Reguladores vegetais e sacarose na germinação In Vitro de licuri (Syagrus coronata (Mart.) Becc) / Vegetable regulators and sucharosis in the In Vitro germination of licuri (Syagrus coronata (Mart.) Becc)

Authors

  • Ellie José Pereira Brazilian Journals Publicações de Periódicos, São José dos Pinhais, Paraná
  • Jozilene Lima Roque
  • Beatriz Siqueira de Sousa
  • Jeferson Silva Ferreira das Neves
  • Michele Lima de Souza
  • Jorge Marcelo Padovani Porto
  • Francyane Tavares Braga

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-498

Keywords:

Caatinga, Arecacea, Embriões zigóticos, Cultivo in vitro.

Abstract

Syagrus coronata popularmente conhecido como Licuri é uma palmeira típica do semiárido nordestino, seu fruto é um importante provedor de recursos para subsistência do homem e utilizado para alimentação animal, destacando- se sua importância como fonte de alimento para Arara-azul-de-Lear, onde seus frutos constituem seu principal alimento. Esta ave, endêmica da Ecorregião do Raso da Catarina, encontra-se ameaçada de extinção. Sua propagação natural ocorre via germinação de sementes, porém, o processo é lento e quando suas germinam, sofrem com queimadas frequentes e pisoteio de animais forrageiros. Diante disso, as técnicas de cultura de tecidos vegetais in vitro, são fundamentais para o sucesso germinativo e conservação da espécie. O trabalho objetivou promover a germinação in vitro de embriões zigóticos de licuri, através da suplementação do meio com diferentes concentrações de reguladores vegetais e sacarose. Para isso, frutos coletados, foram beneficiados e desinfestados, em câmara de fluxo laminar os embriões foram excisados das sementes, desinfestados e inoculados em meio Y3, contendo diferentes concentrações de ácido giberélico (GA3): (0,0; 1,0; 2,0; 4,0 e 8,0 mg L-1); ácido indolacético (AIA): (0,0; 1,0; 1,5; 3,0 e 4,0 mg L-1) e sacarose como fonte energética: (30; 40; 50 e 60 g L-1). Os meios tiveram o pH aferido para 5,8 antes da autoclavem. A germinação iniciou-se no 9º dia e a suplementação com 2 mg.L-1 de GA3 e 40g.L-1 de sacarose, promoveram maiores porcentagens de germinação, para o crescimento das plântulas, verificou-se maior comprimento de parte aérea e número de folhas, 8 cm e 1,6 folhas nas concentrações de 4mg.L-1 e 2mg.L-1 de GA3 respectivamente. A concentração de 40g.L-1 sacarose foi significativa para ambas as variáveis, 9 cm de parte aérea e 2,25 folhas evidenciando a importância no aumento da suplementação dessa fonte energética. Concluiu-se que, o uso de AIA, não foi eficaz para espécie e a suplementação de 2mg.L-1 de GA3 e 40g.L-1 de sacarose são indicados para germinação e crescimento das plântulas de Licuri.

 

References

ALMEIDA, E. M. et al. O uso de reguladores de crescimento vegetal em plantas forrageiras. Nutritime Revista Eletrônica, v. 12, n. 5, p. 4302-4308, 2015.

ALMEIDA, M. C. B.; FIGUEROA, L. A. (Coord.). Reserva Ecológica Raso da Catarina – Bahia. Subprojeto: Estudos geomorfológicos. Relatório de Pesquisa do Convênio. Salvador: SEMA/MINTER/UFBA, 1983, 26p.

BELLINTANI, M.C. et al. Resposta regenerativa in vitro de explantes caulinares de bromélias endêmicas da Chapada Diamantina– Bahia. Magistra [impresso], v.20, n.4, p.328-337, 2008.

BESSON, J.C.F. et al. Fontes e concentrações de carboidratos no crescimento vegetativo e no enraizamento in vitro de Miltonia flavescens Lindl. Revista Brasileira de Biociências, v.8, n.1, p.9- 13, 2010.

BRASIL, Ministério da Agricultura e da Reforma Agrária. Regras para análise de sementes. Brasília: Mapa/ACS, 2009. 399p.

CARVALHO, N. O. S., PELACANI, C. R., RODRIGUES, M. O. S., & CREPALDI, I. C. Uso de substâncias reguladoras e não-específicas na germinação de sementes de licuri (Syagrus coronata (Mart.) Becc). Sitientibus, 5(1), 28-32, 2005.

CHAGAS, E. A.; PASQUAL, M.; RAMOS, J. D.; PIO, L. A. S.; DUTRA, L. F. & CAZETTA, J. O. Cultivo de embriões imaturos de citros em diferentes concentrações de carvão ativado e ácido giberélico. Ciênc. agrotec., v. 29, n. 6, p. 1125-1131, 2005.

CID, L. P. B. Hormônios Vegetais em Plantas Superiores. Brasília Embrapa Recursos Genéticos, 2005, 188p.

CREPALDI, I. C. 2001. Syagrus coronata e Syagrus vagans: Palmeiras economicamente importantes da caatinga baiana. Tese doutorado, Universidade de São Paulo, São Paulo, 175p.

DARIO, G. J. A. et al. Influência do uso de fitorregulador no crescimento do arroz irrigado. Revista da FZVA. v. 11, n. 1, p. 86-94. 2004.

DRUMOND, M. A. et al. Estrategias de uso sustentavel da biodiversidade da caatinga. In: SILVA, J. M. C.; TABARELLI, M.; LINS, L. V. (Org.). Biodiversidade da caatinga: áreas e ações prioritárias. Brasilia: Ministerio do Meio Ambiente; UFPE, 2004, p.329-340.

DRUMOND, M. A. Licuri Syagrus coronata (Mart.) Becc. Petrolina: Embrapa Semi-Arido, 2007, 16 p.

EEUWENS CJ (1976) Mineral requirements for growth and callus initiation of tissue explants excised from mature coconut palms (Cocos nucifera) and cultured in vitro. Physiol Plantarum 36:23–28.

FERREIRA, D. F. Sisvar: A computer analysis system to fixed effects split plot type designs. Revista Brasileira de Biometria, Lavras-MG, v.37, n.4, p. 529-535, 2019.

GARCIA, A. S. et al. Efeito de reguladores vegetais na germinação e desenvolvimento da semente Strelitzia reginae. THESIS São Paulo, ano III, v. 5, p. 161-176, 1º Semestre, 2006.

JUNGHANS, T. G.; SOUZA, A. S. Aspectos práticos da micropropagação de plantas. 2 ed. rev. e ampl. - Brasília, DF : Embrapa, 2013. 407 p.

Junghans, Tatiana Góes

KERBAUY, G. B. Fisiologia Vegetal. 3 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2019, 430p.

LEITE, V. M.; ROSOLEM, C. A.; RODRIGUES, J. D. Giberelina e citocinina no crescimento da soja. Sci. Agric., v. 60, n. 3, p. 537-541, 2003.

MEDEIROS, M. J., OLIVEIRA, D. S., OLIVEIRA, M. T., WILLADINO, L., HOULLOU, L., & SANTOS, M. G. Ecophysiological, anatomical and biochemical aspects of in vitro culture of zygotic Syagrus coronata embryos and of young plants under drought stress. Trees, 29, 1219-1233, 2015.

MENEZES, T.P.; RODRIGUES, F.A.; ASMAR, S.A.; PASQUAL, M. Sacarose e GA3 na germinação de sementes e no desenvolvimento in vitro de plântulas de goiabeira ‘Pedro Sato’. Plant Cell Cult. Micropropag., Lavras, v.6, n.2, p. 69-75, 2010.

MIKOVSKI, Andréia Izabel et al. Efeito de sacarose e carvão ativado na germinação e no desenvolvimento in vitro de embriões zigóticos de açaí (Euterpe oleracea). ROCHA, K. M. R. O Raso da Catarina. Revista Phoenix Magazine. São Paulo, n. 6, p:30-32, 2005.

PAES, M. L. N; DIAS, I. F. O. Plano de Manejo da Estação Ecológica Raso da Catarina. Brasilia: IBAMA - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renovaveis/Diretoria de Ecossistemas/Coordenacao Geral de Unidades de Conservacao, 2008, 326p.

PORTO ET AL. Pre-germination Treatments, Quality of Light and Temperature on Syagrus coronata (Mart.) Becc. Seeds Germination. Journal of Agricultural Science; Vol. 10, No. 5; 2018.

RODRIGUEZ-ENRIQUEZ, M.J.; MEHDI, S.; DICKINSON, H.G.; GRANT-DOWNTON, H.T. A novel method for ef?cientin vitro germination and tube growth of Arabidopsis thaliana pollen. New Phytologist, Cambridge, v. 197, p. 668–679, 2013.

SILVA, J. M. C.; TABARELLI, M.; FONSECA, M. T.; LINS, L. V. Biodiversidade da Caatinga: Áreas e ações prioritárias para conservação. Brasilia: Ministerio do Meio Ambiente, 2004, 382p.

SOARES, T. L.; OLIVEIRA, E. J.; JESUS, O. N.; MARTINS, C. A. D.; SANTOSSEREJO, J. A. Influência da Sacarose na Germinação de Pólen In vitro de Passifloras Silvestres. In Embrapa Mandioca e Fruticultura-Artigo em anais de congresso (ALICE). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO DE PLANTAS, 6., 2011, Búzios. Panorama atual e perspectivas do melhoramento de plantas no Brasil: [anais]. Búzios: Sociedade Brasileira de Melhoramento de Plantas, 2011.

SOUZA ET AL. Initial development of licuri (Syagrus coronata (Mart.) Becc.) –Arecaceae seedlings under different substrates and luminosity levels. Australian Journal of Basic and Applied Sciences, 11(14) December 2017, 103-109.

SOUZA, V.A.B. et al. Efeito da concentração de sacarose na germinação in vitro do pólen de cinco acessos de bacurizeiro (Platonia insignis Mart.). Rev. Bras. Frutic., Jaboticabal - SP, v. 35, n. 3, p. 677-684, 2013.

TAIZ, L.; ZEIGER, E. Fisiologia vegetal. 5.ed. Porto Alegre:Artemed, 2013. 954p.

Published

2021-02-23

How to Cite

Pereira, E. J., Roque, J. L., de Sousa, B. S., das Neves, J. S. F., de Souza, M. L., Porto, J. M. P., & Braga, F. T. (2021). Reguladores vegetais e sacarose na germinação In Vitro de licuri (Syagrus coronata (Mart.) Becc) / Vegetable regulators and sucharosis in the In Vitro germination of licuri (Syagrus coronata (Mart.) Becc). Brazilian Journal of Development, 7(2), 18812–18825. https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-498

Issue

Section

Original Papers