Déficits de autocuidado no contexto da hipertensão arterial em escolares com sobrepeso e obesidade / Self-care deficits in the context of hypertension in overweight and obese schoolchildren

Authors

  • Sayane Marlla Silva leite Montenegro Brazilian Journals Publicações de Periódicos, São José dos Pinhais, Paraná
  • Laura Cristhiane Mendonça
  • Wilma Dias Fontes
  • Daniel Lima de Farias

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-362

Keywords:

Enfermagem. Hipertensão arterial. Autocuidado.

Abstract

A hipertensão arterial está entre as doenças crônicas não transmissíveis caracterizada pela presença de níveis tensionais elevados, associados a alterações metabólicas e hormonais e a fenômenos tróficos, e é de origem multifatorial. No Brasil, tem-se verificado uma incidência desta morbidade em torno de 15 a 20%. Segundo a OMS, o número estimado de hipertensos é de 16 a 18 milhões, com taxas de mortalidade alcançando 300 mil mortes por ano. Diante do exposto, pode-se afirmar que a hipertensão arterial é um problema de saúde pública, exigindo intervenções singulares, seja para preveni-la ou controlá-la. Neste sentido, a identificação de fatores de risco desta morbidade na infância é um aspecto fundamental para a promoção da saúde no contexto das doenças cardiovasculares, uma vez que estudos tem mostrado a existência de vários indícios de que a hipertensão arterial do adulto tem sua história natural iniciada na infância. Deste modo, este estudo objetiva Investigar os requisitos de autocuidado universais associados à hipertensão arterial em escolares na faixa etária de 7 a 11 anos de idade com sobrepeso e obesidade; identificar os déficits de autocuidado para hipertensão arterial em escolares de 7 a 11 anos de idade e discutir, à luz da literatura científica e da Teoria do Autocuidado de Orem, os déficits de autocuidado universais em escolares de 7 a 11 anos de idade frente à morbidade em foco. Os resultados foram obtidos por meio da aplicação de entrevista semi-estruturada respaldadas pelos princípios éticos inerentes à Resolução 196/96, do Conselho Nacional de Saúde, esta foi construída a partir da Teoria Geral de Enfermagem de Orem e indicadores de fatores de risco para hipertensão arterial infantil. Para o processamento dos dados utilizou-se o programa SPSS.

References

BARREIRA, A.K. et al. Hipertensão arterial na infância. Jornal Brasileiro de Pediatria, v. 6, n. 30, p. 131-136, 2003.

BRASIL. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº. 196, de 10 de3 outubro de 1996. Aprova as diretrizes e normas reguladoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Brasília, DF, 1998.

______: Ministério da Saúde. Secretaria de Políticas Públicas. Plano de Reorganização da Atenção à Hipertensão Arterial e ao Diabetes Mellitus. Revista de Saúde Pública, São Paulo: v.35, n.6, dez. 2001. Disponível em <http://www.scielo.br/pdf/rsp/v35n6/7073.pdf> Acesso em 28 maio 2010.

CASTRO, M.E. de. Necessidades humanas básicas afetadas pela hipertensão arterial e estilo de vida. Revista Brasileira de Promoção da Saúde. v.16, n.1/2, p.21-27, 2003. Disponível em: <http://www.unifor.br/hp/revista_saude/v16/artigo4.pdf.> Acesso em 13 maio 2010.

CAVALCANTE, E.F.; QUEIROZ, E.F.C. de. A hipertensão arterial sistêmica em mulheres da USF - Lagoa de Pedra, zona rural do município de São José dos Ramos – PB. 2005. 60f. Monografia (especialização em Saúde da Família). Faculdades Integradas de Patos/FIP, João Pessoa.

CONSENSO BRASILEIRO DE HIPERTENSÃO ARTERIAL, 3, 1998, Campos de Jordão: SBHA/SBC/SBN, 1998.

DIRETRIZES BRASILEIRAS DE HIPERTENSÃO ARTERIAL, 4, 2002. Campos de Jordão: SBHA/SBC/SBN, 2002.

______. 5, 2006. Campos de Jordão: SBHA/SBC/SBN, 2006.

LEFÈVRE, F. et al. Criança: Fumante Passivo sem Opção. BEPA: Boletim Epidemiológico Paulista, n.8, ago. 2004. Disponível em: http://www.cve.saude.sp.gov.br/agencia/bepa8_crianca.htm Acesso em 18 dez. 2009.

KRUG, E. G. et al. (eds). World Report on Violence and Health: Summary. Geneva, Switzerland: World Health Organization, 2002.

LESSA, I. Doenças Crônicas Não-Transmissíveis. Bases Epidemiológicas. In: ROUQUAYROL, M.Z.; ALMEIDA Filho, N. de (Org.). Epidemiologia & Saúde. 5. ed. Rio de Janeiro: MEDSI, v. 1, p. 285-300, 1999.

LINO, A. I. A. et al. O trabalho da enfermagem no rastreamento da hipertensão arterial em crianças e adolescentes de uma escola da rede pública de Goiânia-Goiás. Revista Eletrônica de Enfermagem, v.6, n.2, 2004. Disponível em <http://www.fen.ufg.br/revista/revista6_2/pdf/Rel1_trabalho.pdf> Acesso em 07dez. 2009.

LUMA, G.B.; SPIOTTA, R.T. Hypertension in Children and Adolescents. American Physician Family, v.73, n.9, may 2006. Disponível em: <http://www.aafp.org/afp/20060501/1558.html> Acesso em 01 ago. 2010.

MANO, G.M.P; PIERIN, A.M.G. Avaliação de pacientes hipertensos acompanhados pelo Programa Saúde da Família em um Centro de Saúde Escola. Acta Paulista de Enfermagem; v.18, n.3, p.269-275, jul./set. 2005.

MÔNEGO, E.T.; JARDIM, P.C.B.V. Determinantes de risco para doenças cardiovasculares em escolares. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, v.87, n.1, jul. 2006.

MOREIRA, R. et al. Oficinas educativas sobre hipertensão arterial: um estudo quasiexperimental sobre avaliação da eficácia. Online Brasília Journal of Nursing, v.4, n.3, 2005. Disponível em: <http://www.uff.br/objnursing/index.php/nursing/rt/printerFriendly/10/5> Acesso em 04 abril 2010.

MOURA, A.A. Prevalência de pressão arterial elevada em escolares e adolescentes de Maceió. Jornal de Pediatra, Rio de Janeiro, v.80, n.1, p.35-40, 2004.

OLIVEIRA, R.G. et al. Pressão arterial em escolares e adolescentes - o estudo de Belo Horizonte. Jornal de Pediatria, Rio de Janeiro, v.75, p.256-66, 1999.

OLIVEIRA, N.M.C.M. de. Prevalência e fatores de risco de hipertensão arterial numa comunidade de periferia urbana no município de João Pessoa - PB. 2004.

OREM, D. E. Nursing: concepts of practice. 5ª ed. St Louis: Mosby; 1995.

PAIVA, D. C. P. de; BERSUSA, A. A. S.; ESCUDER, M. M. L. Avaliação da assistência ao paciente com diabetes e/ou hipertensão pelo Programa Saúde da Família do Município de Francisco Morato, São Paulo, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.22, n.2, fev. 2006.

PASSOS, V.M. de A; ASSIS, T.D.; BARRETO, S.M. Hipertensão arterial no Brasil: estimativa de prevalência a partir de estudos de base populacional. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v.15, n.1, p.35-45, 2006. Disponível em <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/periodicos/rev_epi_vol15_n1.pdf> Acesso em 02 ago. 2010.

PEREIRA, A.L. et al. Programas de Atenção à Saúde. IN: FIGUEIREDO, N.M.A. de. (org.) Ensinando a Cuidar em Saúde Pública. São Caetano do Sul: Difusão Enfermagem, 2004. p.321-323.

PHEBO, L.; MOURA, A.T.M.S. de. Violência urbana: um desafio para o pediatra. Jornal de Pediatria v.81, n.5 Supl., S189-S196, 2005.

PIAGET, J. O Nascimento da Inteligência na Criança. 4.ed. São Paulo: LTC, 1987. PLAVNIK, F.L.; KOHLMANN Jr., O. Hipertensão arterial. Revista Brasileira de Medicina. V.59, n.12, dez. 2002. Disponível em <http://www.cibersaude.com.br/revistas.asp?fase=r003&id_materia=2171> Acesso em 29 maio 2010.

SALGADO, C. M.; CARVALHAES, J.T. de A.: Hipertensão arterial na infância. Jornal de Pediatria, Rio de Janeiro, v.79, 2003. Supl. 1, p. 115-124.

SANTOS, A.A.C. dos. O diagnóstico da hipertensão arterial na criança e no adolescente. Disponível em: Pediatria, São Paulo, v.25, n.4, p. 174-183, 2003. Disponível em: <http://www.pediatriasaopaulo.usp.br/upload/pdf/595.pdf> Acesso em 15 jan. 2010.

Serrão, F., Klein, J. M., Gonçalves, A Qualidade do sono e depressão: que relações sintomáticas em crianças de idade escolar, Psico-USF, v. 12, n. 2, p. 257-268, jul./dez. 2007.

SEKIYAMA, J. et al. Hipertensão arterial em servidores de uma instituição pública: Universidade Estadual de Maringá. Arquivos Apadec, maio, 2004, supl. 8. Disponível em: <http://www.pec.uem.br/pec-atual/revistas/revista%20APADEC/trabalhos/c-6_laudas/SEKIYAMA,%20Juliana.pdf.> Acesso em 07 dez. 2009.

SHEPS , S.G. Clínica Mayo e a hipertensão arterial. Infobook, RJ, 1999.

SILVA Jr., J.B. da et al. Doenças e Agravos Não-transmissíveis: Bases Epidemiológicas. In: ROUQUYROL, MZ, ALMEIDA FILHO, N de. Epidemiologia e Saúde. 6.ed. Rio de Janeiro: Medsi, 2003.

SIMÃO, M. Hipertensão arterial e fatores de risco associados: estudo entre universitários da cidade de Lubango – Angola. 2005. 135p. Tese (doutorado em Enfermagem) – Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.

SIMONETTI, J.P.; BATISTA, L.; CARVALHO, L.R. de. Hábitos de saúde e fatores de risco em pacientes hipertensos. Revista Latino-am Enfermagem, v.10, n3, p.415-422. maio-junho 2002

SOUSA A.L.L. Hipertensão Arterial: Perfil da Morbidade Referida na Região Sudoeste da Grande São Paulo, 1989 - 1990. Revista Eletrônica de Enfermagem. Goiânia, v.2 n.1, out-dez. 2000. Disponível em: <http://www.fen.ufg.br/revista>. Acesso em 03 dez. 2009.

SOUSA, M.F.G.; ARRUDA, S.S. Níveis pressóricos de escolares adolescentes e indicadores de risco para hipertensão arterial. Online Brazilian Journal of Nursing 5.1 22 abr. 2006 Disponível em: <http://www.uff.br/objnursing/viewarticle.php?id=238>. Acesso em 06 maio 2010.

SIMÃO, M. Hipertensão arterial e fatores de risco associados: estudo entre universitários da cidade de Lubango – Angola. 2005. 135p. Tese (doutorado em Enfermagem) – Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.

STOCCO, R.; BARRETO, A.C.P. Influência de fatores ambientais na gênese e evolução das cardiopatias. In: GIANINI, S.D. Cardiologia preventiva. São Paulo: Atheneu, 2000.

TABAGISMO PASSIVO: a 3ª maior causa de morte evitável de acordo com pesquisa americana. Aliança de Controle do Tabagismo. Disponível em: http://actbr.org.br/fumopassivo/facts/fact_FUMO_PASSIVO.pdf Acesso em 24 dez 2009.

Published

2021-04-14

How to Cite

Montenegro, S. M. S. leite, Mendonça, L. C., Fontes, W. D., & de Farias, D. L. (2021). Déficits de autocuidado no contexto da hipertensão arterial em escolares com sobrepeso e obesidade / Self-care deficits in the context of hypertension in overweight and obese schoolchildren. Brazilian Journal of Development, 7(4), 38639–38662. https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-362

Issue

Section

Original Papers

Similar Articles

You may also start an advanced similarity search for this article.