Região Sudeste: o cuidado as pessoas que vivem com HIV representado por profissionais de saúde / Southeast Region: care for people living with HIV represented by health professionals

Authors

  • Rômulo Frutuoso Antunes
  • Denize Cristina de Oliveira
  • Antonio Marcos Tosoli Gomes
  • Ana Paula Munhen de Pontes
  • Yndira Yta Machado
  • Juliana Pereira Domingues
  • Virgínia Paiva Figueiredo Nogueira
  • Hellen Pollyanna Montelo Cecilio

DOI:

https://doi.org/10.34119/bjhrv3n2-056

Keywords:

Síndrome de Imunodeficiência Adquirida, HIV, Assistência à Saúde

Abstract

Com o surgimento da doença na década de 1980, o Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) exerceu um papel fundamental na construção de representações sociais do HIV/aids e dos seus acometidos e configurou um grande problema de saúde pública. Objetivo: O trabalho tem como objetivo analisar a representações sociais dos profissionais de saúde da região sudeste acerca do cuidado às pessoas que vivem com HIV/Aids. Metodologia: Trata-se de um estudo qualitativo, apoiado na Teoria de Representações Sociais, desenvolvido na região sudeste do Brasil, nos municípios de Rio de Janeiro e Niterói. A coleta de dados foi realizada em Serviços de Assistência Especializada (SAEs) e Centros de Testagem e Aconselhamento (CTAs). Participaram do estudo 241 profissionais de saúde que atuavam diretamente no cuidado às pessoas vivendo com HIV. Para a coleta de dados foi aplicando um questionário de caracterização sociodemográfica e a técnica de evocações livres de palavra ao termo indutor “cuidado à pessoa com HIV/Aids” no ano de 2012. A análise dos dados ocorreu através da análise estrutural com o uso do software EVOC 2005 e do quadro de quatro casas. Resultados: na análise da estrutura da representação do “cuidado a saúde”, identificaram-se, no possível núcleo central, os elementos positivos: amor, acolhimento, informação, cuidado, atenção e adesão-tratamento, que sugerem um cuidado ético, desprovido de preconceito, empático e acolhedor, viabilizando a assistência terapêutica e a redução do estigma da doença, características da dimensão do cuidado. Conclusão: As representações sociais do cuidado de saúde estão voltadas para aproximação da adesão ao tratamento através da educação em saúde e de estratégias relacionais entre profissional-usuário, impactando na morbimortalidade desse grupo.

References

da Silva Thiengo PC, Gomes AMT, de Oliveira DC. As representações do cuidado voltado à pessoa que vive com HIV/AIDs para a equipe de saúde. Revista Enfermagem Atual In Derme 2017; 82 (20): 40-47.

Domingues JP, Oliveira, DC, Marques SC. Representações sociais da qualidade de vida de pessoas que vivem com hiv/aids. Texto & Contexto enferm. (internet). 2018; 27(2): e1460017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-7072018000200324&script=sci_abstract&tlng=es

Suto CSS, Marques SC, Oliveira DC, Oliveira JF, Paiva MS. Profissionais da saúde falam mais sobre cuidados do que sobre a síndrome de imunodeficiência adquirida. Cogitare enferm. (internet). 2017; 22(3): e49981. Disponível em: http://www.saude.ufpr.br/portal/revistacogitare/wp-content/uploads/sites/28/2017/07/49981-215097-1-PB.pdf

Oliveira DC, Gomes AMT, Pontes APM, Costa CPM. Construção de um paradigma de cuidado de enfermagem pautado nas necessidades humanas e de saúde. ESCOLA ANNA NERY. , v.15, p.838 - 844, 2011.

Góis ARS, Oliveira DC, Costa SFG, Oliveira RC, Abrão FMS. Social representations of health professionals about people living with HIV/AIDS. Avances en Enfermería (internet). 2017; 35(2): 171-80. Disponível em: http://www.scielo.org.co/scielo.php?pid=S0121-45002017000200171&script=sci_arttext&tlng=pt.

Abric JC. A abordagem estrutural das representações sociais. In: Moreira ASP, Oliveira DC, organizadores. Estudos interdisciplinares de representação social. Goiânia (GO): AB; 2000; (2).

Oliveira DC. Construção e transformação das representações sociais da Aids e implicações para os cuidados de saúde. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 21 (Spec.), p. 276-286, 2013. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rlae/v21nspe/pt_34.pdf>.

Moscovici S. Representações sociais: investigações em psicologia social. Petrópolis (RJ): Vozes; 2013.

Oliveira DC, Marques SC, Gomes AMT, Teixeira MCTV. Análise das evocações livres: uma técnica de análise estrutural das representações sociais. In: Moreira ASP, Camargo BV, Jesuíno JC, Nóbrega SM, organizadores. Perspectivas teórico-metodológicas em representações sociais. João Pessoa (PB): Editora Universitária da UFPB; 2005.

da Silva Santos F, Suto CSS, Freitas TOB, Piva SGN, Nascimento RDCD, dos Santos Souza G. Acolhimento à pessoa com o vírus da imunodeficiência humana: representações sociais de profissionais de saúde. Revista Baiana de Enfermagem. 2019.

Abric JC. Abordagem estrutural das representações sociais: desenvolvimentos recentes. In: Campos PHF, Loureiro MCS. organizadores. Representações sociais e práticas educativas. Goiânia: UCG; 2003: 37-57.

Galindo WCM, Francisco AL, Rios LF. Reflexões sobre o trabalho de aconselhamento em HIV/AIDS. Temas em Psicologia (internet). 2015; 23(4): 815-29. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413389X2015000400003&lng=pt&nrm=i&tlng=pt.

Gomes AMT, Oliveira DC. O Núcleo central das representações de enfermeiros acerca da enfermagem: o papel próprio da profissão. Rev. enferm. UERJ (internet). 2010; 18(3): 352-58. Disponível em: http://bases.bireme.br/cgibin/wxislind.exe/iah/online/?IsisScript=iah/iah.xis&src=google&base=BDENF&lang=p&nextAction=lnk&exprSearch=19471&indexSearch=ID

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Boletim Epidemiológico: HIV AIDS 2019. Brasília – DF. 2019. Disponível em: <http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2019/boletim-epidemiologico-de-hivaids-2019>.

Silva CGS. Serviço de assistência especializada (SAE): uma experiência profissional. Psicologia: ciência e profissão (internet). 2007; 27(1): 156-63. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932007000100013.

Published

2020-03-17

Issue

Section

Original Papers