Citogenética e morfometria com morcegos dos gêneros Phyllostomus e Phylloderma

Cytogenetics and morphometry with bats of the genera Phyllostomus and Phylloderma

Authors

  • Jasciene Kraemer de Souza
  • Ricardo Firmino de Sousa
  • Joaquim Manoel da Silva
  • Karina de Cassia Faria

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv8n8-046

Keywords:

Cromossomos, AgNOR, Bandamento C, morfologia externa, Chiroptera

Abstract

Morcegos são mamíferos pertencentes à ordem Chiroptera, que desempenham um papel fundamental nos sistemas ecológicos. Dentro da ordem encontra-se a família Phyllostomidae, onde os indivíduos se caracterizam por apresentarem folha nasal. Os gêneros Phylloderma e Phyllostomus possuem uma grande proximidade dentro da família, e alguns autores defendem o agrupamento desses dois gêneros. O presente trabalho objetivou realizar citogenética e morfometria externa de morcegos pertencentes aos dois gêneros coletados no estado de Mato Grosso, e verificar homeologias entre os espécimes. Foram utilizadas as técnicas citogenéticas de coloração convencional com Giemsa, impregnação com nitrato de prata (AgNOR) e Bandamento C. Para a morfometria foi realizada a medida de caracteres morfológicos. Por meio da coloração convencional evidenciamos que Phyllostomus elongatus, Phyllostomus hastatus e Phylloderma stenops possuem a mesma morfologia cromossômica (número diploide e número fundamental). A coloração AgNOR evidenciou a região organizadora de nucléolo no par cromossômico número 15. A técnica de Bandamento C mostrou que Phyllostomus hastatus e Phylloderma stenops possuem regiões de heterocromatina constitutiva em todos os cromossomos, incluindo os sexuais. Phyllostomus elongatus apresentou estas regiões nos pares 01 ao 12 e nos cromossomos sexuais. Algumas das medidas morfométricas entre os espécimes obtiveram sobreposição e demonstraram diferenças em caracteres quando comparados com espécies de outras regiões. Além de realizar primordialmente a morfometria externa para espécies dos gêneros Phyllostomus e Phylloderma evidenciamos pela primeira vez a morfologia do cromossomo Y de Phylloderma stenops, contribuindo para o aumento de informações sobre morcegos do Mato Grosso.

Published

2022-08-03

How to Cite

Souza, J. K. de, Sousa, R. F. de, Silva, J. M. da, & Faria, K. de C. (2022). Citogenética e morfometria com morcegos dos gêneros Phyllostomus e Phylloderma: Cytogenetics and morphometry with bats of the genera Phyllostomus and Phylloderma. Brazilian Journal of Development, 8(8), 55392–55411. https://doi.org/10.34117/bjdv8n8-046

Issue

Section

Original Papers