Incentivo às habilidades culinárias e ao consumo de comida de verdade como estratégia de educação alimentar e nutricional no ambiente de trabalho / Incentive to culinary skills and the consumption of real food as a strategy for food and nutritional education in the workplace

Authors

  • Yassana Marvila Girondoli
  • Carla Igreja Campos Rosseto
  • Mirian Cardoso de Rezende Soares
  • Sandra Gonçalo Pereira

DOI:

https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-284

Keywords:

saúde do trabalhador, equipe multiprofissional de saúde, alimentação saudável, hábitos alimentares, promoção da saúde.

Abstract

O ambiente de trabalho consiste num espaço propício para a realização de diversas atividades de educação em saúde, bem como promover a educação alimentar e nutricional. Nesse contexto, a equipe multiprofissional da Coordenadoria de Atenção à Saúde do Servidor (CASS) em parceria com a Assessoria de Comunicação Social do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), realizaram a Semana da Alimentação Saudável. O objetivo dessa atividade foi desenvolver ações de educação alimentar e nutricional com os servidores do IFES e incentivá-los a praticarem suas habilidades culinárias. O evento ocorreu nos dias 08 e 11 de outubro de 2018, durante o horário de trabalho dos servidores. O primeiro encontro consistiu num diálogo com os servidores e a apresentação de uma palestra com o tema “Comida de Verdade: Mitos e Verdades sobre a Alimentação Saudável”, baseado nos princípios do Guia Alimentar para a População Brasileira de 2014. O segundo encontro aconteceu no refeitório da Reitoria, onde todas as preparações culinárias feitas pelos próprios servidores foram apresentadas e compartilhadas pelo grupo. O evento contou com a participação de 26 servidores no primeiro encontro e 20 servidores no segundo. Foram compartilhadas 12 preparações culinárias e cada servidor e/ou grupo de servidores apresentou suas receitas, relatando as principais dificuldades e habilidades percebidas na experiência de “colocar a mão na massa”. Ao final das apresentações fizemos uma degustação dos alimentos. A partir desse trabalho foi elaborado o ebook “Livro de Receitas do Desafio Culinário” e divulgado no site institucional para todos os servidores do IFES. Diante disso, percebe-se que levar educação alimentar e nutricional aos servidores do IFES foi um passo muito importante e necessário para aproximá-los do contexto da Segurança Alimentar e Nutricional e permitir que o Direito Humano à Alimentação Adequada também seja incentivado no contexto da saúde ocupacional.

References

BARBOSA, L. B. et al. Estudos de avaliação do conhecimento nutricional de adultos: uma revisão sistemática. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, 21 (2): 449-462, 2016. Disponível em: https://www.scielosp.org/pdf/csc/2016.v21n2/449-462/pt . Acesso em: 18 de fevereiro de 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Guia alimentar para a população brasileira, 2ª edição. 2014.

DIEZ-GARCIA, R. W.; CASTRO, I. R. R. A culinária como objeto de estudo e de intervenção no campo da Alimentação e Nutrição. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, 16 (1): 91-98, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232011000100013&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 18 de fevereiro de 2021.

FRANÇA, C. J.; CARVALHO, V. C. H. S. Estratégias de educação alimentar e nutricional na Atenção Primária à Saúde: uma revisão de literatura. Saúde Debate, Rio de Janeiro, 41(114), 932-948, 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/sdeb/v41n114/0103-1104-sdeb-41-114-0932.pdf. Acesso em: 12 de fevereiro de 2021.

GUILHERME, R. C. et al. Alimentação do Trabalhador: uma avaliação em indústrias no nordeste do Brasil. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro , 25 (10), 4013-4020, 2020. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232020001004013&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 17 de fevereiro de 2021.

MENEZES, M. F. G.; MALDONADO, L. A. Do nutricionismo à comida: a culinária como estratégia metodológica de educação alimentar e nutricional. Revista HUPE, Rio de Janeiro, 14 (2): 82-89, 2015. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/revistahupe/article/view/19950/19546. Acesso em: 22 de fevereiro de 2021.

OLIVEIRA, M. S. S.; SANTOS, L. A. S. Guias alimentares para a população brasileira: uma análise a partir das dimensões culturais e sociais da alimentação. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, 25 (7), 2519-2528, 2020. Disponível em: https://www.scielosp.org/article/csc/2020.v25n7/2519-2528/. Acesso em: 22 de fevereiro de 2021.

RAVANGE, J. G. et al. Segurança Alimentar e Nutricional e comportamento de usuários em Unidades de Alimentação e Nutrição. Braz. J. Hea. Rev, Curitiba, 3 (6): 19414-19424, 2020. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BJHR/article/view/22117/17662. Acesso em: 12 de fevereiro de 2021.

SOARES, T. C. et al. Ações de Educação Alimentar e Nutricional para oficiais do Exército Brasileiro: um relato de experiência. Res., Soc. Dev. 8 (2): e1682631, 2019. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/330921863_Acoes_de_Educacao_Alimentar_e_Nutricional_para_oficiais_do_Exercito_Brasileiro_um_relato_de_experiencia. Acesso em: 11 de fevereiro de 2021.

Published

2021-04-06

Issue

Section

Original Papers