Tecnologias digitais de informação e comunicação em biblioteca universitária / Digital information and communication technologies in a university library

Authors

  • Larissa Verônica Moreira Ribeiro
  • Thelma Helena Costa Chahini

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-408

Keywords:

Tecnologias digitais e assistivas, Biblioteca universitária, Pessoas com deficiência, Acessibilidade.

Abstract

As tecnologias digitais e assistivas possuem grande relevância à inclusão social, educacional e profissional de pessoas com deficiência. Neste contexto, o presente artigo tem por objetivo principal descrever a relevância das tecnologias da informação e comunicação à acessibilidade de pessoas com deficiência no contexto de bibliotecas universitárias. Os dados foram coletados por meio de pesquisa bibliográfica, em fontes secundárias, especificamente, em livros, artigos em periódicos e demais materiais de referência na área investigada. Os resultados obtidos revelam que, embora haja recursos, como as tecnologias digitais e assistivas, disponíveis no mercado para a melhoria do atendimento aos usuários com deficiência, as bibliotecas universitárias, em sua maioria, ainda não dispõem de vários desses materiais para suprir as demandas informacionais do referido público. Mesmo com a legislação assegurando o direito à acessibilidade plena, muitas instituições de ensino superior ainda se omitem nesse quesito em suas variantes, deixando os alunos com deficiência e/ou com necessidades educacionais específicas à margem do processo de aprendizagem, mediante o suporte da biblioteca universitária. No contexto, enfatiza-se que as bibliotecas universitárias precisam desenvolver suas atividades visando a promoção do acesso informacional e comunicacional, por meio das tecnologias digitais e assistivas, aos usuários com deficiência.

References

ALMEIDA, W. G. (Org.). Educação de surdos: formação, estratégias e prática docente. Ilhéus: Editus, 2015.

BOCCATO, V. R. C. Metodologia da pesquisa bibliográfica na área odontológica e o artigo científico como forma de comunicação. Revista de Odontologia da Universidade da Cidade São Paulo, São Paulo, v. 18, n. 3, p. 265-274, 2006.

BRASIL. Decreto nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999. Regulamenta a Lei nº 7.853, de 24 de outubro de 1989, dispõe sobre a política nacional para a integração da pessoa portadora de deficiência, consolida normas de proteção, e dá outras providências. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, 21 dez.1999. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/d3298.htm. Acesso em: 2 abr. 2020.

BRASIL. Decreto nº 5.296, de 2 de dezembro de 2004. Regulamenta as Leis nos10.048, de 8 de novembro de 2000, que dá prioridade de atendimento às pessoas que especifica, e 10.098, de 19 de dezembro de 2000, que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida, e dá outras providências. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, 3 dez. 2004. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2004/Decreto/D5296.htm. Acesso em: 5 jul. 2020.

BRASIL. Decreto nº 5.626, de 22 de dezembro de 2005. Regulamenta a Lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002, que dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais - Libras, e o art. 18 da Lei no 10.098, de 19 de dezembro de 2000. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, 23 dez. 2005. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/decreto/d5626.htm. Acesso em: 12 jun. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2000. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/14_24.pdf. Acesso em: 22 jul. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria nº 3.284, de 7 de novembro de 2003. Dispõe sobre requisitos de acessibilidade de pessoas portadoras de deficiências, para instruir os processos de autorização. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2003. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/sesu/arquivos/pdf/port3284.pdf. Acesso em: 10 maio 2020.

BRASIL. Secretaria Especial de Direitos Humanos. Subsecretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Comitê de Ajudas Técnicas. Tecnologia assistiva. Brasília, DF: Corde, 2009.

CUNHA, M. B. Construindo o futuro: a biblioteca universitária brasileira em 2010. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 29, n. 1, p. 71-89, jan./abr. 2000.

CYSNE, F. P. Biblioteconomia:dimensão social e educativa. Fortaleza: EUFC, 1993.

GARCIA, M. F. et al. Novas competências docentes frente às tecnologias digitais interativas. Teoria e Prática da Educação, Maringá, v. 14, n. 1, p. 79-87, 2012.

HUTCHINSON, O. Quatro dúvidas sobre pesquisa primária e secundária. In: MARKET RESEARCH BLOG. Articles. [S. l.], 6 fev. 2018. Disponível em: https://blog.euromonitor.com/quatro-duvidas-sobre-pesquisa-primaria-secundaria/. Acesso em: 26 jul. 2020.

INTERNATIONAL FEDERATION OF LIBRARY ASSOCIATIONS. Declaração da IFLA sobre as bibliotecas e a liberdade intelectual. [S.l.], 25 mar. 1999. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/faife/statements/iflastat_pt.pdf. Acesso em: 4 mar. 2020.

KENSKI, V. M. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. 8. ed. Campinas: Papirus, 2012.

MIGLIOLI, S.; SANTOS, G. A. dos. Acessibilidade e serviços inclusivos para minorias sociais: a Biblioteca do Instituto Nacional de Educação de Surdos. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 22, n. 1, p. 136-149, dez./mar. 2017. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=6483181. Acesso em: 1 ago. 2020.

NASCIMENTO, F. A. A. A. C. Educação infantil: saberes e práticas da inclusão: dificuldades de comunicação e sinalização: surdocegueira/múltipla deficiência sensorial. 4. ed. Brasília, DF: MEC/Secretaria de Educação Especial, 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/surdosegueira.pdf. Acesso em: 13 maio 2020.

REYES, D. A. La sordoceguera: undiscapacidad singular. In: VIÑAS, P.; REY, E. (Coords.) Lasordocegueira: um analisis multidisciplinar. Madrid: ONCE, 2004. p. 135-159.

ROSSETTO, E.; IACONO, J. P.; ZANETTI, P. S. Pessoa com deficiência: caracterização e formas de relacionamento. In: PROGRAMA INSTITUCIONAL DE AÇÕES RELATIVAS ÀS PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS (Org.). Pessoa com deficiência: aspectos teóricos e práticos. Cascavel: Edunioeste, 2006.

SAMANIEGO, M. V. P.; MUÑOZ, A. R. Família y sordoceguera. In: REYES. D. A. (Org.). La sordeceguera: un análise multidisciplinar. Madrid: Once, 2004.

SASSAKI, R. K. As sete dimensões da acessibilidade.1. ed. São Paulo:LarvatusProdeo, 2019.

SOUZA, S. C. de; MANOEL, V. de A. Praticando acessibilidade comunicacional: cooperação entre biblioteca universitária e programa de promoção de acessibilidade. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 13, n. 1, p. 7-17, jan./jun. 2008.

TESCH, A. de O. A. Formação de professores: tecnologia educacional para o aluno deficiente visual. 2015. 1337 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Instituto da Educação, Universidade de Lisboa, Lisboa, 2015. Disponível em:https://repositorio.ul.pt/bitstream/10451/23959/1/ulfpie051072_tm.pdf. Acesso em: 5 jul. 2020.

TORRES, E. F.; MAZZONI, A. A.; ALVES, J. B. da M. A acessibilidade à informação no espaço digital. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 31, n. 3, p. 83-91, set./dez. 2002.

VIEIRA, M. de O.; FARIAS, D. da S. Tecnologia assistiva e educação: a importância da formação continuada de professores das salas de recursos multifuncionais. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 13., SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE REPRESENTAÇÕES SOCIAIS, SUBJETIVIDADE E EDUCAÇÃO, 4., SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE PROFISSIONALIZAÇÃO DOCENTE, 6., 2017, Curitiba. Anais [...]. Curitiba, 2017. Disponível em: https://www.google.com/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=&ved=2ahUKEwjM0omWmJPrAhUvHbkGHWKBBk0QFjADegQIBBAB&url=http%3A%2F%2Feducere.bruc.com.br%2Farquivo%2Fpdf2017%2F23794_12363.pdf&usg=AOvVaw0O7etLh-aQaCOC_5VCk2MZ. Acesso em: 3 ago. 2020.

YAMANE, A. Orthotic prescription. In: WEBSTER, J.; MURPHY, D. Atlas of orthoses and assistive devices. Philadelphia: Elsevier Health Sciences, 2017. E-Book. p. 2-6. Disponível em: https://books.google.com.br/books?id=6RNBDwAAQBAJ&printsec=frontcover&hl=pt-BR&source=gbs_ge_summary_r&cad=0#v=onepage&q&f=false. Acesso em: 2 jul. 2020.

Published

2021-04-15

How to Cite

Ribeiro, L. V. M., & Chahini, T. H. C. (2021). Tecnologias digitais de informação e comunicação em biblioteca universitária / Digital information and communication technologies in a university library. Brazilian Journal of Development, 7(4), 39331–39346. https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-408

Issue

Section

Original Papers