Uma proposição didática para o ensino de fisiologia na realidade da educação no campo / A teaching proposition for teaching physiology in the reality of education in the field

Authors

  • Thiago Ferreira Abreu Brazilian Journals Publicações de Periódicos, São José dos Pinhais, Paraná
  • Thalles Pinto de Souza
  • Carin Vieira Weiss
  • Lucas Gonçalves de Oliveira
  • José Carlos Poppl Neto
  • Gabriel de Moraes Siqueira
  • Paula Regina Humbelino de Melo
  • Luana Braiz Gonçalvez

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-568

Keywords:

Metodologia de Ensino, Ensino de Ciências, Educação no Campo

Abstract

A ementa de fisiologia, geralmente correspondente ao oitavo ano do Ensino Fundamental é extremamente desafiadora, especialmente nos tópicos sobre o sistema endócrino, o qual estuda a composição hormonal em certos organismos. Para esses estudantes, o tema em questão pode ser demasiadamente abstrato, tendo em vista que é necessário a compreensão de diversos outros para que haja uma efetiva compreensão dos mecanismos fisiológicos. Deste modo, o objetivo deste trabalho é pontuar uma estratégia didática que pode ser utilizada em escolas de zona rural, contextualizando os conhecimentos científicos à realidade dos estudantes da Educação no Campo. Nesse sentido, acreditamos que práticas como essas podem contribuir positivamente para um ensino e aprendizado significativo, concorrendo para a alfabetização científica, tanto por parte dos estudantes, quanto dos próprios produtores, além de beneficiar por meio do conhecimento científico, uma comunidade inserida nos saberes da Educação no Campo.

 

References

AUSUBEL, D. P. Aquisição e retenção de conhecimentos: uma perspectiva cognitiva. Lisboa: Plátano Edições Técnicas, 2003.

CALDART, R. S.; MOLINA, M. C. Sobre educação do campo. Por uma educação do campo, v. 7, 2008.

Chassot, A. Alfabetização científica: uma possibilidade para a inclusão social. Revista Brasileira de Educação, 22. pp. 89-100, 2003.

DEL PINO, J.C. et al. Química do cotidiano: pressupostos teóricos para a elaboração

de material didático alternativo. Espaços na Escola. 1993.

ESTEVAM, Dimas de Oliveira. Casa Familiar Rural: a formação como base na pedagogia da alternância em Santa Catarina. 2003. Dissertação (mestrado) – Centro Sócio-Econômico, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, 2003.

FIALHO, N. N.; MATOS, E. L. M. A arte de envolver o aluno na aprendizagem de ciências. Educar em Revista, Curitiba, v. 2, n. esp. p. 121-136, 2010.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

GALVÃO, V. S. O ensino da fisiologia humana. Um estudo com estudantes da fonoaudiologia envolvendo o tema ‘homeostasia’. Investigações em Ensino de Ciências, v. 14, n. 2, p. 255-280, 2016.

KISHIMOTO, T. M. Jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. São Paulo: Cortez, 1996.

REGINALDO, C. C.; SHEID, N. J.; GÜLLICH, R. I. D. C. O ensino de ciências e a experimentação. In: IX SEMINÁRIO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO DA REGIÃO SUL, 2012, Caxias do Sul. Anais [A pós-graduação e suas interlocuções com a Educação Básica].

Published

2021-04-23

How to Cite

Abreu, T. F., de Souza, T. P., Weiss, C. V., de Oliveira, L. G., Neto, J. C. P., Siqueira, G. de M., de Melo, P. R. H., & Gonçalvez, L. B. (2021). Uma proposição didática para o ensino de fisiologia na realidade da educação no campo / A teaching proposition for teaching physiology in the reality of education in the field. Brazilian Journal of Development, 7(4), 41666–41672. https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-568

Issue

Section

Original Papers