Uso de Canabidiol como tratamento para a Doença de Parkinson

The use of Cannabidiol as a treatment for Parkinsonism

Authors

  • Patrícia Batista Lima
  • Giullio Emídio de Carvalho
  • Juliana Silveira Martins da Costa
  • Pedro Emílio Araújo Claudino
  • Bárbara de Lourdes Teixeira
  • Arthur Guimarães Soares
  • Athos Guimarães Soares
  • Mayara Santana Hawerroth

DOI:

https://doi.org/10.34119/bjhrv5n5-124

Keywords:

“Doença de Parkinson”, “Canabidiol, “tratamento alternativo”

Abstract

Introdução: a Doença de Parkinson (DP) é uma afecção crônico-neurodegenerativa prevalente na população idosa. Cursa com sintomas motores (bradicinesia, tremor de repouso e rigidez) e não motores (déficits cognitivos, psicose, depressão e ansiedade). Sua patogenia, caracteriza-se pela degeneração dos neurônios que sintetizam dopamina, sobretudo na substância negra, resultando em decréscimo no corpo estriado. O dano neuronal do trato nigrostriatal pode relacionar-se ao estresse oxidativo, à redução da degradação de proteínas e à disfunção mitocondrial. O diagnóstico da DP é clínico e a terapêutica é baseada em precursores da dopamina, que possuem eficácia limitada e efeitos adversos importantes. Portanto, deve-se considerar o canabidiol (CBD) como possível alternativa no tratamento, por atuar no sistema endocanabinóide, envolvido na fisiopatologia da DP. Este artigo busca verificar a validade do CBD no tratamento alternativo para a DP. Metodologia: revisão integrativa da literatura nas bases de dados PubMed, SCIELO e Lilacs, mediante a utilização dos descritores: “cannabidiol x parkinson” e “alternative treatments x parkinson”. Foram selecionados 17 artigos, de 2002 a 2022. Artigos completos e com publicação inferior a 10 anos foram incluídos. Estudos publicados em periódicos de baixo fator de impacto foram excluídos. Discussão: estudos pré-clínicos e clínicos apontam para a efetividade do CBD no tratamento principalmente dos sintomas não motores da DP. Esse composto parece inibir os agonistas de receptores canabinóides 1 e 2, impedir a recaptação da anandamida e ser agonista do receptor de serotonina e dos receptores de vanilde. Parece haver uma ação global e sincrônica em múltiplos sintomas, por meio de mecanismos ainda não totalmente elucidados. A ação multivias, expressa pelo CBD, conflui com a patogênese multifatorial da DP e sua possível utilização terapêutica é suscitada pelo reduzido espectro de reações adversas e pela sua boa tolerabilidade. Ademais, o CBD pode atenuar os sintomas psicóticos induzidos pela levodopa, além de apresentar efeitos anti-oxidantes, anti-inflamatórios e neuroprotetores. O impasse está na necessidade de reforço dos estudos clínicos com amostras significativas, as quais ratifiquem os achados pré-clínicos. Conclusão: frente a uma doença de terapêutica insatisfatória, que impacta na qualidade de vida de seus portadores, o uso do CBD é uma alternativa promissora. Estudos clínicos com amostragem vasta são essenciais para elucidar a eficácia do CBD no tratamento da DP em humanos.

References

Dos Santos RG, Hallak JEC, Crippa JAS. O uso do canabidiol (CBD) no tratamento da doença de Parkinson e suas comorbidades. Rev Med. 2019; 98(1):46–51.

Jankovic J. Etiology and pathogenesis of Parkinson disease. In: Eichler AF, ed. UpToDate. Waltham, Mass.: UpToDate, 2022. https://www.uptodate.com/contents/etiology-and-pathogenesis-of-parkinson-disease?sectionName=EPIDEMIOLOGY&search=parkinson&topicRef=4903&anchor=H14&source=see_link#H14. Accessed August, 25, 2022.

García-Arencibia M, García C, Fernández-Ruiz J. Cannabinoids and Parkinson’s disease. CNS Neurol Disord Drug Targets. 2009;8(6):432-9. doi: 10.2174/187152709789824642.

Chou KL. Clinical manifestations of Parkinson disease. In: Eichler AF, ed. UpToDate. Waltham, Mass.: UpToDate, 2022. https://www.uptodate.com/contents/clinical-manifestations-of-parkinson-disease?search=parkinson&source=search_result&selectedTitle=1~150&usage_type=default&display_rank=1. Accessed August, 25, 2022.

Fernández-Ruiz J, Moreno-Martet M, Rodríguez-Cueto C, Palomo-Garo C, Gómez-Cañas M, et al. Prospects for cannabinoid therapies in basal ganglia disorders. Br J Pharmacol. 2011;163(7):1365-78. https://doi.org/10.1111/ j.1476-5381.2011.01365.x.

Peres FF, Levin R, Suiama MA, Diana MC, Gouvêa DA, Almeida V, et al. Cannabidiol prevents motor and cognitive impairments induced by reserpine in rats. Front Pharmacol. 2016;7:1-10.

Chou KL. Diagnosis and differential diagnosis of Parkinson disease. In: Eichler AF, ed. UpToDate. Waltham, Mass.: UpToDate, 2022. https://www.uptodate.com/contents/diagnosis-and-differential-diagnosis-of-parkinson-disease?search=parkinson&source=search_result&selectedTitle=4~150&usage_type=default&display_rank=4. Accessed August, 25, 2022.

Merrit H. Merrit Tratado de Neurologia. 10ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2002.

Nutt JG, Wooten GF. Diagnosis and initial management of Parkinson’s Disease. N Engl J Med 2005; 353(10):1021-1027.

Peres, F. F., Levin, R., Suiama, M. A., Diana, M. C., Gouvêa, D. A., Almeida, V., ... & Abílio, V. C. (2016). Cannabidiol prevents motor and cognitive impairments induced by reserpine in rats. Frontiers in pharmacology, 7, 343.

BRASIL ANVISA. RDC nº 327, de 09 de dezembro de 2019. Dispõe sobre os procedimentos para a concessão da Autorização Sanitária para a fabricação e a importação, bem como estabelece requisitos para a comercialização, prescrição, a dispensação, o monitoramento e a fiscalização de produtos de Cannabis para fins medicinais, e dá outras providências. Diário Oficial da União. 2019 Dec 9, 239 (Seção 1): 194. Disponível em:< http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/resolucao-da-diretoriacolegiada-rdc-n-327- de-9-de-dezembro-de-2019-232669072>. Acesso em 26 ago. 2022.

Cury RM, Silva EG, Nascimento FP. O SISTEMA ENDOCANABINOIDE E O POTENCIAL TERAPÊUTICO DA CANABIS COMO ANTIESPASMÓDICO: UMA REVISÃO DA LITERATURA. Rev. Bras. de Iniciação Científica. 2020;7(2):148-170.

Diniz JPS, Souza VA. O USO DO CANABIDIOL NO TRATAMENTO DE PARKINSON. Revista Saúde em Foco. 2020;(12):311-323.

Egea KV. A DOENÇA DE PARKINSON E O USO DO CANABIDIOL [Trabalho de conclusão de curso]. [place unknown]: Faculdade de Farmácia da Universidade Cesumar – UNICESUMAR; 2020. 31 p. Bacharelado em Farmácia.

Dos Santos RG, Hallak JEC, Crippa JAS. O uso do canabidiol (CBD) no tratamento da doença de Parkinson e suas comorbidades. Rev Med (São Paulo). 2019;98(1):46-51.

Silva MT, Souza EL, Fonseca MMP, Miranda WSP, Rodrigues RV. Eficácia do canabidiol na melhora da qualidade de vida do paciente com Parkinson: revisão integrativa. Research, Society and Development. 2021;10(13):1-7.

Guida JG, Navone CCO, Pérez MDR, González ALC, Ramos PMV. Cannabis medicinal como recurso terapéutico: estudio preliminar. Rev Med Urug. 2019;35(4):289-297.

Published

2022-09-20

Issue

Section

Original Papers