Consequências e perigos do uso do carvão ativado em clareamento dental / Consequences and dangers of using activated charcoal in tooth whitenin

Authors

  • Ana Joaquina Calado Taveira Moraes
  • Ana Heloisa Simão de Araujo
  • Alessandra Chayanne Honorato Carvalho
  • Bianca Omena Carnauba Guedes
  • Mauro Tavares Cavalcante
  • Rayanne de Araújo Toledo
  • Izabel Cristina Gomes de Mendonça

DOI:

https://doi.org/10.34119/bjhrv5n4-048

Keywords:

clareamento total, carvão ativado.

Abstract

O escurecimento dental pode ser interpretado como um ponto de tensão visual e a busca pelo clareamento dos elementos dentários são baseados na percepção individual e imersa sobre interferências culturais que o indivíduo sofre. Dentes claros e bem alinhados representam aspectos importantes para um sorriso considerado perfeito pelos padrões de estética facial e dental atualmente aceitos pela sociedade, sendo sinônimo de saúde e beleza. Foi desenvolvida uma pesquisa de revisão integrativa, desenvolvida mediante estratégia de busca nas bases de dados por meio dos DECs “clareamento total” e “carvão ativado”, em bases de dados como BVS e PubMed. Estabeleceu-se o critério de inclusão artigos publicados em inglês, português e espanhol, condizentes com discussões diretamente relevantes. Os critérios de exclusão foram artigos que não estavam dentro do período selecionado deste estudo, não foram selecionadas palavras-chave para filtrar as buscas e artigos de revisão. Uma das principais propagandas dos dentifrícios à base de carvão ativado é o seu potencial em clarear os dentes, sendo uma informação presente na maioria dos produtos comercializados e após a utilização desses dentifrícios, pode haver uma mudança de coloração dos dentes, dando uma aparência mais clara. Provavelmente, isto possa ser explicado pelo aumento do brilho e refletância do esmalte. Conclui-se, portanto, que há o carvão ativado possui efeitos maléficos ao paciente.

References

Alves, A. R. L. (2019). Avaliação da efetividade clareadora no uso do carvão ativado como agente clareador no procedimento de clareamento dental: um estudo piloto (Bachelor's thesis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte).

Alshara, S., Lippert, F., Eckert, G. J., & Hara, A. T. (2014). Effectiveness and mode of action of whitening dentifrices on enamel extrinsic stains. Clinical oral investigations, 18(2), 563-569.

Barry, T. N., Bailey, C. W., Ashcraft-Olmscheid, D., & Vandewalle, K. S. (2017). Effect of a new bleaching gel on tooth whitening. Operative Dentistry, 42(5), 559–566. https://doi.org/10.2341/16-200-L

Brooks, J. K., Bashirelahi, N., & Reynolds, M. A. (2017). Charcoal and charcoal-based dentifrices.The Journal of the American Dental Association, 148 (9), 661-670.

Consolaro, A., Consolaro, R. B., & Francischone, L. (2013). Clareação dentária e o tratamento ortodôntico: esclarecimentos e orientações. Rev. Clín. Ortod. Dent. Press, 114-119.

Costa, M.L.L.A. (2019). Avaliação do grau de sensibilidade no uso de carvão ativado como agente clareador no procedimento dental: um estudo piloto. [Tese de conclusão de curso]. Natal: Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

da Silva, T. A., de Oliveira, D. P., & Ferraz, C. C. R. (2022). Influência do intervalo entre as trocas do perborato de sódio no clareamento dental interno com a técnica “Walking Bleach” Influence of interval between sodium perborate replacement in intracoronal bleaching using the" Walking Bleack" technique. Brazilian Journal of Development, 8(3), 22709-22723.

Garcia, A. B. G. (2020). Aplicação de agentes dessensibilizantes no clareamento dental de consultoria sobre a sensibilidade dentária pós operatória: revisão de literatura.

Garza, L. A., Thompson, G., Cho, S.-H., & Berzins, D. W. (2016). Effect of toothbrushing on shade and surface roughness of extrinsically stained pressable ceramics.The Journal of Prosthetic Dentistry, 115(4), 489–494.

Gomes, G. F. C. A. D. (2020). " Fake News" na saúde pública.

Greenwall, L. l. H., Cohen, J. G. & Wilson, N.H.F. (2019). Dentifrícios contendo carvão. Bristish Dental Journal, 226:697-700.

Gruber, A., Colli, L., Muniz, C., Ottoni, R., & Borba, M. (2017). Efeito do uso de agentes clareadores com cálcio na microdureza do esmalte dental. Revista da Faculdade de Odontologia-UPF, 22(3).

Joiner, A., & Luo, W. (2017). Tooth colour and whiteness: A review. Journal of Dentistry, 67, S3–S10. https://doi.org/10.1016/j.jdent.2017.09.006

Khamverdi, Z., Khadem, P., Soltanian, A., & Azizi, M. (2016). In-Vitro Evaluation of the Effect of Herbal Antioxidants on Shear Bond Strength of Composite Resin to Bleached Enamel. Journal of Dentistry of Tehran University of Medical Sciences (JDT), 13(4): 244–251

Lima, J. P. M. D. (2012). Avaliação clínico visual de três técnicas de clareamento dental.

Lokhande, P., Manne, D., Shivanna, V., Nishad, S.V. (2018). Evaluation of 5% proanthocyanidin and 30% alpha-tocopherol on shear bond strength of composite to bleached enamel: An In vitro study. Journal of Dental Research and Review, 5(4), 128- 131

Mendes, K. D. S., Silveira, R. C. C. P. & Galvão, C. M. (2008). Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & contexto-enfermagem, 17 (1), 758-764.

Navarro, E. D. A. (2017). Clareamento dental com peróxido de hidrogênio 40% com diferentes phs: avaliação da eficácia, morfologia do esmalte e penetração na câmara pulpar.

Pertiwi, U. I., Eriwati, Y. K., & Irawan, B. (2017). Surface changes of enamel after brushing with charcoal toothpaste.Journal of Physics: Conference Series, 884.

Rodrigues, B. A. L. et al. (2019). Avaliação através da tomografia por coerência óptica do esmalte dentário após o uso de dentifrícios clareadores. Rev Odontol UNESP, 48(1), 1-11.

Santana, G. O., & Silva, M. J. A. (2019). Clareamento Dental e a Influência da Dieta na Estabilidade da Cor: Revisão de Literatura/Tooth Whitening and the Influence of Diet on Color Stability: Literature Review. ID on line. Revista de psicologia, 13(48), 268-279.

Whittemore, R., Knafl, K. (2005). The integrative review: updated methodology. Journal of advanced nursing, 52 (5), 546-553.

Published

2022-07-12

Issue

Section

Original Papers