Satisfação de pacientes quanto ao serviço de fisioterapia oferecido pela unidade básica de saúde do bairro da floresta em Santarém/PA / As patient satisfaction to physical therapy service offered for basic unit forest neighborhood health Santarém /PA

Authors

  • John Henry de Oliveira Vale Brazilian Journals Publicações de Periódicos, São José dos Pinhais, Paraná
  • Sávio Augusto de Sousa Moraes
  • Marcela Godinho Miranda do Vale
  • Jackson Celso Pereira Pires
  • Ramon Henrique da Silva Gonçalves

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-596

Keywords:

Satisfação. Usuário. Fisioterapia.

Abstract

Introdução: A satisfação é um conceito que passou a ser muito discutido através da criação do SUS na década de 90 e introduzido como parte das políticas de saúde. A Fisioterapia enquanto profissão da área de saúde visa está interligada com essas estratégias. Para aferir a qualidade do atendimento, foi utilizado um questionário para avaliar a satisfação dos usuários na área de Fisioterapia em uma Unidade de saúde na cidade de Santarém (PA). Materiais e métodos: A amostra realizada com 15 pacientes do ambulatório de Fisioterapia e aplicação de um questionário de satisfação com 35 questões de múltipla escolha. Os dados sócios demográficos e as informações sobre a satisfação dos pacientes foram tabuladas através de médias, frequências e porcentagens. Resultados: Os usuários apresentaram uma média de idade de 47,46 anos, com baixa escolaridade, com 60% no ensino fundamental, renda em torno 1 a 3 salários mínimos, pacientes sem acesso a plano de saúde e dependentes desse serviço. A satisfação de um modo geral atingiu conceitos máximos em 60% dos entrevistados, com avaliações extremamente positivas sobre a interação com o fisioterapeuta, porém ainda tiveram conceitos negativos que estão mais relacionados ao ambiente e a marcação das consultas. Conclusões: A alta confiabilidade no profissional e conceitos elevados sobre a satisfação dos pacientes são atestados pela convicção hipotética de retorno e indicação dos serviços a outros pacientes que avaliaram positivamente em 90 % dos casos.

References

AHARONY L, STRASSER S. Patient satisfaction: what we know about and what we still need to explore. Medical Care Review, v. 50, n. 1, p. 49-79, 1993.

BRITO T.A, DE JESUS C.S, FERNANDES M.H. Fatores associados a satisfação dos usuários em serviços de fisioterapia. Revista Baiana de Saúde Pública, v. 36, n. 2, p. 514-526, 2012.

BROWDER J.O. E GODFREY, B. J. Rainforest Cities. Urbanization, Development and Colonization of the Brazilian Amazon. Columbia University Press, New York, 1997, 429 pp.

FREZ A.R, NOBRE M.I.R.S. Satisfação dos usuários dos serviços ambulatoriais de fisioterapia da rede pública. Fisioterapia em Movimento, v. 24, n. 3, p. 419-428, 2011.

GOLDSTEIN M.S, ELLIOT S.D, GUCCIONE A.A. The development of an instrument to measure satisfaction with physical therapy. Physical Therapy, v. 80, n. 9, p. 853-863, 2000.

GONÇALVES J.R, VERAS F.E.L, MATOS A.C.M, et al. Avaliação da satisfação dos pacientes submetidos a intervenção fisioterapêutica no município de Campo Maior – PI. Fisioterapia em Movimento, v. 24, n. 1, p. 47-56, 2011.

KARLOH K, SILVESTRE M.V, SANTOS G.M. Prevalência de distúrbios da traumato-ortopédicos e reumatológicos atendidos na fisioterapia pelo sistema único de saúde do meio oeste de Santa Catarina. Revista Saúde Pública de Santa Catarina, v. 8, n. 1, p. 58-68, 2015.

LINDER-PELZ S, STRUENING E.L. The multidimensionality of patient satisfaction with a clinic visit. Journal Community Health, v. 10, n. 1, p. 42-54, 1985.

MACHADO N.P, NOGUEIRA L.T. Avaliação da satisfação dos usuários de serviços de fisioterapia. Revista Brasileira de Fisioterapia, v. 12, n. 5, p. 401-408, 2008.

MOREIRA C.F, BORBA J.A.M, MENDONÇA K.M.P.P. Instrumento para aferir a satisfação do paciente com assistência fisioterapêutica na rede pública de saúde. Fisioterapia e Pesquisa, v. 14, n. 3, p. 37-43, 2007.

NASCIMENTO M.C, SAMPAIO R.F, SALMELA J.H, et al. A profissionalização da fisioterapia em Minas Gerais. Revista Brasileira de Fisioterapia, v. 10, n. 2, p. 241-247, 2006.

NAVES C.R, BRICK V.S. Análise quantitativa e qualitativa do nível de conhecimento dos alunos do curso de fisioterapia sobre atuação do fisioterapeuta em saúde pública. Revista Ciência & Saúde Coletiva, v. 16, n. 1, p. 1525-1534, 2011.

PERECIN J.C, BENICIO N.C.D, GASTALDI A.C, et al. Teste de caminhada de seis minutos em adultos eutróficos e obesos. Revista Brasileira de Fisioterapia, v. 7, n. 3, p. 245-251, 2003.

RODRIGUES R.M, RAIMUNDO C.B, SILVA K.C. Satisfação dos usuários dos serviços privados de fisioterapia do município de Campos dos Goytacazes – RJ. Revista Perspectiva (Online), v. 4, n. 14, p. 163-180, 2010.

SIQUEIRA F.C.V, FACHINI L.A, SILVEIRA D.S, et al. Barreiras arquitetônicas a idosos e portadores de deficiência física: um estudo epidemiológico da estrutura física das unidades básicas de saúde em sete estados do Brasil. Revista Ciência & Saúde Coletiva, v. 14, n. 1, p. 39-44, 2009. SITZIA J, WOOD N. Patient satisfaction: a review of issues and concepts. Social Science and Medicine, v. 45, n. 12, p. 1829-1843, 1997.

SUDA E.Y, MISSAE D.U, VELASCO E. Avaliação da satisfação dos pacientes atendidos em uma clínica-escola de fisioterapia de Santo André - SP. Revista Fisioterapia e Pesquisa, v 16, n. 2, p.126-131, 2009.

Published

2021-04-26

How to Cite

Vale, J. H. de O., Moraes, S. A. de S., do Vale, M. G. M., Pires, J. C. P., & Gonçalves, R. H. da S. (2021). Satisfação de pacientes quanto ao serviço de fisioterapia oferecido pela unidade básica de saúde do bairro da floresta em Santarém/PA / As patient satisfaction to physical therapy service offered for basic unit forest neighborhood health Santarém /PA. Brazilian Journal of Development, 7(4), 42073–42085. https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-596

Issue

Section

Original Papers