Reabsorção cervical externa: relato de caso

External cervical resorption: case report

Authors

  • Beatriz Rebêlo Costa
  • Wynie Monique Pontes Nicácio
  • Cilmara Perrotti Santos
  • Anna Carolina de Campos Magano
  • Samara Verçosa Lessa

DOI:

https://doi.org/10.34119/bjhrv5n4-142

Keywords:

reabsorção de dente, diagnóstico por imagem, endodontia

Abstract

A reabsorção cervical externa é considerada uma patologia inflamatória rara e de origem desconhecida caracterizada pela invasão da região cervical por tecido de granulação que progressivamente reabsorve tecido dentário até atingir o tecido pulpar. O presente estudo visou relatar um caso clinico do elemento dentário 23 acometido por reabsorção cervical externa, sua conduta terapêutica e a proservação no período de 4 meses de acordo com a aprovação das normas da Plataforma Brasil - CAAE nº. 14056919.5.0000.0039. O elemento 23 foi diagnosticado como reabsorção cervical externa classe 1 através de uma tomada radiográfica periapical, a opção terapêutica foi a cirurgia para a remoção do tecido de granulação invaginado no defeito radicular associada ao tratamento restaurador. Por se tratar de uma classe 1 de Heithersay (1999), não houve comprometimento pulpar. Para proteger indiretamente o complexo pulpar foi utilizado MTA HP repair (ANGELUS®) e como material restaurador, foi utilizado cimento de ionômero de vidro, sendo realizado acompanhamento clínico e radiográfico durante quatro meses. A reabsorção cervical externa representa um desafio clínico para a endodontia. O acompanhamento de pacientes que apresentam fatores predisponentes e o diagnóstico precoce são de grande importância para o sucesso do tratamento e manutenção do elemento dentário na boca e em função.

Published

2022-08-02

Issue

Section

Original Papers