Tumor miofibroblástico inflamatório do pulmão

Inflammatory myofibroblastic tumor of the lung

Authors

  • Alice Alves Resende Dorneles
  • Amanda Santos Leão
  • Brenno Barreto Nascimento
  • Davison Rodrigues Lima Oliveira
  • Eduardo Alves de Miranda
  • Isadora Arantes Pereira da Silva
  • Letícia Araujo Leal
  • Louise Habka Cariello
  • Luana Cristina Farias Castro
  • Ludymilla Oliveira Portilho Lacerda
  • Maria Eduarda Costa Naves
  • Maria Paula Roncaglia Pelegrini
  • Mariana Guimarães Lopes
  • Mariana Silva Assunção
  • Mayza Maressa Oliveira
  • Melina Bequer de Sousa
  • Renato Domingues Melo de Oliveira
  • Rogério Wilson Brandão Fernandes
  • Vitor Coelho Capel de Resende
  • Vitória de Castro Souza
  • Vivian Zulzke Barboza Legname
  • Wellington Airton Anesi
  • Yan Costa Braga

DOI:

https://doi.org/10.34119/bjhrv5n5-028

Keywords:

Neoplasia de pulmão, tumor inflamatório, microscopia

Abstract

Introdução: Os tumores miofibroblásticos inflamatórios pulmonares são achados patológicos, de apresentação clínica, evolução e prognósticos controversos. Representam de 0,04% -1,2% de todos os tumores pulmonares, sendo mais comuns em crianças e rara sua forma primária em adultos. Possui diagnóstico difícil, pois é fundamentalmente anátomo-patológico. A apresentação clínica e radiográfica são muito variáveis.  Apresentação do caso: sexo masculino, 49 anos de idade, admitido no hospital das clínicas da UFG (Go) com história cronica de 6 meses de dispnea progressiva, com tosse produtiva e sibilos, paciente tinha história de tabagismo (1 maço por dia há 20 anos) hipertensão e asma. Discussão: O tumor miofibroblasto inflamatório de pulmão geralmente é assintomático e descoberto incidentalmente ou apresenta sintomas respiratórios inespecíficos, como tosse, dor torácica , dispneia, hemoptise e sintomas sistêmicos inespecíficos, como febre, mal-estar e perda de peso. Podem estar associados a distúrbios imunológicos e infecções crônicas e podem ocorrer em cicatrizes pulmonares cirúrgicas.  Conclusão: É uma causa rara de tumor primário em adultos, em contrapartida, frequente na população pediátrica e, tem no anatomopatológico seu melhor diagnóstico e tratamento após ressecção cirúrgica completa, o qual indica, de forma usual, um bom prognóstico.

References

Khatri A, Agrawal A, Sikachi RR, Mehta D, Sahni S, Meena N. Inflammatory myofibroblastic tumor of the lung. 2018; Adv Respir Med. 2018;86(1):27-35.

Coffin CM. Inflammatory myofibroblastic tumour: World Health Organization classification of tumours. In: Fletcher CDM, Mertens F. ed. World Health Organization Classification of Tumours Pathology and Genetics of Tumours of Soft Tissue and Bone. IARC Press, Lyon 2002.

Kim JH, Cho JH, Park MS, et al. Pulmonary inflammatory pseudotumor--a report of 28 cases. Korean J Intern Med. 2002; 17(4): 252–258.

Narla LD, Newman B, Spottswood SS, et al. Inflammatory pseudotumor. Radiographics. 2003; 23(3): 719–729.

Karapolat S, Seyis KN, Ersoz S, et al. Lung Image: Inflammatory Myofibroblastic Tumor. Lung. 2017; 195(3): 387–388.

Lawrence B, Perez-Atayde A, Hibbard MK, et al. TPM3-ALK and TPM4-ALK oncogenes in inflammatory myofibroblastic tumors. Am J Pathol 2000; 157:377-84.

Panagiotopoulos N, Patrini D, Gvinianidze L, Woo WL, Borg E, Lawrence D. Inflammatory myofibroblastic tumour of the lung: a reactive lesion or a true neoplasm? 2015 May. Vol 7, no 5.

Wu J, Zhu H, Li K, et al. Imaging observations of pulmonary inflammatory myofibroblastic tumors in patients over 40 years old. Oncol Lett. 2015; 9(4): 1877–1884.

Chien-Kuang et al. Tumor miofibroblástico inflamatório de pulmão - relato de caso

Revista de Cirurgia Cardiotorácica volume 5 , Número do artigo: 55, 2010. Disponível em: https://cardiothoracicsurgery.biomedcentral.com/articles/10.1186/1749-8090-5-55

Published

2022-09-06

Issue

Section

Original Papers