Os homicídios a partir de uma ótica por escolaridade: considerações para as grandes regiões do Brasil/ Homicides from a school-based perspective: considerations for the large regions of Brazil

Authors

  • Rúbia Silene Alegre Ferreira
  • Quezia Corrêa de Oliveira Sampaio
  • James Barros Monteiro
  • Priscila Renata Jara Sevilla
  • Ingrides Leonel Araujo
  • Amanda Martins Pinheiro

DOI:

https://doi.org/10.34115/basrv4n6-030

Keywords:

Homicídios, Escolaridade, Grandes Regiões.

Abstract

Este estudo faz uma discussão que correlaciona os homicídios com o grau de escolaridade nas 27 unidades da federação brasileira. Os dados são extraídos das Estatísticas Vitais do Datasus, considerando o período de 2000 a 2018. Assim, foram agrupados por grande região na intenção de facilitar o comparativo. São quatro as formas verificadas: em um primeiro momento, apresentam-se os homicídios ocorridos considerando o grau de instrução de 1 a 3 anos de escolaridade; em seguida de 4 a 7 anos; na terceira analise de 8 a 11 anos, e por fim, o grupo que observa os homicídios ligados à escolaridade com 12 anos ou mais de estudos. O estudo mostrou que à medida que a vida escolar se eleva, os valores brutos de homcídios se reduzem na linha de tempo estudada, conforme se verifica em todas as grandes regiões (tanto no quesito ensino médio, quanto superior). Assim, uma das significativas possibilidades de se ter redução nas elevadas taxas de homcídios seria a de que o Estado investisse fortemente em educação, desde a creche até às demais situações de capacitação que permitam ao indivíduo a opção (quando possível)  de se manter afastado desta triste tipificação.

References

ADORNO, S. Como explicar a distribuição espacial dos homicídios em São Paulo? [online]. SciELO em Perspectiva: Humanas, 2019 [viewed 15 November 2020]. Available from: https://humanas.blog.scielo.org/blog/2019/08/27/como-explicar-a-distribuicao-espacial-dos-homicidios-em-sao-paulo/.

ATLAS DA VIOLÊNCIA 2018. Principais Resultados. Organizadores: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada; Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Brasília.

BECKER, Kalinca Léia; KASSOUF, Ana Lúcia. Uma análise do efeito dos gastos públicos em educação sobre a criminalidade no Brasil. Econ. soc. , Campinas, v. 26, n. 1, pág. 215-242, abril de 2017.

Brasil. Ministério da Saúde (MS). Secretaria Executiva. DATASUS. [acessado 2015 abr 1]. Disponível em: www. datasus.gov.br

GONZALEZ-PEREZ GJ, VEGA-LOPEZ MG, CABRERA-PIVARAL CE, VEGA-LOPEZ A, Muñoz de La Torre A. Mortalidad por homicidios en México: tendencias, variaciones socio-geográficas y factores asociados. Cien Saude Colet 2012; 17(12):3195-3208.

MAIA, Paulo B. Vinte anos de homicídios no estado de São Paulo. São Paulo Perspec. vol.13 no.4 São Paulo Oct./Dec. 1999.

MARTINS, R., PAULO, F., and MURILHO, E. As “juventudes” vítimas de homicídios: a clivagem etária, raça/cor e sexo na composição das mortes em Pernambuco e na Bahia, em determinado recorte temporal. In: SANTOS, A. R., OLIVEIRA, J. M. S., and COELHO, L. A., orgs. Educação e sua diversidade [online]. Ilhéus, BA: EDITUS, 2017, pp. 74-90.

MINAYO, MCS. Violência e saúde [online]. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2006. Temas em Saúde collection. 132 p. ISBN 978-85-7541-380-7.

SCHULTZ, T. W. O valor econômico da educação. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1964.

SILVA JÚNIOR, Walter Pedro. Diferenciais regionais na mortalidade adulta por escolaridade no Brasil em 2010. 2018. 110f. Dissertação (Mestrado em Demografia) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.

SILVA JÚNIOR, Walter Pedro. Diferenciais regionais na mortalidade adulta por escolaridade no Brasil em 2010. 2018. 110f. Dissertação (Mestrado em Demografia) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.

TAVARES, Ricardo et al. Homicídios e vulnerabilidade social. Ciênc. saúde coletiva , Rio de Janeiro, v. 21, n. 3, pág. 923-934, março de 2016.

United Nations Office on Drugs And Crime (UNODC). Global Study on Homicide Trends. Viena: UNODC; 2011.

VIANA, Giomar; LIMA, Jandir Ferrera de. Capital humano e crescimento econômico. INTERAÇÕES, Campo Grande, v. 11, n. 2 p. 137-148, jul./dez. 2010

World Health Organization 2014. World report on violence and health (Relatório Mundial sobre violência e saúde). Geneva. ISBN 92 4 154561 5.

Published

2020-12-02

Issue

Section

Artigos originais