Adenoma pleomórfico da glândula submandibular

Pleomorphic adenoma of the submandibular gland

Authors

  • Luiza Paulino Aves
  • Marcela Araujo Pereira
  • Maria Laura Vieira Manna
  • Mariana Bastos Amanajás
  • Mariana de Lima Barbosa
  • André Luiz Xavier Canevaroli
  • Rafaela Antônio de Bastos Ribeiro
  • Ricardo de Sateles Valente
  • Roumerito de Oliveira Santos
  • Pedro Henrique Guimarães Carneiro
  • Karynna Morais de Oliveira
  • Katia Caetano de Oliveira
  • Laiene Barbosa Ramos
  • Lara Letícia Freitas Agi
  • Larissa Franco Belem
  • Sara de Alencar Parente
  • Sarah Chaves Barbosa
  • Sheila Maria Rizzo Figueira Rodrigues
  • Shirley Emilia Afonso López
  • Tállytta Batista Miranda
  • Hosana Vidica Oliveira
  • Rafael Carvalho Maganhoto de Matos

DOI:

https://doi.org/10.34119/bjhrv5n5-102

Keywords:

Tumor Benigno, glândula submandibular, histologia

Abstract

Introdução: O Adenoma Pleomórfico é o mais comum dentre os tumores benignos, desenvolvendo-se em áreas de tecido glandular, apesar de ser uma importante patologia glandular salivar, o acometimento da glândula submandibular não é o mais prevalente, e sim o da glândula parótida, o que acaba por negligenciar tal manifestação. Apresentação do Caso: Paciente com 38 anos, sexo feminino, melanoderma, procurou o serviço de otorrinolaringologia devido aparecimento de nódulo em região cervical há cerca de 04 anos, associado à limitação de movimento, com prejuízo estético há 02 meses. Nega dor. Ao exame físico local, evidenciou-se lesão nodular de consistência firme, unilocular.  À análise histológica, evidenciou ausência de sinais de malignidade. Discussão: O Adenoma Pleomórfico tem crescimento lento, normalmente, perceptível previamente à consulta médica, de anos a meses, apresentando-se de forma muito semelhante a uma linfonodomegalia cervical, indolor e de consistência firme, podendo se manifestar em todas as idades, com predominância entre os 40 e 50 anos, sendo a excisão cirúrgica com margem de segurança seu tratamento de referência, na maioria das vezes, com um excelente prognóstico e baixo índice de recidivas. Conclusão: A evolução lenta é determinante para a percepção atrasada da lesão em questão, e consequentemente, para a necessidade de excisão cirúrgica, para que se tenha um bom prognóstico, além do aumento nas chances de malignização do tumor, o que torna necessário que haja uma maior exploração do tema ao longo da graduação médica, a fim de repercutir na otimização do diagnóstico e tratamento em níveis de saúde menos avançados e mais acessíveis à população em geral.

References

Bauta-Milord R, Góngora-Gómez O, Gómez-Vázquez YE. Caracterización clínica y anatomopatológica del adenoma pleomórfico de glándulas salivales. Univ Méd Pinareña [Internet]. 2020 [citado: Fecha de acceso]; 17(2): e519. Disponible en: http:// www.revgaleno.sld.cu/index.php/ump/article/view/519. Acesso em 15/06/22.

CAMPOHERMOSO, Omar Félix et al . Tumor pleomórfico de glándula submandibular. Cuad. - Hosp. Clín. La Paz , v. 57, n. 3, p. 57-61, 2016 . Disponível em <http://www.scielo.org.bo/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1652-67762016000300008&lng=es&nrm=iso>. accedido en 26 jun. 2022.

BIGUELINI, G. S. et al. Adenoma pleomórfico: características clínicas e protocolo diagnóstico. SALUSVITA, Bauru, v. 34, n. 2, p. 327-339, 2015.

Daniels TE, Jordan RC. Enfermedades de la boca y las glándulas salivales. En: Daniels TE, Jordan RC. Goldman-Cecil. Tratado de Medicina Interna. 25ta ed. Barcelona: Elsevier España; 2017. p 2.579-85.

GONZALEZ, Andrés Campolo , SKINNER, Hernán Ramírez, DÍAZ, Alex Vargas ,RAMÍRES, Augusto León , ESPILDORA, Ignacio Goñi , GONZÁLES, Antonieta Solar .Epidemiología de neoplasias de glándulas salivale. Rev Med Chile 2018; 146: 1159-1166.

Kim JW et al. Carcinoma ex Pleomorphic Adenoma of the Salivary Glands: Distinct Clinicopathologic Features and Immunoprofiles Between Subgroups According to Cellular Differentiation. Korean Med Sci. 2011, 26(10): 1277-1285.

LIMA, Galber Figueiredo; FEITOSA, Ankilma do Nascimento Andrade ;BRASILEIRO, Thaise de Abreu ; MACENA, Francisco Cristiano Soares. ADENOMA PLEOMÓRFICO DE GLÂNDULA SALIVAR: UMA REVISÃO INTEGRATIVA SOBRE OS PRINCIPAIS ACHADOS LITERÁRIOS. Revista Interdisciplinar em Saúde, Cajazeiras, 5 (2): 357-369, abr./jun. 2018.

Manual do Residente de Cirurgia de Cabeça e Pescoço- 2ª edição 2013

SOUSA, R. I. M.; SANTOS, M. G. C.; OLIVEIRA, J. M. S.; MENDONÇA, V. B. A.; ALVES, P. M.; PEREIRA, J. V. Adenoma Pleomórfico em glândula submandibular: relato de caso e uma revisão dos achados atuais.Rev. Cir. Traumatol. Buco-Maxilo-Fac., Camaragibe v.13, n.2, p. 09-14, abr./jun. 2013.

Su A, Apple SA, Moatamed NA. Pleomorphic adenoma of the vulva, clinical reminder of a rare occurrence. 2012; 4(16): 53-55.

Published

2022-09-16

Issue

Section

Original Papers