Análise geoespacial e propagação da Doença Falciforme (HbAS e HbS) em Mato Grosso do Sul, Brasil

Geospatial analysis and discovery of Sickle Cell Disease (HbS) in Mato Grosso do Sul, Brazil

Authors

  • Abilio Torres dos Santos Neto
  • Edivania Anacleto Pinheiro Simões
  • Roberta Salles Orosco Nunes
  • Michael Wilian da Costa Cabanha

DOI:

https://doi.org/10.34119/bjhrv5n4-119

Keywords:

anemia falciforme, análise espacial, perfil de impacto da doença, hematologia, epidemiologia

Abstract

Objetivo: descrever os aspectos espaciais e padrões temporais da rápida propagação da Doença falciforme no Estado do Mato Grosso do Sul (Brasil) e identificar possíveis fatores de risco no estado. Método: Estudo quantitativo, descritivo e analítico, com uso do delineamento de pesquisa de análise geoespacial do estado de Mato Grosso do Sul, no período de 2001 a 2014. A distribuição do HbAS e HbSS foi mapeada, com uso do software ArcGIS 10.3.1. Resultados: A doença apresentou-se de forma endêmica no estado de Mato Grosso do Sul de 2001 a 2014. Análises geoespaciais e temporais indicaram que a expansão e distribuição ocorreu de forma progressiva. Conclusão: Os resultados permitem relacionar a expansão da doença ao intenso tráfico humano ao longo das rotas de cultivo de soja. Outros estudos que investiguem os haplótipos da população devem ser realizados no intuito de suprir falhas referentes aos fluxos migratórios naquela região.

Published

2022-07-28

Issue

Section

Original Papers