Pós operatório imediato de neurocirurgias: o papel do enfermeiro no planejamento da assistência de enfermagem a partir dos dados dos sinais vitais / Immediate post operative neurosurgery: the role of the nurse in planning nursing care from the data of vital signs

Authors

  • Débora da Silva Vieira
  • Inaê Oliveira Parra
  • Kézia Priscila Parrilla da Silva
  • Maria Fernanda Berardo da Cruz
  • Érica Cristiane dos Santos Campaner

DOI:

https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-082

Keywords:

Pós Operatório Imediato, Neurocirurgias, Sinais Vitais.

Abstract

No presente trabalho apresenta-se o papel do enfermeiro em uma assistência pós operatório imediato de neurocirurgias, voltado para a atenção às necessidades do paciente a partir dos sinais e sintomas apresentados. O objetivo principal é evidenciar o levantamento de um planejamento de intervenção, em que o enfermeiro possa a partir dos dados obtidos do paciente, intervir, para que sua recuperação seja com totalidade. Para tanto, na metodologia utilizou-se a revisão bibliográfica com pesquisas em sites de buscas de fundamentação científica indexados em dados de base da SciELO – Scientific Electronic Library Online, BVS – Bases de dados internacional da Biblioteca Virtual em Saúde, LILACS – Literatura Latino Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, BIREME – Biblioteca Regional de Medicina e Biblioteca Central da UMC – Universidade de Mogi das Cruzes. Como resultado e discussão obteve-se o conhecimento de valores normais e evidenciando possíveis alterações que possam ocorrer após esta cirurgia de grande complexidade, além de possibilitar a execução do levantamento de possíveis diagnósticos e intervenções na assistência de enfermagem. Concluiu-se a importância do planejamento de uma assistência segura com possíveis intervenções e a atuação do enfermeiro dentro da sala de recuperação pós anestésica imediato de neurocirurgias, tendo por objetivo analisar possíveis alterações a partir dos sinais vitais e de sintomas vinculados aos mesmos, com a finalidade de promover o bem estar do paciente.

References

ALVES, Flávia Andrezza Gomes et al. Pneumoencéfalo associado a trauma de face: relato de caso. Rev. Cirurgia e Traumatologia Buco-maxilo-facial, Camaragibe–PE, v. 12, n. 4, p. 69-72, 2012. Disponível em: <http://revodonto.bvsalud.org/scielo.php?pid=S1808- 52102012000400012&script=sci_arttext&tlng=pt>.Acesso em: 23 abr. 2018.

DUAILIBE, Felipe Tavares et al. Intervenções de enfermagem na recuperação pós-anestésica de pacientes cirúrgicos. Repositório Institucional da Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014. Disponível em:

<http://repositorio.ufc.br/ri/bitstream/riufc/8834/1/2014_art_lholima.pdf>.Acesso em: 23

abr. 2018.

GIMENES, Cláudio Figueredo; COELHO, George Alberto Sabóia; CARVALHO, Antônia Maria de. Sistema de gestão da qualidade. Portal EBSERH Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares – Ministério da Educação, Brasília-DF, 2017. Disponível em: . Acesso em: 01 abr. 2018.

HERRERO, Silvia et al. Monitoramento de pacientes neurocirúrgicos no pós?operatório – utilidade dos escores de avaliação neurológica e do índice bispectral. Brazilian Journal of Anesthesiology, v. 67, n. 2, p. 153-165, 2017. Disponível em:

<https://www.scielo.br/pdf/rba/v67n2/pt_0034-7094-rba-67-02-0153.pdf>.Acesso em: 23 abr. 2018.

MACENA, Maria Damares Almeida; ZEFERINO, Mariana Gondim Mariutti; ALMEIDA, Denize Alves de. Assistência do enfermeiro aos pacientes em recuperação pós-cirúrgica: cuidados imediatos. Rev. Iniciação Científica da Libertas, São Sebastião do Paraíso – MG, v. 4, n. 1, p. 133-151, jul.2014. Disponível em:

<http://www.libertas.edu.br/revistas/index.php/riclibertas/article/view/52>. Acesso em: 29 abr. 2018.

NUNES, Fiama Chagas; MATOS, Selme Silqueira de; MATTIA, Ana Lúcia. Análise das complicações em pacientes no período de recuperação pós anestésica. Rev. SOBECC, São Paulo, v. 19, n. 3, p. 129-35, jul./set.2014. Disponível em:

<http://sobecc.org.br/arquivos/artigos/2015/pdfs/site_sobecc_v19n3/03_sobecc.pdf>. Acesso em: 29 abr. 2018.

PAIVA, Ana Clara Rodrigues; ARAÚJO, Breno Santos de; CARVALHO, Bruna Ramos de et al. Checklist de cirurgia segura: análise do preenchimento da ficha de verificação no pré, trans e pós operatório. Rev. Enfermagem Revista, Belo Horizonte-MG, v. 18, n. 2, p. 62-80, maio/ago.2015. Disponível em:

<http://periodicos.pucminas.br/index.php/enfermagemrevista/article/view/11697/10339>. Acesso em: 28 abr. 2018.

QUEIROZ, Daiane Borges et al. Perfil de internações de idosos em uma clínica de neurociências de um hospital público. Rev. Enfermagem Contemporânea, Salvador-BA, v. 5, n. 1, p. 16-24, jan./jun.2016. Disponível em:

<https://www5.bahiana.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/441> .Acesso em: 23 abr. 2018.

RACHADEL, Aline Nalzira da Silveira. Sala de recuperação pós anestésica: uma proposta de revisão do instrumento de registro da assistência de enfermagem. 2010. 44f. Monografia (Especialização em Assistência de Enfermagem) – Universidade do Sul de Santa Catarina, Florianópolis, 2010. Disponível em:

<http://www.uniedu.sed.sc.gov.br/wpcontent/uploads/2013/10/AlineNalzira-da-Silveira- Rachadel.pdf> . Acesso em: 15 abr. 2018.

SIQUEIRA, Ellen Maria Pires; DICCINI, Solange. Complicações pós-operatórias em neurocirurgia eletiva e não eletiva. Acta Paul Enferm., São Paulo, v. 30, n. 1, p. 101-108, 2017. Disponível em: <https://www.scielo.br/pdf/ape/v30n1/1982-0194-ape-30-01-0101.pdf> . Acesso em: 12 abr. 2018.

SOUZA, Aspásia Basile Gesteira; CHAVES, Lucimara Duarte; SILVA, Maria Claudia Moreira da.

Enfermagem em clínica médica e cirúrgica. São Paulo: Martinari, 2014.

TASSINARY, Rafaela Fioravante; HAHN, Giselda Veronice. Intervenções de enfermagem para o alívio da dor em recém-nascidos. Pediatria Moderna, São Paulo, v. 49, n. 6, p. 219-226. jun. 2013. Disponível em:

<http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp?id_materia=5414&fase=imprime> . Acesso em: 23 abr. 2018.

Published

2020-09-14

Issue

Section

Original Papers