Analysis of antimicrobial and psychotropic prescriptions in the central medication unit of the city of Guaramirim (Santa Catarina State - Brazil) / Análise de prescrições de antimicrobianos e psicotrópicos na unidade central de medicamentos da cidade de Guaramirim (Estado de Santa Catarina - Brasil)

Authors

  • Carla Joice Tomczak Olczyk Brazilian Journals Publicações de Periódicos, São José dos Pinhais, Paraná
  • Eduardo Manoel Pereira

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-443

Keywords:

prescription, prescription error, psychotropics, antimicrobials, pharmaceutical legislation.

Abstract

The doctor’s prescription defines the patient’s treatment. In order to use medicine within maximum efficacy and minimum toxicity parameters, the prescription must be properly filled and readable. Although specific laws are applied to guide prescription elaboration, errors persist, and depending on its nature, they may cause from lack of efficacy to adverse effects. The purpose of this study was to evaluate the quality of prescriptions for psychotropic and antimicrobial drugs dispensed by the central pharmacy of the city of Guaramirim, Santa Catarina state, from February 1 to April 30, 2019. A total of 3,780 prescriptions were analyzed, 3,388 of psychotropic drugs and 392 of antimicrobials. The most frequent errors found were omission of telephone number, and address of patients and physicians. Regarding the drugs prescribed, it was observed lack of information on dose, route, and quantity of the drugs, and also the frequent presence of non-standard abbreviations. Most prescriptions were readable, but despite typed prescriptions may solve illegibility issues, which did not reach homogeneously data omission, and it is essential that pharmacists position themselves so as not to dispense wrong prescriptions and that patients demand greater clarification of the prescription at the time of consultation.

References

ANANIAS, K. C.; PSCHEIDT, M. Avaliação da qualidade das prescrições aviadas em uma farmácia privada da região norte de Santa Catarina. 2016. 20 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação - Farmácia), Universidade da Região de Joinville, Joinville (SC).

AZEVEDO, L. S. et al. Avaliação da adequação legal de receitas e notificações de receita de medicamentos sujeitos a controle especial dos setores públicos e privados. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada, v. 32, p. 3, p. 401-417, 2011.

BANDEIRA, V. S. C. et al. Análise das prescrições dispensadas em uma unidade básica de saúde do município de Ijuí – RS. Revista Saúde (Santa Maria), v. 41, n. 1. p. 229-238, 2014.

BELELA, A. S. C.; PEDREIRA, M. L. G.; PETERLINI, M. A. S. Erros de medicação em pediatria. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 64, n. 3, p. 563-569, 2011.

BOB, A. et al. The epidemiology of prescribing errors. Archives of Internal Medicine, v. 164, p. 785-792, 2014.

BRAGA, H. Avaliação da qualidade da prescrição para dispensação de medicamentos controlados e antimicrobianos em uma farmácia privada de Joinville. 2016. 18 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação – Farmácia). Departamento de Farmácia, Universidade da Região de Joinville, Joinville (SC).

BRAGA, H. S.; CRESPO, J. M. R. S. Estudo farmacoepidemiológico sobre medicamentos na cidade de Muriaé (MG): uma análise dos aspectos legais das prescrições. Revista Científica de Faminas, v. 11, n. 2, p. 75-91, 2015.

BRASIL. Ministério da saúde. Lei nº 5.991, de 17 de dezembro de 1973. Dispõe sobre o controle sanitário do comércio de drogas, medicamentos, insumos farmacêuticos e correlatos, e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília 19 de setembro de 1973.

BRASIL. Decreto Federal nº. 793-5, de 6 de abril de 1993. Altera os decretos nºs 74170, de 10 de junho 1974 e 79094, de 5 de janeiro de 1977, que regulamentam, respectivamente, as Leis nº 5991, de 17 de janeiro de 1973 e 6360, de 23 de setembro de 1976 e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 6 abr 1993.

BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Portaria nº. 344, de 12 de maio de 1998. Aprova o Regulamento Técnico sobre substâncias e medicamentos sujeitos a controle especial. Diário Oficial da União. Brasília, 15 mai 1998. Disponível em: URL <http://elegis.anvisa.gov.br/leisref/public/showAct.php?id=20054&word=#’>. Acesso em: 19 de agosto de 2019.

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) nº 20, de 5 de maio de 2011. Dispõe sobre o controle de medicamentos à base de substâncias classificadas como antimicrobianos, de uso sob prescrição, isoladas ou em associação. Diário Oficial da União, Brasília, 9 de maio de 2011.

BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Nota técnica sobre a RDC 20/2011. Brasília, 10 out 2011. Disponível em <https://crfms.org.br/upload/nota-tecnica-antimicrobianos-e-sngpc-versao-2-0.pdf>. Acesso em 30 out 2019.

CONSELHO FEDERAL DE FARMÁCIA. Resolução nº 357, de 20 de abril de 2001. Aprova o regulamento técnico das boas práticas farmacêuticas. Disponível em: <http://www.cff.org.br/userfiles/file/resolucoes/357.pdf> Acesso em 01 de setembro de 2019.

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA. Código de Ética Médica. Brasília: Conselho Federal de Medicina. 2019. Disponível em < https://portal.cfm.org.br/images/PDF/cem2019.pdf>. Acesso em 01 de novembro de 2019.

CRUZ, S.; BRAGA, T. F. Avaliação dos aspectos legais das prescrições de medicamentos em duas farmácias comunitárias de dispensação privada no norte de Santa Catarina. 2015. 22 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação – Farmácia). Departamento de Farmácia, Universidade da Região de Joinville, Joinville (SC).

EV, L. S.; GUIMARÃES, A. G.; CASTRO, V. S. Avaliação das Prescrições Dispensadas em uma Unidade Básica de Saúde do Município de Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil. Latin American Journal of Pharmacy, v. 27, n. 4, p. 543-547, 2008.

FERREIRA, T. A.; FERREIRA, F. D. Qualidade da Prescrição de Antimicrobianos Comercializados na Região Noroeste do Paraná, Brasil. SaBios: Revista Saúde e Biologia, v.10, n.1, p.137-143, 2015.

FUCHS, F.D.; WANNMACHER, L.; FERREIRA, M. B. C. Farmacologia Clínica e Terapêutica. 5. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2017.

GUZZATTO, P.; BUENO, D. Análise de prescrição medicamentosas dispensadas na Farmácia de uma Unidade Básica de Saúde de Porto Alegre – RS. Revista HCPA, v. 27, n. 3, p. 20-26, 2008.

KHOJA, T. Medication errors in primary care in Riyadh City, Saudi Arabia. Eastern Mediterranean Health Journal, v. 17, p. 156–159, 2011.

LEITE, S.N.; VIEIRA, M.; VEBER, A.P. Estudos de utilização de medicamentos: uma síntese de artigos publicados no Brasil e América Latina. Ciência & Saúde Coletiva, v. 13, p. 793-802, 2008.

MARTINS B. M.; SOUZA L. M. G.; TORRES M. L. D.; FIRMO W. C. A. Análise de prescrição médica de antibióticos de uma farmácia comercial do município de Imperatriz – MA. Revista Científica do ITPAC, v. 7, n. 4, p. 1-9, 2014.

MASTROIANNI, P. C. Análise dos aspectos legais das prescrições de medicamentos. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada. v. 30, n. 2, p. 173-176, 2009.

MIASSO, A. I.; CASSIANI, S. H. B. Erros na administração de medicamentos: divulgação de conhecimentos e identificação do paciente como aspectos relevantes. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 34, n. 1, p. 16-25, 2000.

NOTO, A. R. et al. Análise da prescrição e dispensação de medicamentos psicotrópicos em dois municípios do Estado de São Paulo. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 24, nº 2, p. 68-73, 2002.

SANTOS, A.; REBELLO, K. F. Avaliação dos aspectos legais das prescrições de medicamentos em duas farmácias de dispensação privada. 2016, 16 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação – Farmácia). Departamento de Farmácia, Universidade da Região de Joinville, Joinville (SC).

SIMÕES, A. C. S.; TESTONI, E. E.; PEREIRA, E. M. Avaliação da qualidade da prescrição para dispensação de medicamentos antimicrobianos e psicotrópicos de uma UBS de Joinville. In: Conhecimentos e Desenvolvimento de Pesquisas nas Ciências da Saúde 2. Ponta Grossa: Atena. 2020. Chap. 16, p. 151-164. DOI: 10.22533/at.ed.78520171116

SILVÉRIO, M. S.; LEITE, I. C. G. Qualidade das prescrições em município de Minas Gerais: uma abordagem farmacoepidemiológica. Revista Associação Médica Brasileira, v. 56, n. 6, p. 675-80, 2010.

VALADÃO, A. F. et al. Estudos das prescrições de medicamentos nas unidades básica de saúde de Coronel Fabriciano – MG, quanto aos preceitos legais. Revista Brasileira de Farmácia, v. 89, n. 4, p. 298-301, 2008.

VALENTINI, M. H. et al. Análise da qualidade de prescrições de antimicrobianos comercializados em uma drogaria da Região Norte do Rio Grande do Sul. HU Revista, v. 43, n. 1, p. 19-24, 2017.

WANDERLEY, V. E.; MAIA, J. A.; VILELA, R. Q. B. A Prescrição medicamentosa ambulatorial no internato: formação e prática. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 34, n. 2, p. 216-226, 2010.

ZAVALETA-BUSTOS, M. et al. Prescrtiption errors in a primary care university unit: urgency of pharmaceutical care in Mexico. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, v. 44, n. 1, p. 115-125, 2008.

Downloads

Published

2022-05-20

How to Cite

Olczyk, C. J. T., & Pereira, E. M. (2022). Analysis of antimicrobial and psychotropic prescriptions in the central medication unit of the city of Guaramirim (Santa Catarina State - Brazil) / Análise de prescrições de antimicrobianos e psicotrópicos na unidade central de medicamentos da cidade de Guaramirim (Estado de Santa Catarina - Brasil). Brazilian Journal of Development, 8(5), 39527–39542. https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-443

Issue

Section

Original Papers