Estudo epidemiológico dos casos de Dengue no Nordeste brasileiro entre 2012 e 2021

Epidemiological study of Dengue cases in Northeastern Brazil between 2012 and 2021

Authors

  • Sâmia Moreira de Andrade
  • Denise Alves Santos
  • Karlla Natielly Felix de Carvalho
  • Luís Marcelo Vieira Rosa
  • Ítalo Sávio Mendes Rodrigues
  • Luiz Gustavo de Freitas Pires
  • Juliana Carvalho Rocha Alves da Silva
  • Rodrigo Luís Taminato
  • Evaldo Hipólito de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv8n7-278

Keywords:

epidemiologia, doença negligenciada, Arbovírus, Dengue, Vírus da Dengue

Abstract

A dengue é uma doença infecciosa e não contagiosa transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti. O Brasil, um dos países com maior incidência de dengue, possui um clima chuvoso e úmido que favorecem o crescimento e reprodução do mosquito. Ainda, sua longa extensão territorial faz com que sejam necessárias medidas preventivas contra a dengue de forma descentralizada, sendo o conhecimento epidemiológico por grandes regiões necessário. Desta forma, o presente estudo teve como objetivo analisar o perfil epidemiológico dos casos de dengue reportados no nordeste brasileiro, entre os anos de 2012 e 2021. Foram recuperados dados selecionados do nordeste disponíveis no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). As variáveis consideradas foram: sexo, faixa etária, raça, escolaridade, unidade da federação, critérios de confirmação, idade gestacional e evolução. Houve uma prevalência de notificação de dengue no sexo feminino (57,26%), na faixa etária de 40 a 59 anos (22,07%) e etnia/cor parda (77,11%). A maior parte das informação referentes à escolaridade não foram preenchidas, sendo classificada na categoria Ignorado/Branco (76,6%). Os dados aqui apresentados poderão servir como base no processo de elaboração de políticas públicas por parte das autoridades de saúde do nordeste brasileiro, visando à redução do número de casos de dengue, bem como reforça a necessidade de um processo de notificação mais completo para que os pesquisadores epidemiologistas consigam discutir resultados mais concretos.

References

ABE, Adriana Helena M.; MARQUES, Solomar Martins; COSTA, Paulo Sérgio S. Dengue em crianças: da notificação ao óbito. Revista Paulista de Pediatria, v. 30, n. 2, p. 263-271, 2012.

BARBONE, Rúbia Cecília et al. Combate ao Aedes Aegypti e investigação epidemiológica de dengue na área de abrangência da unidade de atenção primária à saúde Sebastião Amorim II. Brazilian Journal of Health Review, v. 3, n. 3, p. 6853-6857, 2020.

BIASSOTI, Amabile Visioti; ORTIZ, Mariana Aparecida Lopes. Diagnóstico laboratorial da dengue. Uningá Review Journal, v. 29, n. 1, 2017.

DA SILVA, Eliane Oliveira; DOS SANTOS, Laís Ferrari. Dengue na Bahia: análise espaço-temporal entre os anos de 2007 e 2017. Revista de Saúde Coletiva da UEFS, v. 11, n. 2, p. e7189-e7189, 2021.

DERGAN, Marcela Raíssa Asevedo et al. Aspectos epidemiológicos do vírus da dengue em mulheres grávidas no Estado do Pará, no período de 2015 a 2019. Pesquisa, Sociedade e Desenvolvimento, v. 10, n. 1, pág. e20810111641-e20810111641, 2021.

DOS SANTOS, Leila Karoline Ferreira et al. Perfil epidemiológico da dengue em um estado do nordeste brasileiro, 2011 a 2015. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 11, n. 10, p. e423-e423, 2019.

FEITOSA, Eduardo L. et al. COVID-19: Rational discovery of the therapeutic potential of Melatonin as a SARS-CoV-2 main Protease Inhibitor. International Journal of Medical Sciences, v. 17, n. 14, p. 2133, 2020.

FEITOZA, Helena Albuquerque Catão et al. Os efeitos maternos, fetais e infantis decorrentes da infecção por dengue durante a gestação em Rio Branco, Acre, Brasil, 2007-2012. Cadernos de Saúde Pública. 2017, v. 33, n. 5.

GONÇALVES, Ronaldo Pinheiro et al. Contribuições recentes sobre conhecimentos, atitudes e práticas da população brasileira acerca da dengue. Saúde e sociedade, v. 24, p. 578-593, 2015.

KERR, Ligia et al. COVID-19 no Nordeste brasileiro: sucessos e limitações nas respostas dos governos dos estados. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, p. 4099-4120, 2020.

LETTRY, Tessália Cristina Ribeiro Novato; TOBIAS, Gabriela Camargo; TEIXEIRA, Cristiane Chagas. Perfil Epidemiológico De Dengue Em Senador Canedo-Goiás, Brasil. Uningá Journal, v. 58, p. eUJ3722-eUJ3722, 2021.

LIMA FILHO, Carlos Antônio et al. Perfil epidemiológico dos casos de dengue no estado de Pernambuco, Brasil. Research, Society and Development, v. 11, n. 2, p. e36711225891-e36711225891, 2022.

LIMA-COSTA, M. Fernanda et al. The Brazilian longitudinal studyofaging (ELSI-Brazil): objectivesand design. American Journal of Epidemiology, v. 187, n. 7, p. 1345-1353, 2018.

MATOS, Karen Giovana Leal; CORREA Iris Malato. Avaliação das principais causas de morbidade hospitalar na região metropolitana de Belém - PA no período de 2014 a 2018. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 13, n. 7, p. e7516, 2021.

MEHNDIRATTA, Sumit et al. Dengue fever in infants: report of three cases. Tropical Doctor, v. 47, n. 2, p. 173-176, 2017.

MENEZES, Ana Maria Fernandes et al. Epidemiological profile of dengue in Brazil between 2010 and 2019. Brazilian Journal of Health Review, v. 4, n. 3, p. 13047-13058, 2021.

MOURA, Yasmim SOUSA et al. Perfil epidemiológico dos casos notificados de coinfecção Leishmaniose Visceral/HIV no Piauí, Brasil no período de 2010 a 2019. Brazilian Journal of Health Review, v. 3, n. 6, p. 19595-19607, 2020.

NUNES, Matheus Rodrigues et al. Frequência de dengue na Região de Integração de Carajás, Pará, Brasil, entre os anos de 2009 a 2019. Brazilian Journal of Development, v. 7, n. 7, p. 70974-70984, 2021.

OLIVEIRA, Evaldo Hipólito et al. Análise epidemiológica dos casos de dengue no Estado do Maranhão, Brasil. Research, Society and Development, v. 9, n. 4, p. e78942491-e78942491, 2020.

OLIVEIRA, Rhaquel de Morais Alves Barbosa; ARAÚJO, Fernanda Montenegro de Carvalho; CAVALCANTI, Luciano Pamplona de Góes. Aspectos entomológicos e epidemiológicos das epidemias de dengue em Fortaleza, Ceará, 2001-2012. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 27, 2018.

PEREIRA, Alessandra Gonçalves Lisboa et al. Vigilância das síndromes neurológicas notificadas no HFSE em um contexto de epidemia de Zika, chikungunya e dengue. Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção, v. 8, n. 3, p. 261-267, 2018.

RODRIGUES, Meire da Silva Pereira et al. Repercussões da emergência do vírus Zika na saúde da população do estado do Tocantins, 2015 e 2016: estudo descritivo. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 29, 2020.

SIL, Archan et al. Neurologicalmanifestations in childrenwith dengue fever: an Indian perspective. Tropical doctor, v. 47, n. 2, p. 145-149, 2017.

SILVA, Maria Beatriz Araújo et al. Perfil das arboviroses Dengue, Chikungunya e Zika no Distrito Sanitário III do município de Recife (Brasil). Revista Brasileira de Meio Ambiente, v. 9, n. 1, 2021.

SINGHI, Sunit; KISSON, Niranjan; BANSAL, Arun. Dengue e dengue hemorrágico: aspectos do manejo na unidade de terapia intensiva. Jornal de Pediatra, v. 83, n. 2, p. S22-S35, 2007.

SOARES, Arthur Pontes de Miranda Ramos et al. Prognóstico da incidência de casos de dengue na cidade de Salvador–Bahia, utilizando a transformada wavelet discreta em conjunção com redes neurais artificiais. Interfaces Científicas-Saúde e Ambiente, v. 6, n. 3, p. 53-62, 2018.

SOUZA, Angel Izar Soares et al. Casos notificados de dengue no Estado do Piauí entre os anos de 2015 a 2019. Research, Society and Development, v. 9, n. 11, p. e59691110231-e59691110231, 2020.

ZARA, Ana Laura de Sene Amâncio et al. Estratégias de controle do Aedes aegypti: uma revisão. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 25, p. 391-404, 2016.

Published

2022-07-22

How to Cite

Andrade, S. M. de, Santos, D. A., Carvalho, K. N. F. de, Rosa, L. M. V., Rodrigues, Ítalo S. M., Pires, L. G. de F., Silva, J. C. R. A. da, Taminato, R. L., & Oliveira, E. H. de. (2022). Estudo epidemiológico dos casos de Dengue no Nordeste brasileiro entre 2012 e 2021: Epidemiological study of Dengue cases in Northeastern Brazil between 2012 and 2021. Brazilian Journal of Development, 8(7), 52839–52852. https://doi.org/10.34117/bjdv8n7-278

Issue

Section

Original Papers