O impacto do trauma doméstico na mortalidade da população pediátrica

The impact of domestic trauma on mortality in the pediatric population

Authors

  • Marco Antônio de Souza Borges Tavares
  • Mellânia Rodrigues Goveia
  • Gleyson Murillo Aguilera Moraes
  • Fernando Araújo de Oliveira
  • Maria Borges Tavares
  • Diego Francisco Degiovanni Benítez
  • Emillene de Holanda Colli
  • Silvio Rodrigo Arevalos Davalos
  • Maria Eugênia de Lima Pinheiro
  • Camila Borges Siqueira Campos
  • Tauanne Fernanda dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.34119/bjhrv5n4-091

Keywords:

afogamento acidental, causas de morte em pediatria, traumas na infância.

Abstract

Os acidentes domésticos são eventos de múltiplos fatores determinantes que compõem boa parte das causas de morbimortalidade infantil no Brasil. O objetivo do presente estudo foi reunir e levantar dados pertinentes a respeito de quedas, afogamento e queimaduras, fatores estes, mais incidentes entre as crianças. Nos artigos analisados, o afogamento foi a principal causa de mortalidade infantil no mundo, seguido por quedas e queimaduras, respectivamente. A partir disso, o estudo pode explicitar a necessidade de trabalhos mais conclusivos visando elaboração e implantação de ações a fim de conscientizar e promover o cuidado a partir da percepção da gravidade do tema.

References

ABLEWHITE, Joanne et al (Org.). Percepções dos pais sobre barreiras e facilitadores na prevenção de lesões não intencionais na criança no lar: um estudo qualitativo. 2015. Disponível em: <https://bmcpublichealth.biomedcentral.com/articles/10.1186/s12889-015-1547-2>.

APSI (Brasil). Apsi (Org.). Afogamentos em Crianças e Jovens em Portugal Atualização de casos – julho de 2018. Disponível em: <http://www.apsi.org.pt/images/PDF/Noticias/2017/Afogamentos_criancas_e_jovens2005-2016_Principais_resultados_Atualizado2017.pdf>.

BISCEGLI, BISCEGLI, Terezinha Soares et al. Perfil de crianças e adolescentes internados em Unidade de Tratamento de Queimados do interior do estado de São Paulo. Revista Paulista de Pediatria, [s.l.], v. 32, n. 3, p.177-182, set. 2014. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/0103-0582201432305.

FERNANDES, Fernanda Maria Félix de Alencar et al. Queimaduras em crianças e adolescentes: caracterização clínica e epidemiológica. Revista Gaúcha de Enfermagem, [s.l.], v. 33, n. 4, p.133-141, dez. 2012. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s1983-14472012000400017.

FILÓCOMO, Fernanda Rocha Fodor et al. Perfil dos acidentes na infância e adolescência atendidos em um hospital público. Acta Paulista de Enfermagem, [s.l.], v. 30, n. 3, p.287-294, maio 2017. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/1982-0194201700044. GONÇALVES,

ANDERSON CÉSAR et al. Acidentes na infância: casuística de um serviço terciário em uma cidade de médio porte do Brasil.. Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, [s.l.], v. 46, n. 2, p.1-6, 18 abr. 2019. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/0100-6991e-20192104.

GULOGLU R, et al. Falling television related child injuries in Turkey: 10-year experience. Ulus Travma Acil Cerrahi Derg. 2012.

MARTINS CBG, Mello-Jorge MHP. Circumstances and factors associated with accidental deaths among children, adolescents and young adults in Cuiaba, Brazil. Sao Paulo Med J [Internet]. 2013.

RAFAI M et al. Épidémiologie des accidents domestiques graves de l'enfant admis en réanimation pédiatrique polyvalente à l'hôpital d'enfants de Rabat-Maroc. Pan Afr Med J. 2015.

VENDRUSCULO T M et al. Burns in the domestic environment: characteristics and circumstances of accidents. Revista Latino-americana de Enfermagem, [s.l.], v. 18, n. 3, p.444-451. FapUNIFESP jun. 2010.

Published

2022-07-21

Issue

Section

Original Papers