Resíduos agroindustriais aplicados à compósitos cimentícios / Agro-industrial waste applied to cementitious composites

Authors

  • Marielza Corrêa dos Reis
  • Mariele Corrêa dos Reis Maia
  • Sheyla Mara Baptista Serra
  • João Vicente Zampieron

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-413

Keywords:

Meio ambiente, Resíduos agroindustriais, Matrizes cimentícias, Resíduos de carvão vegetal, Desenvolvimento sustentável.

Abstract

A indústria da construção civil é responsável pelo consumo de grande quantidade de recursos não renováveis e toneladas de emissões de dióxido de carbono derivados de seus processos industriais. Com a finalidade de amenizar a escassez de recursos naturais, a incorporação de resíduos agroindustriais, tais como o carvão vegetal, aos compósitos cimentícios pode apresentar-se como soluções para o aproveitamento de subprodutos de outros setores e a redução dos impactos ambientais. Fazendo vista a esse pressuposto, este estudo tem como objetivo realizar um panorama das pesquisas desenvolvidas com resíduos agroindustriais no setor da construção civil. Foram realizados revisões bibliográficas mostrando que existem muitos recursos renováveis que podem ser explorados e reúne dados relevantes quanto a utilização de resíduos de carvão vegetal (RCV), os quais aumentam a cada ano no Brasil. Assim, a produção de matrizes cimentícias apresenta-se como uma alternativa inerente ao tema aproveitamento de resíduos, escassez de recursos não renováveis, o desejo e a consciência da sociedade em relação à preservação do meio ambiente e o desenvolvimento do setor da construção civil.

References

BAN, C. C.; RAMLI, M. Properties of high calcium wood ash and densified silica fume blended cement. International Journal of Physical Sciences v. 6, n. 28, p. 6596-6606, 2011.

BELINE, E. L.; ANGELOTTI, A. M.; COELHO, T. M.; SANTOS, B. Substituição de agregados graúdos do concreto por materiais alternativos na fabricação de elementos não estruturais em concreto leve. In: IX ENCONTRO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO AGROINDUSTRIAL (IX EEPA), 2015.

DHENGARE, S. W.; RAUT, S. P.; BANDWAL, N. V.; KHANGAN, A. Investigation into utilization of sugarcane bagasse ash as supplementary cementitious material in concrete. International Journal of Emerging Engineering Research and Technology, v.3, Issue 4, p. 109-116, 2015. e-ISSN:2349-4409, pISSN:2349-4395.

DUBOC, E.; COSTA, C. J.; VELOSO, R. F.; OLIVEIRA, L. S.; PALUDO, A. Panorama atual da produção de carvão vegetal no Brasil e no Cerrado. Planaltina-DF, Embrapa Cerrados, 37 p.37, 2007. ISSN 1517-5111

ELIAS, D. S.; SOARES, A. B.; SOUZA, H. P. Aproveitamento de resíduos sólidos – Estudo experimental de misturas de solo e cinza volante de carvão mineral. In: V CONGRESSO BRASILEIRO DE CARVÃO MINERAL, Criciúma-SC, 2017.

FLATO, U. A. P.; BUHATEM, T.; MERLUZZI, T.; BIANCO, A. C. M. Novos anticoagulantes em cuidados intensivos. Rev Bras Ter Intensiva, 23(1), p. 68-77, 2011.

FROEHLICH, P. L.; MOURA, A. B. D. Carvão vegetal: propriedades físico-químicas e principais aplicações. Tecnologia e Tendências, v.9, nº 1, p. 1-19, 2014.

GARCIA, D. P.; RODRIGUES, C. R.; DAL BEM, E. A.; FERREIRA,J. P. Qualidade do carvão vegetal visando uso doméstico. Brazilian Journal of Biosystems Engineering, v.11, p. 59-67, 2017.

GARCIA, M. D. L.; SOUSA-COUTINHO, J. Cementitious building materials reinforced with vegetable fibres: A review. Construction and Building Materials, v. 25, ed.2, p. 575-581, 2011.

GREEN DOMUS. A construção civil e seu impacto no meio ambiente. 2017. Disponível em: http://greendomus.com.br/a-construcao-civil-e-seu-impacto-no-meio-ambiente/. Acesso em: 19 de Março de 2018.

KNIESS, C. T.; OLIVEIRA, C. B.; BORGONOVO, L.; AGUIAR, B. M.; PRATES, P. B. Obtenção e caracterização de artefatos de cimento com adição de cinzas pesadas de carvão mineral. Rev. Ibirapuera, São Paulo, n.1, p. 20-25, 2011.

LAIRD, D. A. The charcoal vision: a win-win-win scenario for simultaneously producing bioenergy, permanently sequestration carbono, while improving soil and water quality. Agronomy Journal, v. 100, n 1, p. 178-181, 2008.

LIMA, S. A.; ROSSIGNOLO, J. A. Estudo das características químicas e físicas da cinza da casca da castanha de caju para uso em materiais cimentícios. Acta Scientianrum Technology, v.32, n.4, p. 383- 389, 2010.

LOPES, J.; MATHEUS, M. E. Risco de hepatotoxicidade do Paracetamol (Acetaminofem). Revista Brasileira de Farmácia, p. 411-414, 2012.

MELLO, A. A. A., RAELE, R.; VAZ, S. L.; CAIGAWA, S. M. Competitividade e sustentabilidade ambiental da siderurgia brasileira. In: SEMINÁRIO MITIGAÇÃO DE GASES DE EFEITO ESTUFA: A EXPERIÊNCIA EMPRESARIAL SETORIAL E REGIONAL NO BRASIL, 1., 2008, São Paulo. Experiências Setoriais na redução de gases de efeito estufa. São Paulo: Universidade de São Paulo, p. 31 – 51, 2008.

MOTA, L. C. S.; FERREIRA, R. H. C.; FIGUEIRA, S. L.; MONTEL, A. L. B.; D’OLIVEIRA, M. C. P. E. Avaliação dos efeitos da adição de carvão ativado residual ao concreto. In.: ANAIS DO 59º CONGRESSO BRASILEIRO DO CONCRETO – 59CBC2017, Bento Gonçalves-RS, 2017.

MOURA, G. A., Grupo Plantar – 40 Anos no Caminho da Sustentabilidade. In: 6ª Conferência LatinoAmericana sobre Meio Ambiente e Responsabilidade Social. Belo Horizonte. Setembro, 2006.

NORGATE, T. E.; LANGBERG, D. E. Aspectos ambientais e econômicos do uso do carvão vegetal na siderurgia. ISIJ International, v. 49, p. 587-595, 2009.

PACHECO-TORGAL, F.; JALALI, S. Cementitious building materials reinforced with vegetable fibres: A review. Construction and Building Materials, v. 25 (2), p. 575-581, 2010.

PATERNIANI, J. E. S.; DA SILVA, M. J. M.; RIBEIRO, T. A. P.; BARBOSA, M. Pré-filtração em pedregulho e filtração lenta com areia, manta não tecida e carvão ativado para polimento de efluentes domésticos tratados em leitos cultivados, Eng. Agrícola, Jaboticabal, v. 31, n. 4, p. 803-812, 2011.

PAULA, L. G.; SILVA, R. J.; BERNARDO, A. C. S. M. Análise termoeconômica do processo de produção de cimento portland utilizando uma mistura de combustíveis e o coprocessamento de pneus usados, in: IV CONGRESSO NACIONAL D ENGENHARIA MECÂNICA – CONEM, Campina Grande - Paraíba, 2010.

PILAR, R.; SCHANKOSKI, R. A.; MORO, A. J.; REPPETE, W. L. Avaliação de pasta de cimento Portland contendo cinza pesada moída, Revista Matéria, v. 21, nº.1, p. 92-104, 2016, ISSN 1517-7076.

REDDY, M. V. S.; ASHALATHA, K.; MADHURI, M., SUMALATHA, P. Utilization of sugarcane bagasse ash (SCBA) in concrete by partial replacement of cement. IOSR Journal of Mechanical and Civil Engineering (IOSR-JMCE), v.12, Issue 6 Ver. VI, p. 12-16, 2015. e-ISSN:2278-1684, p-ISSN:2320- 334X.

REPETTE, W. L.; AIQUEIRA, L. V. M.; ONGUERO, L.; CRUZ, A. G. F.;DALMORO, A. J.; PALOMBO, M. G. Uso de cinza pesada na produção de concreto autoadensável. In: VI CONGRESSO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM ENERGIA ELÉTRICA (VI CITENEL), Fortaleza/CE, 2011.

SANTOS, C. R.; TUBINO, R. M. C.; SCHNEIDER, I. A. H. Mineral processing and characterization of coal waste to be used as fine aggregates for concrete paving blocks. IBRACON Structures and Materials Journal, v. 8, nº. 1; p. 15-24, 2015, ISSN 1983-4195.

SASAKI, A. C.; LIMA, L. S.; QUINÁIA, S. P. Reaproveitamento de resíduo de moinha de carvão vegetal para adsorção de íons metálicos em meio aquoso. Revista Virtual Química, v. 6, nº 6, 2014. ISSN 1984- 6835

SCHVARTSMAN, C.; SCHVARTSMAN, S. Intoxicações exógenas agudas, Jornal de Pediatria, v. 75, supl.2, Rio de Janeiro, 1999.

SELLAMI, A.; MERZOUD, M.; AMZIANE, S. Improvement of mechanical properties of green concrete by treatment of the vegetals fibers. Construction and Building Materials, v.47, p. 1117-1124, 2013.

SILVA, D. A. L.; CARDOSO, E. A. C.; VARANDA, L. D.; CHRISTOFORO, A. L.; MALINOVSKI, R. A. Análise de viabilidade econômica de três sistemas produtivos de carvão vegetal por diferentes métodos. Revista Árvore, Viçosa-MG, v. 38, n. 1, p. 185-193, 2014.

SILVA, G. L. R.; BRAGA, E. M. H. ; ASSIS, P. S. ; QUINTAS, A. C. B. ; DORNELAS, P. H. G. ; MOURA, L. C. A. Utilização de finos de carvão vegetal para produção de biocoque metalúrgico. In: ABMWeek 2016, Rio de Janeiro. 46º Seminário de Redução de Minério de Ferro e Matérias-primas, 2016.

SILVEIRA, J. P.; ROCHA, J. C.; CHERIAF, M. Desenvolvimento de blocos de concreto com uso das cinzas de termelétricas. In: I CONFERENCIA LATINO-AMERICANA DE CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL, São Paulo-SP, 2004.

SINDICATO DA INDUSTRIA DA CONSTRUÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO (SINDUSCON-SP). Comitê de Meio Ambiente (COMASP). Guia Metodológico para Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa na Construção Civil: Setor Edificações. 2013. 76p. Disponível em https://sindusconsp.com.br/wp-content/uploads/2015/05/guia_gee_i_pad_e_web.pdf. Acesso em 17 de fevereiro de 2019.

STA BH. Carvão Vegetal. 2018. Disponível em: < http://www.stabh.com/carvao-vegetal/ >Acesso em 17 de fevereiro de 2019.

SUA-IAM, G.; MAKUL, N. Use of unprocessed rice husk ash and pulverized fuel ash in the production of self-compacting concrete. IERI Procedia, v.5, p.298-303, 2013.

UHLIG, A.; GOLDEMBERG, J.; S. T. COELHO. O uso de carvão vegetal na indústria siderúrgica brasileira e o impacto sobre as mudanças climáticas. Revista Brasileira de Energia, v. 14, nº. 2, p. 67-85, 2008.

VENKATANARAYANAN, H. K.; RANGARAJU, P. R. Evaluation of sulfate resistance of Portland cement mortars containing low-carbon rice husk ash. Journal of Materials in Civil Engineering, v.26, p. 582-592, 2014.

WATTS, R.; PORTER, A. L. Innovation Forecasting. Technological Forecasting and Social Change. N.56, p. 25-47, 1997.

Published

2020-11-19

How to Cite

Reis, M. C. dos, Maia, M. C. dos R., Serra, S. M. B., & Zampieron, J. V. (2020). Resíduos agroindustriais aplicados à compósitos cimentícios / Agro-industrial waste applied to cementitious composites. Brazilian Journal of Development, 6(11), 89873–89888. https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-413

Issue

Section

Original Papers