Validação de um protocolo de socialização e dessensibilização em filhotes de gatos domésticos (Felis silvestris catus) residentes em lares temporários

Validation of a socialization and desensitization protocol in domestic kittens (Felis silvestris catus) residing in temporary homes

Authors

  • Jessica Andrielle Johnke
  • Geany Caroline Ribeiro
  • Marlise Pompeo Claus
  • Eriane de Lima Caminotto

DOI:

https://doi.org/10.34117/bjdv8n8-052

Keywords:

adoção, desenvolvimento, etograma, etologia, felinos

Abstract

Diversos felinos domésticos não passam por um processo de socialização adequado durante o desenvolvimento, podendo desencadear distúrbios comportamentais a longo prazo. O objetivo do estudo é validar o etograma e sessões de socialização que foram delineadas visando o desenvolvimento social, cognitivo e emocional de filhotes de gatos residentes em lares temporários, bem como promover a disseminação de informações acerca do tema. Para tanto, foram realizadas e filmadas cinco sessões de socialização, caracterizadas pela utilização de diferentes técnicas de aprendizado (condicionamento clássico, condicionamento operante e dessensibilização) para apresentar aos gatos diferentes manejos e interações. As sessões ocorreram com três filhotes da mesma ninhada, e, com o auxílio de um etograma e escala comportamental, a evolução etológica dos animais foi avaliada. Além disso, foram desenvolvidos com base em literatura, seis materiais de cunho educativo para disseminação do conhecimento acerca de temas relacionados ao estudo. Por meio de análise descritiva, foram observados resultados predominantemente positivos aos manejos de levantar/puxar cauda, tocar/palpar barriga, esfregar/massagear orelhas, estímulo sonoro ambiental e aversivo, escovação de pelos, manter filhote no colo, puxar/cutucar pele e abertura de pálpebras. Enquanto comportamentos de valência negativa foram observados com maior frequência nas interações de embalar o filhote nos braços com barriga para cima, manter filhote de costas e esfregar sua barriga, segurar/comprimir patas, tocar/comprimir nariz e verificação de boca. Dessa forma, o estudo sugere que a escala comportamental e o etograma podem ser utilizadas nos filhotes, porém ajustes como a associação de interações negativas com estímulos positivos podem demonstrar melhores comportamentos.

Published

2022-08-04

How to Cite

Johnke, J. A., Ribeiro, G. C., Claus, M. P., & Caminotto, E. de L. (2022). Validação de um protocolo de socialização e dessensibilização em filhotes de gatos domésticos (Felis silvestris catus) residentes em lares temporários: Validation of a socialization and desensitization protocol in domestic kittens (Felis silvestris catus) residing in temporary homes. Brazilian Journal of Development, 8(8), 55483–55496. https://doi.org/10.34117/bjdv8n8-052

Issue

Section

Original Papers