O campo da avaliação institucional em instituições comunitárias catarinenses: um estudo a partir de pierre bourdieu / The field of institutional evaluation in community institutions of catarin: a study from pierre bourdieu

Authors

  • Thiago Henrique Almino Francisco Brazilian Journals Publicações de Periódicos, São José dos Pinhais, Paraná
  • Isadora Maria Back da Veiga
  • Leticia Salvaro Freitas

DOI:

https://doi.org/10.34115/basrv4n6-057

Keywords:

Avaliação Institucional. Campo. Ensino Superior.

Abstract

Este artigo retrata os resultados de uma análise que identifica o campo da avaliação institucional em instituições universitárias catarinenses, possuindo como sustentação a sociologia desenvolvida por Pierre Bourdieu. Baseando-se nas concepções de Bourdieu sobre o papel da educação, habitus, campo e capital, este trabalho possui como objetivo identificar estes fenômenos a partir do processo de avaliação institucional em universidades comunitárias. Por meio de um estudo com caráter fenomenológico e entrevistas auxiliadas com especialistas, suportadas por instrumento, tornando-se possível retratar o movimento da avaliação em seu campo e lugar. De modo geral as universidades contactadas compreendem a avaliação institucional como uma ferramenta estratégica e em seus movimentos é possível perceber que o campo da avaliação institucional se organiza em torno de fenômenos comuns, desenvolvidos no contexto de cada uma das IES investigadas.

 

References

Bardin L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70; 1977.

BOURDIEU, Pierre; PASSERON, Jean-Claude. A Reprodução: elementos para uma teoria do sistema de ensino. Rio de Janeiro: Vozes, 1992.

BOURDIEU. Pierre. A escola conservadora. In: Bourdieu, P. Escritos de Educação (NOGUEIRA, M. A.; CATANI, A. Orgs). Petrópolis-RJ: Editora Vozes, 1998. p. 39-64.

CATANI, Afrânio Mendes; HEY, Ana Paula. Bourdieu e a educação. São Paulo, 14 mar. 2010. Disponível em: https://revistacult.uol.com.br/home/bourdieu-e-a-educacao/. Acesso em: 7 jun. 2019.

CRESWELL, John W. Investigação Qualitativa e Projeto de Pesquisa-: Escolhendo entre Cinco Abordagens. Penso Editora, 2014.

FLICK, Uwe (Ed.). The Sage handbook of qualitative data collection. Sage, 2017.

FRANCISCO, Thiago Henrique Almino. O desdobramento do PROIES em uma Universidade Comunitária: uma teoria fundamentada na Grounded Theory. Tese 399 fls. Programa de Pós-Graduação (Doutorado) em Engenharia e Gestão do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis. 2017.

FRANCISCO, Thiago Henrique Almino et al. A pauta da regulação da educação superior: um comparativo entre Brasil e Angola/The pattern of higher education regulation: a comparison between Brazil and Angola. Brazilian Applied Science Review, v. 2, n. 4, p. 1170-1199, 2018.

KOURY, Mauro Guilherme Pinheiro. Emoções e Sociedade: um passeio na obra de Norbert Elias. História: Questões & Debates. n. 59, p. 79-98, 2013.

MEUSER, Michael; NAGEL, Ulrike. The expert interview and changes in knowledge production. In: Interviewing experts. Palgrave Macmillan, London, 2009. p. 17-42.

MORGAN, Gareth. Paradigms, metaphors, and puzzle solving in organization theory. Administrative science quarterly, p. 605-622, 1980.

NOGUEIRA, Cláudio Marques Martins; NOGUEIRA, Maria Alice. A sociologia da educação de Pierre Bourdieu: limites e contribuições. Educ. Soc. [online]. 2002, vol.23, n.78

NOGUEIRA, Maria Alice; NOGUEIRA, Cláudio M. Martins. Bourdieu & a Educação. [S. l.]: Autêntica, 2007.

PEREIRA, Elaine Aparecida Teixeira. O conceito de campo de Pierre Bourdieu: possibilidade de análise para pesquisas em história da educação brasileira. Revista Linhas. Florianópolis, v. 16, n. 32, p. 337 – 356, set./dez. 2015.

SANTOS, Bianca Cristina dos. As principais contribuições de Pierre Bourdieu para a educação. Produção do conhecimento na expansão da educação superior, Maringá, 2016. Disponível em: http://www.ppe.uem.br/xxivuniversitas/anais/trabalhos/e_6/6-004.pdf. Acesso em: 1 jul. 2019.

SILVA, Priscila L. Ludovico da. O Conceito de habitus em elias e Bourdieu. Universidade Federal do Paraná. 2001.

STRAUSS, Anselm; CORBIN, Juliet. Pesquisa qualitativa: técnicas e procedimentos para o desenvolvimento de uma teoria fundamentada. 2.ed. Porto Alegre: Artmed, 2008.

THIRY-CHERQUES, Hermano Roberto. Pierre Bourdieu: a teoria na prática. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, p. vol. 40 no.1 Jan./Feb. 2006, 3 jan. 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-76122006000100003. Acesso em: 1 jul. 2019.

VANDENBERGHE, Frédéric. "The real is relational"; an epistemological analysis of Pierre Bourdieu's generative structuralism. Sociological Theory, v. 17, n. 1, p. 32-67, Mar. 1999.

WACQUANT, Loïc. Esclarecer o Habitus. Educação & Linguagem. n. 16, p. 63-71, 2007.

Published

2020-12-30

Issue

Section

Artigos originais