulo, 2012.

MILANEZ, A. Y., NYKO, D., VALENTE, M. S., SOUSA, L. C., BONOMI, A. M. OLIVEIRA, M. H. R. USO DA PALHADA DA CANA-DE-AÇÚCAR NA GERAÇÃO DE ETANOL 2° GERAÇÃO VERSUS SUA CONTRIBUIÇÃO NUTRICIONAL PARA O SOLO NO AMBIENTE CERRADO. Orientação de Rodrigo Fernandes de Souza; Goianésia: Faculdade Evangélica de Goianésia, 2016, 25 p. Monografia de Graduação.

F. L. J., JESUS, C. D. F. D., ... & JUNQUEIRA, T. L. (2015). De promessa a realidade: como o etanol celulósico pode revolucionar a indústria da cana-de-açúcar: uma avaliação do potencial competitivo e sugestões de política pública. BNDES Setorial, Rio de Janeiro, (41).

MILANEZ, A. Y. et al. O déficit de produção de etanol no Brasil entre 2012 e 2015: determinantes, consequências e sugestões de política. BNDES Setorial, n. 35, p. 277-302. BNDES, Rio de Janeiro, mar. 2012

NOVA CANA. Cogeração. https://www.novacana.com/n/cogeracao/chuvas-derrubar-preco-spot-eletricidade-dezembro-analistas-221117/ 2017

NYKO, D., GARCIA, J. L. F., MILANEZ, A. Y., & DUNHAM, F. B. (2010). A corrida tecnológica pelos biocombustíveis de segunda geração: uma perspectiva comparada. BNDES Setorial, Rio de Janeiro, (32), 5-48.

DE OLIVEIRA, M. H. R, SOUZA, R. F, OLIVEIRA,R. S, ARRUDA, A. B, MOURA, J. B, e SILVA, R. M. USO DA PALHADA DA CANA-DE-AÇÚCAR NA GERAÇÃO DE ETANOL 2° GERAÇÃO VERSUS SUA CONTRIBUIÇÃO NUTRICIONAL PARA O SOLO NO AMBIENTE CERRADO. Acta Iguazu, Cascavel, v.8, n.1, p. 117-127, 2019

OLIVEIRA M. W.; TRIVELIN P. C. O.; GAVA G.J.C., PENATTI C.P. Degradação da

palhada de cana-de-açúcar. Scientia agrícola, vol.56 n.4 Piracicaba Oct./Dec. 1999a.

OLIVEIRA, M. W., TRIVELIN, P. C. O., PENATTI, C. P., & de CÁSSIA PICCOLO, M. (1999b). Decomposição e liberação de nutrientes da palhada de cana-de-açúcar em campo. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 34(12), 2359-2362.

PENATTI, C.P. Racionalização da adubação da cultura de cana-de-açúcar. Disponível em

Revista Opiniões. Açúcar e Álcool. Sobre energias renováveis. Editora WDS: Ribeirão Preto. São Paulo. Jan-mar 2008.

ROSSETTO, R., CANTARELLA, H., DIAS, F., LANDELL, M., & VITTI, G. Manejo conservacionista e reciclagem de nutrientes em cana-de-açúcar tendo em vista a colheita mecânica. Informações Agronômicas, 124, 8-13. 2008.

SANTOS, FERNANDO A., QUEIRÓZ, JOSÉ H. DE, COLODETTE, JORGE L., FERNANDES, SERGIO A., GUIMARÃES, VALÉRIA M., & REZENDE, SEBASTIÃO T. Potencial da palha de cana-de-açúcar para produção de etanol. Química Nova, v. 35, p.1004-1010. 2012.

UDOP (União Dos Produtores de Bioenergia). Disponível em< http://www.udop.com.br.

URQUIAGA, S., BODDEY, R. M., OLIVEIRA, O. D., LIMA, E., & GUIMARÃES, D. H. (1991). A importância de não queimar a palha na cultura de cana-de-açúcar. EMBRAPA-CNPBS.

VITTI, G; et al Agrícola Ouro Verde, Lençóis Paulista -SP, Relatório Técnico, n.10, p.1-19, 2008.

VITTI, G; et al. Nutrição e Adubação da Cana-de-açúcar. Bebedouro, SP: [s.n], p. 15-18, 2005.

XAVIER, G. L. (2010). A cidade e os canaviais: Estado e capital na produção social do espaço–Goianésia, Goiás. Apresentação, 4(1).

YAMAGUCHI, C., RAMOS, N., PACKER, A., de ANDRADE, C. A., & HIRANO, R. (2013, January). Dinâmica de decomposição de palhada de cana-de-açúcar. In Embrapa Meio Ambiente-Artigo em anais de congresso (ALICE). In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 6., 2012, Jaguariúna. Anais... Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2012. 1 CD ROM. Nº 12402.

SILVA , A. P.;MEERT , D.; FINAMORE3 , W.L. de M. APROVEITAMENTO DA PALHA DA CANA-DE-AÇÚCAR PÓSCOLHEITA MECANIZADA. A Revista Eletrônica da Faculdade de Ciências Exatas e da Terra Produção/constru construção e tecnologia, v. 5, n. 8, 2016.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n1-246

Refbacks

  • There are currently no refbacks.