Aspectos gerais da injeção de pó metálico (Fe) utilizando PEAD e borracha termoplástica/ General aspects of metal powder (Fe) injection using HDPE and thermoplastic rubber

Authors

  • Felipe Silva
  • Clayton André Oliveira da Motta
  • Renato Mazzini Callegaro
  • José de Souza
  • Lirio Schaeffer

DOI:

https://doi.org/10.34115/basrv4n6-060

Keywords:

Pó Metálic, Injeção de Pó, Polímeros, Granulometria.

Abstract

A Injeção de Pó Metálico ou MPI é um processo da metalurgia do pó, semelhante ao processo de injeção de plásticos. Este processo é ideal para obter peças de geometrias complexas, de difícil usinabilidade, de lotes de pequeno porte com acabamento e dimensões finais ou não. O processo de geração de peças por MPI apresenta diversas etapas que devem ser cuidadosamente seguidas para não promover erros que comprometam a qualidade dos produtos. O objetivo deste trabalho foi produzir peças com diferentes polímeros no binder e após fazer a comparação entre eles com intuito de verificar seus diferentes impactos em comparativo com as diferentes granulometrias do pó de Fe e algumas propriedades obtidas das peças produzidas.

References

MARINO, L. E. F. Gestão da Qualidade e gestão do conhecimento: fatores chave para a produtividade e competitividade empresarial. XIII SIMPEP - Bauru, SP, Brasil, 06 a 08 de Novembro, 2006.

MARRIS, R. The Economics of Capital Utilisation. Cambridge University Press, 1964.

MOTTA, C.A.O. Verificação da adição de Cinza Leve no composto Ferro-Cobre-Grafite para fabricação de anéis de selos mecânicos pelo processo de metalurgia do pó convencional. Dissertação de Mestrado. UFRGS – 2014.

MARTA, L. P., Criatividade e Inovação na Atuação Profissional, Revista CRB-8 Digital, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 3-9, jul. 2008.

ESCOBAR, C.F.; LIGANTE ECOFRIENDLY À BASE DE BORRACHA NATURAL PARA O PROCESSO DE MOLDAGEM POR INJEÇÃO DE PÓ DE FERRO. 2017. 151f. Tese de Doutorado – UFRGS.

OLIVEIRA, A.M.; Moldes para Injeção de Pós Metálicos – Problemas e Soluções de Projetos. 2015. 5f.

CATTO, A.L.; Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI-RS. Processamento de polímeros termoplásticos reforçados com metais, na forma de pó metálico. 2014. 4f – Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas.

SILVA, M.B.D.; Aspectos Gerais da Injeção de Pó de Ferro 2017. 45f – Trabalho de Conclusão de Curso (Engenheiro Mecânico) – Instituto Federal Sul-Riograndense.

ZAMPIERON, J.V.; Caracterização Física de Partículas e Reológica de um Sistema Heterogêneo Utilizado em Moldagem de Pós por Injeção a Baixa Pressão. 2001. 137f. Tese (Doutorado em Ciências na Área de Tecnologia Nuclear-Materiais) – Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares – IPEN, São Paulo.

JUNIOR, N.V.; Uso da Técnica de Liga de Pós de Master Alloy na Obtenção de Componentes em Aço 4140HC Via Processo de Moldagem de Pós por Injeção. 2007. 64f. Trabalho de Conclusão de Curso (Engenheiro de Materiais) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina.

GUTIÉRREZ, J. G.; STRINGARI, G. B.; EMRI, I. (2012). Powder Injection Molding of Metal and Ceramic Parts, Some Critical Issues for Injection Molding, Dr. Jian Wang (Ed.), ISBN: 978-953-51-0297-7, 2012.

Sá, D.R.M.; Moldação por Injecção de Componentes de Metal Duro. 2011. 87f. Tese (Doutorado em Engenharia Metalúrgica e de Materiais). Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

ZORZI, J.E.; PEROTTONI, C.A.; JORNADA, J.A.H.; Moldagem por Injeção em Baixa Pressão de Peças Complexas de Cerâmicas Avançadas Produzidas com Pós Submicrométricos. 2004. 7f. UCS, Inmetro e UFRGS.

WERMUTH, D.P; MARTINS, V.; TAVARES, A.C.; BORBA, M.G.; SCHAEFFER, L.

Propriedades Físicas e Mecânicas de Amostras de Ferro Puro, Obtidas por Metalurgia do Pó Convencional e por Injeção. 2018. 11f – Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais.

Gedel Plásticos. Piracicaba, SP. 2010. [Online]. Disponível em: <https://gedelplasticos.com.br>. Acesso em: Junho 2019.

Published

2020-12-30

Issue

Section

Artigos originais