Uso do programa 5S como estratégia mercadológica

Use of the 5S program as a marketing strategy

Autores

  • Amarildo José Morett
  • Márcio Antônio Leal Costa
  • Marcello Paula Santos
  • Manuella Oliveira Lavinsky
  • Sara Conceição dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.34140/bjbv4n3-022

Palavras-chave:

Marketing, Ferramenta, Implementação, Organização

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo compreender como utilização do programa 5S pode possibilitar uma vantagem mercadológica para a organizações. Sabe-se que as exigências do mercado ratificam a necessidade de utilizar métodos para alcance de melhores resultados. O referencial teórico baseou-se na utilização de artigos, livros além da utilização de pesquisa telematizada. A partir das informações levantadas, pode-se afirmar que a implementação dos cinco sensos proporciona uma série de vantagens e impulsiona a organização, especialmente no que tange as relações de trabalho. Por seu caráter comportamental e subjetivo, a adoção do programa nem sempre é recebido facilmente pelos gestores. A implantação da estratégia requer base teórica no que diz respeito à estrutura organizacional, mapeamento de processos, bem como a inter-relação entre setores; uma vez que a atividade de marketing está vinculada ao andamento da empresa como um todo e não apenas voltada para o produto. É importante ressaltar, entretanto que o emprego dessa ferramenta gerencial requer a colaboração de todos os membros da organização, sendo este um pré-requisito fundamental para melhoria contínua dos processos produtivos, bem como das tomadas de decisão.

Referências

ABRANTES, J. Gestão da Qualidade. Rio de Janeiro: Interciência, 2009.

ANSARI, A. ,MODARRESS, B. World-class strategies for safety: a Boeing approach. International Journal of Operations & Production Management, v. 17,n. 4, 1997.p. 389- 398.

BARBOSA, V.C.S.; OLIVEIRA, M.R. Implantação do programa 5S em uma empresa júnior de consultoria R. Gest. Industr., Ponta Grossa, v. 13, n. 3, p. 01-21, set./nov. 2017.

BORTONI-RICARDO, S. M. 2008. O professor pesquisador: introdução à pesquisa qualitativa. São Paulo: Parábola. 135p. (Série Estratégias de Ensino, n. 8.)

CARVALHO, P. C. O programa 5S e a qualidade total. Campinas, SP: Editora Alínea, 5º edição, 2011.

CHRISTO, F. Metodologia: benefícios da sua aplicação num serviço de saúde. Instituto da Qualidade em Saúde. (10/abril-junho, pp.13-18), 2004.

Cola FEMSA Brasil implementa Programa 5S na fábrica de Campo Grande e diminui em 70% o número de reclamações dos consumidores. Disponível:. Acesso em 09 de junho de 2018.

CUNHA, O. M. C. Implementação da metodologia 5S e análise de tempos e métodos numa linha de montagem de carroçarias. 2012. 88 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Gestão Industrial). Departamento de Engenharia Mecânica. Faculdade de Ciências e Tecnologia – Universidade de Coimbra. Coimbra, 2012.

GODOY, A. S. Refletindo sobre critérios de qualidade da pesquisa qualitativa. Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, v. 3, n. 2, p. 81-89, mai./ago. 2005.

ISHIKAWA, K. TQC Total Quality Control: Estratégia e Administração da Qualidade. São Paulo: IMC, 1986.

JIMÉNEZ, M.; ROMERO, L.; DOMÍNGUEZ, M.; ESPINOSA, M. D. M. 5S methodology implementation in the laboratories of an industrial engineering university school. Safety Science, v. 78, p. 163-172, 2015.

KAKKAR, V.; DALAL, V.S; CHORARIA, V.; PARETA, A.S.; BHATIA, A. Implementation Of 5S Quality Tool In Manufacturing Company: A Case Study. International Journal of Scientific & Technology Research, Volume 4, Issue 02, 2015.

KOTLER, P. Administração de Marketing: Análise, Planejamento, Implementação e Controle. São Paulo: Prentice Hall, 2004.

KRAJEWSKI et al. Administração de produção e operações. São Paulo: Pearson Prentice hall, 2009. OSADA, T. The 5S’s: Five Keys to a Total Quality Environment. Tokyo: Asian Productivity Organisation,1991.

NERY, M. D.; MORAES, D. G. S. V. M. Proposta de implantação da metodologia 5s em uma empresa de inspeção e manutenção de extintores de incêndio no estado do espírito santo. XXXVI Encontro nacional de engenharia de produção. João Pessoa/PB, Brasil, de 03 a 06 de outubro de 2016.

PAULA, P.S.N; COSTA, V.M.P.M. A contribuição da implementação dos 5s para a melhoria continua da qualidade num serviço de imagiologia - o estudo de caso no HFF. Revista da Faculdade de Ciência e tecnologia. Porto: Edições Universidade Fernando Pessoa. ISSN 215364-04. 6 (2009) 20-33.

PORTER, M. Vantagem competitiva: criando e sustentando um desempenho superior. 15. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1989.

PRADO, C. C. A. A Busca da Melhoria da Qualidade nos Serviços de Manutenção. Disponível em: < http://tecem.com.br/site/downloads/artigos/A_Busca_na_Melhoria_da_Qualidade_nos_Servic os_de_Manutencao.pdf>. Acesso em: 22 de junho de 2018.

PRATES, G. A.; TÚLIO, L. O.; RAPETE, E. F et al. 5s na organização industrial: primeiro passo para a Certificação da iso 9001:2008 em uma moveleira. Nucleus, v.8, n.2, out.2011.

RIBEIRO, H. 5S A Base para a Qualidade Total: um roteiro para uma implantação bem sucedida. Salvador: Casa da Qualidade, 115 p., 1994.

TRAINOTTI, M. S. Aplicação da Metodologia 5S, visando a melhoria do processo organizacional em uma Fundação de Direito Privado: Um estudo de Caso. 2007. 119 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica - Departamento de Engenharia de Fabricação. Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 2007.

Downloads

Publicado

2022-09-17

Edição

Seção

Artigos