Violência de gênero nos contos “Terça-Feira Gorda” e “Sargento Garcia”, de Caio Fernando Abreu / Gender violence in the short stories “Terça-Feira Gorda” and “Sargento Garcia”, by Caio Fernando Abreu

Authors

  • Jéssica Maria Cruz Silva
  • Laiane Lima Freitas
  • Maria Fátima Paula dos Santos
  • Wilson Cavalcante Costa Júnior
  • Margareth Torres de Alencar Costa

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-494

Keywords:

Violência de gênero, “Terça-feira gorda”, “Sargento Garcia”, Caio Fernando Abreu.

Abstract

O objetivo deste trabalho consiste em refletir criticamente sobre a violência de gênero que marca os acontecimentos narrados nos contos “Terça-feira gorda” e “Sargento Garcia”, presentes no livro Morangos mofados, de autoria do escritor brasileiro Caio Fernando Abreu (2005). A discussão gira em torno do preconceito, violência e silenciamento, sofridos pelos personagens homossexuais no meio social em que vivem, na época da ditadura militar. É uma pesquisa de natureza bibliográfica, na qual utilizaram-se teóricos, como Butler (2003; 2017), Bourdieu (1989; 2012), Saffioti (1987; 2015), e Foucault (1995), dentre outros que corroboram com esta discussão. Para tal, realizou-se a análise dos contos: “Terça-feira gorda”, a partir do viés de vozes silenciadas e desejos oprimidos; e “Sargento Garcia”, partindo da premissa de gênero, poder e violência. Em linhas gerais, percebeu-se que a linguagem dos referidos contos opera com intuito de mostrar o preconceito e a violência sofrida pelos homossexuais na sociedade. Assim, a literatura é uma representação social viva ao mostrar, no texto ficcional, essa discriminação contra grupos que não se enquadram nos padrões de heteronormatividade.

References

ABREU, Caio Fernando. Morangos mofados. Rio de Janeiro: Agir, 2005.

ABREU, Caio Fernando. Sargento Garcia. In: ABREU, C. F. Morangos mofados. Rio de Janeiro: Agir, 2005. p. 44-57.

ABREU, Caio Fernando. Terça-feira gorda. In: ABREU, C. F. Morangos mofados. Rio de Janeiro: Agir, 2005. p. 30-33.

ALMEIDA, Guilherme Assis de; ZAPATER, Maíra Cardoso. Direito à igualdade e formas de discriminação contra a mulher. In Manual dos direitos da mulher. São Paulo: Editora Saraiva, 2013. p. 97-111.

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. Tradução: Maria Helena Kuhner. 11. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2012.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1989.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Tradução: Renato Aguiar. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

BUTLER, Judith. Regulações de gênero. In: BRANDÃO, I.; CAVALCANTI, C. L. C.; LIMA, A. C. A. (org.). Traduções da cultura: perspectivas críticas feministas (1970-2010). Florianópolis: Editora da UFSC, 2017. p. 692-716.

CANCLINI, Néstor García. Culturas Híbridas: Estratégias para Entrar e Sair da Modernidade. São Paulo: Edusp, 2003.

CANDIDO, Antonio. A personagem do romance. In: A Personagem de Ficção. São Paulo: Editora Perspectiva, 1968.

DA’MATTA, Roberto. Carnavais, malandros e heróis: para uma sociologia do dilema brasileiro. 6. ed. Rio de Janeiro: Rocco, 1997.

FOUCAULT, Michel. O Sujeito e o Poder. In: DREYFUS, Hubert; RABINOW, Paul (org.). Michel Foucault, uma trajetória filosófica: para além do estruturalismo e da hermenêutica. Tradução: Vera Porto Carrero. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1995. p. 231-250.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Ed. Centauro, 2006.

HUTCHEON, Linda. Poética do pós-modernismo. Tradução: Ricardo Cruz. Rio de Janeiro: Imago, 1991.

LAURETIS, Teresa de. A tecnologia do gênero. In: HOLLANDA, Heloisa Buarque de (org.). Tendências e impasses: o feminismo como crítica da cultura. Rio de Janeiro: Rocco, 1994, p. 206-242.

LOURO, Guacira Lopes. Um corpo estranho: ensaios sobre sexualidade e teoria queer. 2 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.

SAFFIOTI, Heleieth. Gênero, patriarcado, violência. 2. ed. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2015.

SAFFIOTI, Heleieth. O poder do macho. São Paulo: Moderna, 1987.

SCOTT, Joan. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação e Realidade, Rio Grande do Sul, v. 20, n. 2, p. 71-99, jul./dez. 1995. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/viewFile/71721/40667. Acesso em: 20 mar. 2021.

Published

2021-04-19

How to Cite

Silva, J. M. C., Freitas, L. L., Santos, M. F. P. dos, Júnior, W. C. C., & Costa, M. T. de A. (2021). Violência de gênero nos contos “Terça-Feira Gorda” e “Sargento Garcia”, de Caio Fernando Abreu / Gender violence in the short stories “Terça-Feira Gorda” and “Sargento Garcia”, by Caio Fernando Abreu. Brazilian Journal of Development, 7(4), 40605–40620. https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-494

Issue

Section

Original Papers