Geotecnologias no recadastramento urbano: propostas metodológicas / Geotechnologies in urban re-registration: methodological proposals

Authors

  • Daniella Farias Scarassatti Brazilian Journals Publicações de Periódicos, São José dos Pinhais, Paraná
  • Diogenes Cortijo Costa
  • Jorge Luiz Alves Trabanco

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-436

Keywords:

Cadastro Técnico Multifinalitário, SIG's, Fotos Aéreas, Administração Pública Municipal, Bases Cartográficas e Sensoriamento Remoto

Abstract

Entende-se por recadastramento a revisão e atualização do Cadastro Técnico Municipal (CTM) para permitir à administração do município o desempenho eficiente e eficaz da gestão pública, promovendo a justiça fiscal e tributária quanto ao uso do solo. Diante desse contexto, o presente trabalho discute metodologias para a revisão cadastral e como o uso integrado de diferentes geotecnologias permite a realização de mapeamentos para atualização da cartografia cadastral de forma precisa e com custos reduzidos. São analisados os processos de controle de qualidade que devem ser definidos criteriosamente para não haver redundâncias ou dificuldades de identificação de áreas para gerar um CTM confiável sem, no entanto, dispensar os trabalhos de coleta de dados em campo. Finalmente, são discutidas as práticas a serem adotadas quanto à introdução dos novos produtos cartográficos junto às temáticas do CTM e às diversas análises possíveis, como suporte à decisão de políticas urbanas.

References

Averbeck, C.E (2006). O Cadastro Técnico Multifinalitário, a Planta de Valores Genéricos e a Participação do Cidadão. In: VI Congresso Brasileiro de Cadastro Técnico Multifinalitário, 2006, Florianópolis, Santa Catarina. Anais do Congresso Brasileiro de Cadastro Técnico Multifinalitário, Florianópolis, Santa Catarina.

Costa, D. C (1996). Revisão Cadastral através de Fotos áreas ampliadas no Município de Campinas. In: VII Congresso Nacional de Engenharia de Agrimensura, Salvador, Anais, , p.424-427.

Costa, D.C.; Amarante, R. R; Scarassatti, D. F.(2005). Avaliação de bases cartográficas de cidades médias e grandes, face à ausência de metodologia de procedimentos para manutenção e atualização. In: XXII Congresso Brasileiro de Cartografia, Macaé, Rio de Janeiro.

Gonçalves, M. F.; Semeghini (2002). Uma metrópole Singular. In: Fonseca, R. B. et al (org.) Livro Verde: desafios para a gestão da região metropolitana de Campinas, Campinas, São Paulo: Instituto de Economia, Universidade Estadual de Campinas, p 27- 51.

Oliveira, F.(2006). Cartografia Cadastral e seus benefícios In: Seminário Regional Sudeste I Cadastro Técnico Territorial Multifinalitário, Ministério das Cidades, 1 a 4 de agosto de 2006.

Osório, N.. M. M., Brandalize, M. C. B, Antunes, A. F.B (2012). Uma metodologia para a estimação da perda de arrecadação do IPTU causada pela desatualização do Cadastro Imobiliário. Revista Brasileira de Cartografia N0 64/2: 249-255 Sociedade Brasileira de Cartografia, Geodésia, Fotogrametria e Sensoriamento Remoto ISSN

Published

2021-04-16

How to Cite

Scarassatti, D. F., Costa, D. C., & Trabanco, J. L. A. (2021). Geotecnologias no recadastramento urbano: propostas metodológicas / Geotechnologies in urban re-registration: methodological proposals. Brazilian Journal of Development, 7(4), 39739–39750. https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-436

Issue

Section

Original Papers