Complicações decorrentes de fístulas arteriovenosas em pacientes submetidos à hemodiálise / Complications resulting from arteriovenous fistulas in patients submitted to hemodialysis

Authors

  • Marcela Fernandes Marcondes Brazilian Journals Publicações de Periódicos, São José dos Pinhais, Paraná
  • Gabrielle Barbosa Vasconcelos de Souza
  • Júllia Beatriz Araujo Souza
  • Lara Letycia Araujo Costa
  • Erasmo de Almeida Junior

DOI:

https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-449

Keywords:

hemodiálise, fístula arteriovenosa, complicações

Abstract

Introdução: A Insuficiência Renal Crônica (IRC) é uma doença que surge quando os rins são incapazes em remover as substâncias advindas do metabolismo ou de realizar as suas funções homeostáticas, levando a uma perda das funções fisiológicas e bioquímicas de todos os sistemas do organismo. Nos pacientes renais cro?nicos, o transplante renal é o melhor tratamento; no entanto, a hemodiálise é o tratamento mais comum. Dessa forma, a fi?stula arteriovenosa (FAV) representa a modalidade de escolha para o acesso vascular definitivo, que consiste em uma anastomose subcuta?nea de uma arte?ria com uma veia adjacente. Objetivo: Realizar um estudo de revisão sistemática acerca de complicações relacionadas às fístulas arteriovenosas, em pacientes submetidos à hemodiálise. Metodologia: Realizada revisão sistemática com base em artigos científicos e livros, de 2010 e 2020, que abordam insuficiência renal crônica, fístula arteriovenosa, hemodiálise, complicações da FAV e cuidados com a FAV. Bases de dados utilizadas: SciELO, PubMed, LILACS e BIREME. Resultados: As complicações podem ser classificadas como imediatas, precoces ou tardias. As complicações imediatas incluem: hematoma, sangramento, edema, síndrome do roubo isquêmico ou perda emocional secundária à trombose aguda ou retalhos endoteliais arteriais. Por outro lado, as complicações precoces são definidas como estenose, trombose, infecção, hipertensão venosa, estenose venosa central, síndrome do roubo isquêmico ou incapacidade de maturação. Por fim, as complicações tardias estão relacionadas a aneurisma, estenose, trombose tardia, infecção ou neuropatia. As complicações mais comuns e prevalentes das fístulas de hemodiálise são aneurisma, trombose e infecção. Considerações finais: Apesar das vantagens da FAV, é preciso que os pacientes e a equipe multidisciplinar tenham os cuidados adequados de preservação da fístula. É preciso ter conhecimento das principais complicações da confecção da FAV, para que se adotem medidas preventivas, a fim de que a terapêutica seja benéfica e eficaz ao paciente.

References

ANJOS, M. D; OSELAME, G. B. Cuidados de enfermagem para pacientes idosos com fístula arteriovenosa em terapia de hemodiálise. Revista UNIANDRADE, 2013, p. 251-262. Disponível em: https://www.uniandrade.br/revistauniandrade/index.php/revistauniandrade/article/view/80/62. Acesso em: 16 de set. de 2019.

GAGE, Shawn M.; REICHERT, Heidi. Determining the incidence of needle-related complications in hemodialysis access: We need a better system. J Vasc Access. 2020 Aug 18:1129729820946917. doi: 10.1177/1129729820946917. Epub ahead of print. PMID: 32811335.

GONÇALVES, Fábio de Azevedo et al. Análise do conhecimento sobre o autocuidado com acesso vascular em pacientes hemodialíticos atendidos em um hospital de Belém-Pará. Braz. J. Hea. Rev., Curitiba, v. 3, n. 4, p. 10331-10348 jul./aug.. 2020. DOI:10.34119/bjhrv3n4-299. ISSN 2595-6825.

JOSHI, Abhishek Shrinivas.; AGRAWAL, Deepi Pradip. Arteriovenous fistula takedown in hemodialysis patients: our experience of 26 cases. Kardiochir Torakochirurgia Pol. 2020 Sep;17(3):132-136. doi: 10.5114/kitp.2020.99076. Epub 2020 Sep 23. PMID: 33014088; PMCID: PMC7526488.

MAGALHÃES, Victor Augusto Rocha.; SILVA, Gracielle Fernanda dos Reis.; JUNIOR, Humberto Caldeira Brant. Fístula Arteriovenosa Na Insuficiência Renal Crônica: cuidados e complicações. Braz. J. Hea. Rev., Curitiba, v. 3, n. 2, p. 2000-2007 mar/abr. 2020. DOI:10.34119/bjhrv3n2-057. ISSN 2595-6825

MARSH, Amanda M.; GENOVA, Rafaella;. BUICKO, Jessica L. Dialysis Fistula. 2020 Jun 9. In: StatPearls. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2021 Jan–. PMID: 32644511.

MURDESHWAR, Himani N.; ANJUM, Fatima. Hemodialysis. 2020 Dec 4. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2021 Jan–. PMID: 33085443.

NICOLE, Andressa Garcia.; TRONCHIN, Daisy Maria Rizatto. Indicadores para avaliação do acesso vascular de usuários em hemodiálise. Rev. esc. enferm. USP , São Paulo, v. 45, n. 1, p. 206-214, março de 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S008062342011000100029&lng=en&nrm=iso. Acesso em 26 de set. de 2019.

PEREIRA, Eleno Rafael et al. Análise das principais complicações durante a terapia hemodialítica em pacientes com insuficiência renal crônica. Revista de Enfermagem do Centro Oeste Mineiro, v.4, 2014. Disponível em: http://www.seer.ufsj.edu.br/index.php/recom/article/view/603/747. Acesso em: 16 de setembro de 2019.

PESSOA, Natália R. C.; LINHARES, Francisca M. P. Pacientes em hemodiálise com fístula arteriovenosa: conhecimento, atitude e prática. Esc. Anna Nery, Rio de Janeiro, v. 19, n. 1, p. 73-79, Mar. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ean/v19n1/1414-8145-ean-19-01-0073.pdf. Acesso em: 17 set. de 2019.

Published

2021-04-29

Issue

Section

Original Papers