Políticas culturais e os direitos de acesso e participação: análise dos discursos de identidade no Quilombo Sítio do Meio (MA) / Cultural policies and the rights of access and participation: analysis of identity discourses in Quilombo Sítio do Meio (MA)

Authors

  • Mariana de Araujo Aguiar

DOI:

https://doi.org/10.34115/basr.v2i5.569

Keywords:

direito de acesso à cultura, participação, identidade, política cultural.

Abstract

O presente trabalho visa analisar os discursos, referentes ao direito de acesso e participação, presentes nas falas do gestor do Ponto de Cultura Grupo Sociocultural Cem Modos e dos moradores do Quilombo Sitio do Meio, público-alvo de várias ações do Grupo Cem Modos. Através dessas análises concluímos que os conceitos de acesso e participação não são compreendidos de forma unívoca e analisamos que, para os moradores do Quilombo, estes direitos estão fortemente atrelados à afirmação da identidade.

 

References

ANDERSON, Benedict. Comunidades imaginadas. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

BARTH, Grupos Étnicos e suas Fronteiras. In: POUTIGNAT, Philippe. Teorias da Etnicidade. Seguido de Grupos Étnicos e suas fronteiras de Frederik Bath. São Paulo: Fundação Editora da Unesp, 1998.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1989.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição [da] Republica Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal.

BRASIL. Decreto n. 6.226, de 4 de outubro de 2007. Institui o Programa Mais Cultura. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2007/Decreto/D6226.htm Acesso em: 26 de agosto de 2013.

BRASIL. Lei nº 13.018, de 22 de julho de 2014. Institui a Política Nacional de Cultura Viva e dá outras providências. Brasília, Diário Oficial da União - Seção 1 - 23/7/2014, Página 1.

CANCLINI, Nestor G. Consumidores & cidadãos: conflitos multiculturais da globalização. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 1995.

CHARTIER, Roger. A história cultural: entre práticas e representações. Lisboa: Difel, 1990.

CHAUI, Marilena. Cultura e democracia. Crítica y emancipación: Revista latinoamericana de CienciasSociales, Buenos Aires, ano 1, n. 1, jun. 2008.

COELHO, Teixeira. Direito cultural no século XXI: expectativa e complexidade. Revista Observatório Itaú Cultural / OIC, São Paulo, n. 11, jan./abr. 2011.

________. Dicionário Crítico de Política Cultural. São Paulo: Iluminuras, 2. Ed, 2014.

CUCHE, Denys. A noção de cultura nas ciências sociais. Bauru: EDUSC, 1999.

DOMINGUES, João Luiz Pereira. Programa Cultura Viva: políticas culturais para a emancipação das classes populares. 215f. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas) – Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Formação Humana, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2008.

GOFFMAN, Erving. Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1988.

GOMIDE, Alexandre de Ávila; PIRES, Roberto Rocha C (org.). Capacidades estatais e democracia: arranjos institucionais de políticas públicas. Brasília: Ipea, 2014.

GOMIDE, Alexandre de Ávila; PIRES, Roberto Rocha C. Governança e capacidades estatais: uma análise comparativa de programas federais. Rev. Sociol. Polit., v. 24, n. 58, p. 121-143, jun. 2016.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. São Paulo: DP&A, 2001.

HOBSBAWN, Eric. Introdução: A invenção das tradições In: ______; RANGER, Terence. A invenção das tradições. São Paulo: Paz e Terra, 6. Ed., 2008.

KAUARK, Giuliana. Os direitos culturais e seu lugar no plano nacional de cultura do Brasil. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL POLÍTICAS CULTURAIS, 4, 2013, Rio de Janeiro. Anais Eletrônicos... Rio de Janeiro: FCRB, 2013. Disponível em: http://culturadigital.br/politicaculturalcasaderuibarbosa/files/2013/11/Giuliana-Kauark.pdf Acesso em: 05 de outubro de 2017.

LAAKSONEN, Annamari. O direito de ter acesso à cultura e dela participar como características fundamentais dos direitos culturais. Revista Observatório Itaú Cultural / OIC, São Paulo, n. 11, jan./abr. 2011.

LOPES, Ana Maria D’Ávila. Proteção constitucional dos direitos fundamentais culturais das minorias sob a perspectiva do multiculturalismo. Revista de Informação Legislativa, Brasília, ano 45, n. 177 jan./mar. 2008.

MATA-MACHADO, Bernardo Novais da.Direitos humanos e direitos culturais. 2007 In http://www.direitoecultura.com.br/wp-content/uploads/Direitos-Humanos-e-Direitos-Culturais-Bernardo-Novais-da-Mata-Machado.pdf acesso em 05 de outubro de 2017.

MEYER-BISCH, Patrice. A centralidade dos direitos culturais, pontos de contato entre diversidade e direitos humanos. Revista Observatório Itaú Cultural / OIC, São Paulo, n. 11, jan./abr. 2011.

MINISTÉRIO DA CULTURA. Catálogo cultura Viva: Programa Nacional de Arte, Educação, Cidadania e Economia Solidária. Brasília: Ministério da Cultura, 2005.

MINISTÉRIO DA CULTURA. Portaria nº 156, de 6 de julho de 2004. Cria o Programa Nacional de Cultura, Educação e Cidadania - CULTURA VIVA. Ministério da Cultura, 03 fev 2012 Disponível em: http://www.cultura.gov.br/site/2012/02/03/portaria-n%C2%BA-1562004minc-atualizada/ Acesso em: 7 de junho de 2012.

MIRANDA, André. O que marcou, positiva e negativamente, a gestão de Marta Suplicy à frente do MinC. O globo, Rio de Janeiro, 12 nov. 2014, disponível em: http://oglobo.globo.com/cultura/o-que-marcou-positiva-negativamente-gestao-de-marta-suplicy-frente-do-minc-14533504#ixzz4ETkMQJvF Acesso em: 14 de maio de 2016.

POLLAK, Michael. Memória e identidade social. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, vol. 5, n. 10, 1992, p.200-212.

PRUDENCIO, Kelly; LEITE, WeslleyDalcol.Comunicação e mobilização política na campanha Fora Ana de Hollanda. Rev. Estud. Comun., Curitiba, v. 14, n. 35, p. 445-462 set./dez. 2013.

RICOEUR, Paul. Memória, história, esquecimento. 2003. Disponível em: http://www.uc.pt/fluc/uidief/textos_ricoeur/memoria_historia Acesso em: 28 de outubro de 2016.

SANTOS, Boaventura S. e AVRITZER, L. Introdução. Para Ampliar o Canone Democrático. In SANTOS, Boaventura S. (Org.) Democratizar a democracia. Os Caminhos da Democracia Participativa.Rio de Janeiro, Ed. Civilização Brasileira, 2002.

SANTOS, Priscilla Ribeiro dos. Capacidades estatais, participação e políticas de juventude no Brasil. Tese (doutorado) – Programa de Pós-graduação em ciência política, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.

SILVA, Frederico A. Barbosa da; ARAÚJO, HertonEllery (Org.) Cultura viva: avaliação do programa arte educação e cidadania, Brasília: Ipea, 2010.

SOUZA, Allan Rocha de. Os direitos culturais e as obras audiovisuais cinematográficas: entre a proteção e o acesso. 2010. 266f. Tese (doutorado em direito) - Faculdade de Direito. Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

Published

2018-10-10

Issue

Section

Artigos originais