Os planos municipais de saúde como ferramenta de gestão e planejamento: um levantamento bibliométrico a respeito da produção acadêmica / Municipal health plans as a management and planning tool: a bibliometric survey about academic production

Authors

  • Rafael M Soder
  • Guilherme Fortes Machado
  • Patrícia de Carli

DOI:

https://doi.org/10.34119/bjhrv5n4-032

Keywords:

planos municipais de saúde, bibliometria, planejamento em saúde.

Abstract

A revisão do estado da arte na área de Política, Planejamento e Gestão em Saúde (PPGS) é primordial para o desenvolvimento de estudos científicos, pois permite conhecer tendências, lacunas e desafios que se colocam para os pesquisadores, estudantes e gestores do sistema de saúde. O presente trabalho tem como objetivo delinear o perfil da produção científica a respeito dos Planos Municipais de saúde, considerando as dissertações e teses de doutorado. A pesquisa foi conduzida mediante a adoção da abordagem bibliométrica. A escolha da amostra está baseada em teses e dissertações. Nesse sentido, apropriou-se das publicações disponíveis no banco de teses do Portal de Periódicos da Capes/MEC. Na presente pesquisa foram analisados 10 trabalhos, sendo 09 dissertações e 01 tese de doutorado, houve concentração de trabalhos entre os anos de 2016 e 2020, a área de conhecimento ficou dividida entre Saúde Pública e Administração e planejamento em saúde, a metodologia mais utilizado foi a qualitativa, com análise documental e entrevistas semiestruturados, com abordagem metodológica em estudo de caso. Ficou evidente na pesquisa, o pouco envolvimento das universidades para pesquisar a respeito da temática.

References

ALBUQUERQUE Veronica Santos, et al. A integração ensino-serviço no contexto dos processos de mudança na formação superior dos profissionais da saúde. Rev Bras Educ Med. 2008. Disponível em: https://www.scielo.br /j/rbem/a/YSfdZCkkTd9KSvd8Vjmhsqn/abstract/?lang=pt. Acessado em 20 jan 2022.

ALMEIDA, Humberto Assis de. A Gestão E O Planejamento Das Políticas Públicas De Atenção Primária Da Saúde Na Comarca De Caçador. Dissertação Mestrado. UNIVERSIDADE DO CONTESTADO – UnC. Canoinhas - SC 2016.

ARAÚJO, Carlos Alberto. Bibliometria: evolução histórica e questões atuais. Em Questão, Porto Alegre, v. 12, n. 1, p. 11-32, jan./jun. 2006. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/16/5. Acesso em 08 jan 2022

ASSIS, Marluce Maria Araújo. Políticas, Planejamento e Gestão em Saúde abordagens e métodos de pesquisa. Cien Saude Colet 2017 Disponível em: http://www.cienciaesaudecoletiva.com.br/artigos/politicas-planejamento-e-gestao-em-saude-abordagens-e-metodos-de-pesquisa/16064?id=16064&id=16064 Acesso 07 jan 2022

BOSI, Maria Lúcia Magalhães. Pesquisa qualitativa em saúde coletiva: panorama e desafios. Ciência & Saúde Coletiva, 17(3):575-586, 2012

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Ciência e Tecnologia. Política nacional de ciência, tecnologia e inovação em saúde. 2a ed. Brasília: Ministério da Saúde; 2008. (Série B. Textos Básicos em Saúde).

BRASIL. Senado. Orçamento público de ciência, tecnologia e inovação: investimento do governo do Brasil. 2012Disponível em: http://www.senado.gov.br/noticias/Jornal/emdiscussao/inovacao/orcamento-publico-ciencia-tecnologia-e-inovacao-investimento-bilhoes-governo-do-brasil.aspx. Acesso em: 05 jan 2022.

BRASIL, Ministério Da Saúde; Fundação Oswaldo Cruz. Manual de Planejamento no SUS. Brasilia: Ministério da Saúde, 2016.

CAMPOS, Claudinei José Gomes. Método De Análise De Conteúdo: ferramenta para a análise de dados qualitativos no campo da saúde. Rev Bras Enferm, Brasília (DF) 2004 set/out;57(5):611-4

FERREIRA, H.; CASSIOLATO, M.; GONZALEZ, R. Uma experiência de desenvolvimento metodológico para avaliação de programas: o modelo lógico do programa segundo tempo. Texto para discussão 1369. Brasília: Ipea, 2009.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002

GUIMARÃES, Reinaldo Pesquisa em saúde no Brasil: contexto e desafios. Revista de Saúde Pública. 2006, Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S0034-89102006000400002>. Acesso em 20 jan 2022

MENDES. Eugênio Vilaça Mendes. As redes de atenção à saúde Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde; 2011

MINAYO, Marilia Cecilia dos Santos. O desafio do conhecimento. Pesquisa qualitativa em saúde. 13. ed. São Paulo: Hucitec; 2013. 407p.

MILANI, Maria Luiza et al. A Gestão e o Plano Municipal de Saúde do Município de Caçador, Santa Catarina. Revista Desenvolvimento em Questão Editora Unijuí • • 2018. disponível em file:///C:/Users/ses4226917/Downloads/10574-Texto%20do%20artigo-49563-1-10-20201106.pdf. Acesso em: 17 jan 2022

OLIVEIRA, L. A. et al. Processos microrregulatórios em uma Unidade Básica de Saúde e a produção do cuidado. Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v. 40, n. 109, p. 8-21, 2016.

PAIM, Jairnilson Silva; TEIXEIRA, Carmen Fontes. Política, planejamento e gestão em saúde: balanço do estado da arte. Revista de Saúde Pública. 2006. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S0034-89102006000400011>. Acesso em 24 jan de 2022

PAULA, Milena Lima de, Jorge, Maria Salete Bessa e Morais, Jamine Borges de; O processo de produção científica e as dificuldades para utilização de resultados de pesquisas pelos profissionais de saúde. Interface-Comunicação, Saúde. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/Interface.190083>. Acesso em 23 jan de 2022.

SOLLA, Jorge José Santos Pereira. Acolhimento no sistema municipal de saúde. Rev. Bras. Saúde Matern. Infant., Recife, v. 4, n. 5, p.493-503, dez. 2005.

TEIXEIRA, C.F. Planejamento Municipal em Saúde. Salvador – BA: ISC-UFBA, 2001.

TEIXEIRA, Carmem Fontes; SÁ, Marilene de Castilho. Planejamento & Gestão em Saúde: Situação Atual e Perspectivas para a Pesquisa, o Ensino e a Cooperação Técnica na Area. Ciência & Saúde Coletiva. 1996. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/1413-812319961101452014>. Acesso em 23 jan 2022

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 2006.

VANTI N. Da bibliometria à webometria: uma exploração conceitual dos mecanismos utilizados para medir o Registro da informação e a difusão do conhecimento. Ci Inf. 2002; 31(2):152

Published

2022-07-06

Issue

Section

Original Papers