A metodologia sequência fedathi na disciplina de férias currículo, avaliação e criatividade na matemática do ensino fundamental/ Fedathi sequence methodology in holiday discipline curriculum, evaluation and creativity in mathematics of fundamental education

Authors

  • Dalmario Heitor Miranda de Abreu
  • Wendel Melo Andrade
  • Carlos Alves de Almeida Neto
  • Lara Ronise de Negreiros Pinto Scipiao
  • Maria Charleny de Sousa da Silva
  • Rodolfo Sena da Penha
  • Eliziete Nascimento de Menezes
  • Maria Jose da Costa Santos

DOI:

https://doi.org/10.34115/basrv3n6-016

Keywords:

Sequência Fedathi, Metodologia, Ensino e Aprendizagem

Abstract

O presente artigo foi desenvolvido a partir de uma análise descritiva dos efeitos da “Sequência Fedathi” (SF), que é uma metodologia de ensino idealizada pelo professor Dr. Hermínio Borges Neto da UFC e acontece em quatro fases, a saber, Tomada de posição, Maturação, Solução e Prova. A SF tem como princípio pedagógico e formativo a mudança de postura do docente a partir de ações que coloquem os alunos em situação de aprendizagem, na disciplina de férias intitulada: “Currículo, avaliação e criatividade na matemática do ensino fundamental”, realizada na Faculdade de Educação da Universidade Federal do Ceará (FACED/UFC), em julho de 2019. Diante disso, a questão norteadora foi: A SF como metodologia de ensino possibilitou uma aprendizagem significativa no contexto da disciplina de férias ofertada pelo curso de pedagogia da Faculdade de Educação? A partir desta grande questão estabelecemos como objetivo analisar as contribuições da metodologia SF para a aprendizagem significativa no contexto da disciplina de férias ofertada pelo curso de pedagogia da Faculdade de Educação. A metodologia adotada constituiu-se de pesquisa bibliográfica e pesquisa descritiva em locus. Na pesquisa bibliográfica tomamos como fonte as publicações nacionais sobre a metodologia SF e na pesquisa descritiva procuramos analisar fatos e/ou fenômenos, fazendo descrição detalhada da forma como se deu o processo da metodologia SF na disciplina. O referencial teórico que fundamentou este trabalho embasou-se em Borges Neto (2001), Santos (2012; 2019), Sousa (2013; 2015) que tratam da conceituação e contribuições da SF para o ensino da matemática. Os efeitos causados pelo uso dessa metodologia mostraram-se bastante satisfatórios, pois foi possível observar nos discursos dos participantes do curso que os conhecimentos teóricos e as práticas discutidas nos encontros de estudo a partir da SF os levaram a oportunidades de reflexões e de aperfeiçoamentos das práticas de sala de aula.

 

References

BORGES NETO, H. et al. A Sequência de Fedathi como proposta metodológica no ensino-aprendizagem de matemática e sua aplicação no ensino de retas paralelas. In: Encontro de Pesquisa Educacional do Nordeste. Educação, desenvolvimento humano e cidadania. São Luís: UFMA, Anais, 2001.

D’AMBROSIO E LOPES, B. S. e C. E. (org). Ousadia criativa nas práticas de educadores matemáticos. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2015.

SANTOS, M. J. C. A formação do professor de matemática: metodologia sequência fedathi (sf). Revista Lusófona de Educação, [S.l.], v. 38, n. 38, mar. 2018. Disponível em: <http://revistas.ulusofona.pt/index.php/rleducacao/article/view/6261>. Acesso em: 08 mar. 2019.

SANTOS, M. J. C. Rendas de bilro: contribuições para o ensino de Geometria e Simetria. 2012 Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil. 2012

SOUSA, F. E. E. et al. Sequência Fedathi uma proposta pedagógica para o ensino de ciências e matemática. Fortaleza: Edições UFC, 2013.

SOUSA, F. E. E. de. A pergunta como estratégia de mediação didática no ensino de matemática por meio da Sequência Fedathi. 2015. 283f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2015.

PACHECO, J. A. Currículo: teoria e práxis. Porto: Porto Editora, 2001.

Published

2019-11-20

Issue

Section

Artigos originais