Riscos de acidente e doença na atividade da pesca na região do nordeste Paraense

Accident and disease risks in the fishing activity in the northeast region of Pará

Authors

  • Maria de Cassia Correa Moreira
  • Maria Arcângela Rodrigues Ferreira
  • Eliane dos Santos da Silva
  • Klewton Adriano Oliveira Pinheiro
  • Elaine Cristina de Souza Angelim

DOI:

https://doi.org/10.34119/bjhrv5n4-103

Keywords:

pescadores, ribeirinhos, acidentes, doenças ocupacionais

Abstract

O presente estudo teve como objetivo demonstrar os acidentes de trabalho e possíveis doenças ocupacionais em que o trabalhador da atividade pesca artesanal de camarão está exposto, assim como identificar e promover medidas preventivas de segurança e saúde desses trabalhadores, realizando um levantamento de profissionais afastados sem vínculo empregatício ou mesmo autônomos que paguem o INSS – Instituto Nacional de Seguro Social. Para a coleta de dados foram realizadas visitas com os pescadores observando suas atividades e aplicação de questionário semiestruturado. Os resultados indicam que, os pescadores da comunidade possuem condições de trabalho difíceis, assim como dificuldade de locomoção com as embarcações, por ser uma área que depende da maré, que os torna vulneráveis a acidentes e doenças em decorrência da prática laboral. Os riscos de acidentes com o apetrecho, exposição à radiação solar, umidade, excesso de peso, são potencializados pela grande jornada de trabalho, e raramente o uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). Foi constatado de forma qualitativa que o risco mais presente é o ergonômico, devido a frequência de dores nos membros superiores, inferiores e coluna. 

Published

2022-07-26

Issue

Section

Original Papers