Perfil epidemiológico dos casos de Sífilis em gestantes no Estado do Amapá, de 2016 a 2020 / Epidemiological profile of syphilis cases in pregnant women in the State of Amapá, from 2016 to 2020

Authors

  • Weslley Lieverson Nogueira do Carmo
  • Andrew Luiz Rodrigues de Melo
  • Renan Ferreira Pereira
  • Camila Cibele dos Santos Holanda Ramos
  • Cíntia do Socorro Matos Pantoja
  • Silvana Rodrigues da Silva
  • Mardonio Nogueira do Carmo
  • Nilma da Silva Pureza

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv7n12-717

Keywords:

Sífilis gestacional. Perfil Epidemiológico. Amapá.

Abstract

A sífilis apesar de facilmente detectável e tratavel com baixo custo e alta efetividade, continua se contituindo um grave problema de saúde pública, incluindo a sífilis gestacional. o objetivo deste estudo é analisar o perfil epidemiológico dos casos de sífilis em gestante do Estado do Amapá, no período de 2016 a 2020. Trata-se de Trata-se de um estudo epidemiológico descritivo, com abordagem quantitativa, a partir de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação e Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica. Foram considerados dados referentes ao número de casos, Casos de gestantes com sífilis segundo idade gestacional, Distribuição percentual de casos de gestantes com sífilis segundo idade gestacional, Distribuição percentual de casos de gestantes com sífilis segundo faixa etária, Distribuição percentual de casos de gestantes com sífilis segundo escolaridade, proporção de gestantes com pelo menos 6 (seis) consultas pré-natal realizadas, sendo a primeira até a 20ª semana de gestação e a  Proporção de gestantes com realização de exames para sífilis e HIV. Concluiu-se que houve tendência de crescimento neste quadriênio dos casos de sífilis em gestantes 2016 a 2020 no Estado do Amapá relacionado a: diagnóstico tardio, baixa cobertura de testagem, mulheres jovens de baixa escolaridade. Se faz necessário maior efetividade das ações de atenção primária à saúde relacionada a captação precoce da gestante e efetivação do pré-natal do parceiro, acesso a exames, tratamento e demais estratégias da atenção primária à saúde.

 

References

ALMEIDA, Maria da Conceição C; AQUINO, Estela M. L.; BARROS, Antoniel Pinheiro de. School trajectory and teenage pregnancy in three Brazilian state capitals. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 22(7):1397-1409, jul, 2006

BARBOSA, Débora Regina Marques et al. Perfil Epidemiológico dos Casos de Sífilis Gestacional. Rev enferm UFPE [on line], Recife, 11(5):1867-74, maio, 2017. Disponível em: <https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/23335>. Acesso em 09 nov 2021.

BERLOFI, Luciana Mendes et al. Prevenção da reincidência de gravidez em adolescentes: efeitos de um Programa de Planejamento Familiar. Acta Paulista de Enfermagem [online]. 2006, v. 19, n. 2 [Acessado 11 Novembro 2021] , pp. 196-200. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S0103-21002006000200011>. Epub 17 Set 2007. ISSN 1982-0194. https://doi.org/10.1590/S0103-21002006000200011.

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS) Departamento de Saúde da Família – DESF. Cobertura da Atenção Básica. Disponível em:< https://egestorab.saude.gov.br/paginas/acessoPublico/relatorios/relHistoricoCoberturaAB.xhtml>. Acesso em 09 nov 2021.

____________.Ministério da Educação. Projeto “Sífilis Não” muda cenário da doença no Brasil. Disponívem em: https://www.gov.br/mec/pt-br/assuntos/noticias/projeto-201csifilis-nao201d-muda-cenario-da-doenca-no-brasil. Acesso em 17 nov 2021 b.

____________. Ministério da Saúde. PORTARIA Nº 3.222, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2019. Dispõe sobre os indicadores do pagamento por desempenho, no âmbito do Programa Previne Brasil. Disponível em: http://www.in.gov.br/en/ web/dou/-/portaria-n-3.222-de-10-de-dezembro- -de-2019-232670481.

____________. Ministério da Saúde. Indicadores e Dados Básicos da Sífilis nos Municípios Brasileiros. Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis – DCCI. Disponível em: <http://indicadoressifilis.aids.gov.br/>. Acesso em 09 de nov de 2021.

____________. Ministério da Saúde. PORTARIA Nº 2.979, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2019. Institui o Programa Previne Brasil, que estabelece novo modelo de financiamento de custeio da Atenção Primária à Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde, por meio da alteração da Portaria de Consolidação nº 6/GM/ MS, de 28 de setembro de 2017. Disponível em: http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-2. 979-de-12-de-novembro-de-2019-227652180.

CABRAL, Beatriz Távina Viana et al. Sífilis em Gestante e Sífilis Congênita: Um estudo retrospectivo. Revista Ciência Plural. 3(3):32-44. 2017

CAVALCANTE, Patrícia Alves de Mendonça; PEREIRA, Ruth Bernardes de Lima; CASTRO, José Gerley Diaz. Sífilis gestacional e congênita em Palmas, Tocantins, 2007-2014. Epidemiologia e Serviços de Saúde [online]. 2017, v. 26, n. 2 [Acessado 9 Novembro 2021] , pp. 255-264. Disponível em: <https://doi.org/10.5123/S1679-49742017000200003>. ISSN 2237-9622. https://doi.org/10.5123/S1679-49742017000200003.

DOMINGUES, Rosa Maria Soares Madeira et al. Access to and utilization of prenatal care services in the Unified Health System of the city of Rio de Janeiro, Brazil. Revista Brasileira de Epidemiologia [online]. 2013, v. 16, n. 04 [Acessado 11 Novembro 2021] , pp. 953-965. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S1415-790X2013000400015>. ISSN 1980-5497. https://doi.org/10.1590/S1415-790X2013000400015.

FERNANDES, Ana Catarina Mattos et al. Perfil epidemiológico dos casos de sífilis em gestantes no município de Macapá, Amapá, de 2015 a 2017. Braz. J. Hea. Rev., Curitiba, v. 2, n. 6, p. 4993-5002 nov./dec. 2019.

FIGUEIREDO, Daniela Cristina Moreira Marculino de et al. Relação entre oferta de diagnóstico e tratamento da sífilis na atenção básica sobre a incidência de sífilis gestacional e congênita. Cadernos de Saúde Pública [online]. 2020, v. 36, n. 3 [Acessado 9 Novembro 2021] , e00074519. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/0102-311X00074519>. Epub 23 Mar 2020. ISSN 1678-4464. https://doi.org/10.1590/0102-311X00074519.

HORTA, Heloisa Helena Lemos et al. Pré-natal do parceiro na prevenção da sífilis congênita / Partner prenatal care in preventing congenital syphilis. Rev. APS ; 20(4): 623-627, 2017.

Marques, João Vitor Souza et al. Perfil Epidemiológico da Sífilis Gestacional: Clínica e Evolução de 2012 a 2017. SANARE, Sobral - v.17 n.02, p.13-20, Jul./Dez. – 2018. Disponível em: https://sanare.emnuvens.com.br/sanare/article/view/1257. Acesso em em 09 nov 2021.

OPAS (Organização Panamericana de Saúde). Elimination of mother-to-child transmission of HIV and syphilis in the Americas (Update 2016). Washington DC: Pan American Health Organization; 2016. Disponível em: <https://iris.paho.org/handle/10665.2/34072>. Acesso em 09 de nov de 2021.

MOURA, Laís Norberta Bezerra de; GOMES, Keila Rejane Oliveira. Planejamento familiar: uso dos serviços de saúde por jovens com experiência de gravidez. Ciência & Saúde Coletiva [online]. 2014, v. 19, n. 03 [Acessado 11 Novembro 2021] , pp. 853-863. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/1413-81232014193.10902013>. ISSN 1678-4561. https://doi.org/10.1590/1413-81232014193.10902013.

SANTOS, Ezequiel Moura dos. A importância do Pré-natal do Parceiro para a vinculação do trinômio: A educação popular em saúde como facilitadora deste processo. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n. 11 , p.86808-86818, nov. 2020. Disponível em: < https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/19679/15770>. Acesso em 11 nov 2021.

SANTOS, Roberta Luciele Blaas dos et al. Atenção no pré-natal de baixo risco na ótica de puérperas. Rev Enferm UFSM. Out./Dez.; 5 (4): 628-637, 2015. Disponível em: < https://periodicos.ufsm.br/reufsm/article/view/16071/pdf>. Acesso em 11 nov 2021.

VASCONCELOS, Lidiane Assunção de. Congenital Syphilis: Epidemiological Analysis in the State of Amapá, 2016 to 2018. Research, Society and Development, 9(7): 1-17, e781974535, 2020. Disponível em: <https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/4535>. Acesso em 09 de nov de 2021.

Published

2021-12-30

How to Cite

Carmo, W. L. N. do, Melo, A. L. R. de, Pereira, R. F., Ramos, C. C. dos S. H., Pantoja, C. do S. M., Silva, S. R. da, Carmo, M. N. do, & Pureza, N. da S. (2021). Perfil epidemiológico dos casos de Sífilis em gestantes no Estado do Amapá, de 2016 a 2020 / Epidemiological profile of syphilis cases in pregnant women in the State of Amapá, from 2016 to 2020. Brazilian Journal of Development, 7(12), 120772–120784. https://doi.org/10.34117/bjdv7n12-717

Issue

Section

Original Papers