Labirintos da lembrança em ponciá vicêncio de Conceição Evaristo: memória, trauma e identidade/ Labyrints of remembering in ponciá vicêncio of Conceição Evaristo: memory, trauma and identity

Authors

  • Fábia Magalhães Dias Beviláqua
  • Janaira Caroline da Silva Rodrigues
  • Margareth Torres de Alencar Torres
  • Lucas Evangelista Saraiva Araújo
  • Natanael de Mâcedo Carvalho

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-502

Keywords:

Trauma, Memória, Identidade, Ponciá Vivêncio, Conceição Evaristo.

Abstract

A memória transcende a noção individual do processo de construção da identidade e perspassa a noção coletividade, tornando-se memória e identidades coletivas. Há feridas que percorrem a memória, isto é, traumas e são estes que dão brecha para que essa identidade coletiva seja evocada. Diante disso, o objetivo geral dessa pesquisa é comprrender como a Memória, Trauma e Identidade são abordados/trabalhados na obra Ponciá Vivêncio, de Conceição Evaristo. Para isso, levantamos o seguinte problema: Como a memória, o trauma e e identidade são abordados/trabalhados na obra Ponciá Vivêncio, de Conceição Evaristo.

References

BARROS, M. L. P. de. O discurso da memória: entre o sensível e o inteligível. Tese (Doutorado em Linguística) – Programa de Pós-Graduação em Semiótica e Linguística Geral, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

DUARTE, Constância Lima; NUNES, Isabella Rosado (Orgs). Escrevivência: a escrita de nós: reflexões sobre a obra de Conceição Evaristo. Rio de Janeiro: Mina Comunicação e Arte, 2020.

EVARISTO, Conceição. A Escrevivência e seus subtextos. In: Escrevivência: a escrita de nós: reflexões sobre a obra de Conceição Evaristo. DUARTE, Constância Lima; NUNES, Isabella Rosado (Orgs.). Rio de Janeiro: Mina Comunicação e Arte, 2020.

______. Depoimento no I Colóquio de Escritoras Mineiras. Literafro, Belo Horizonte, maio. 2009. Disponível em: <http://www.letras.ufmg.br/literafro/autoras/188-conceicao-evaristo>. Acesso em: 28 mar. 2021.

______. Ponciá Vicêncio. 3. ed. Rio de Janeiro: Pallas, 2017.

HALBWACHS, M. A memória coletiva. 2. ed. São Paulo: Vértice, 1990.

IZQUIERDO, I. Memória. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2018.

KILOMBA, G. Memórias da plantação: episódios de racismo cotidiano. Rio de Janeiro: Cobogó, 2019.

LIMA, A. R. de S. Autoficção e memória em El lute camina o revienta, de Eleutério Sanchez. Dissertação (Mestrado em Literatura) – Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2019.

MORRISON, Toni. Amada. São Paulo: Nova Cultural, 1987.

RAMOS, Celiomar Porfírio; ALMEIDA, Marinie. Conceição Evaristo: uma escrita de corpos femininos marcados pela violência. Revista Athena, vol. 17, n. 2, 2019.

SANTOS, Myrian. Sobre a autonomia das novas identidades coletivas: alguns problemas teóricos. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 13, n. 38, p. 151-165, out. 1998. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69091998000300010>. Acesso em: 20 mar. 2019.

SARLO, B. Tempo Passado: cultura da memória e guinada subjetiva. São Paulo: Companhia das Letras; Belo Horizonte: UFMG, 2007.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. 2000. A história como trauma. In: NESTROVSKI, A.; SELIGMANN-SILVA, Márcio (Orgs). Catástrofe e Representação. São Paulo: Escuta, 2000. p. 73-98.

SOUSA E SILVA, Assunção de Maria. Ponciá Vicêncio, memórias do eu rasurado. Crítica. Literafro. 2021. Disponível em: <http://www.letras.ufmg.br/literafro/autoras/29-critica-de-autores-feminios/191-poncia-vicencio-memorias-do-eu-rasurado-critica>. Acesso em: 28 fev. 2020.

Published

2021-04-20

How to Cite

Beviláqua, F. M. D., Rodrigues, J. C. da S., Torres, M. T. de A., Araújo, L. E. S., & Carvalho, N. de M. (2021). Labirintos da lembrança em ponciá vicêncio de Conceição Evaristo: memória, trauma e identidade/ Labyrints of remembering in ponciá vicêncio of Conceição Evaristo: memory, trauma and identity. Brazilian Journal of Development, 7(4), 40714–40731. https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-502

Issue

Section

Original Papers